Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects

Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects

© Paul Warchol© Paul WarcholCortesia de Steven Holl Architects© Paul Warchol+ 29

  • Arquiteto De Projeto:Filipe Taboada
  • Arquiteto De Projeto Ca:Suk Lee
  • Equipe De Projeto:Bell Ying Yi Cai, Rychiee Espinosa, JongSeo Lee, Maki Matsubayashi, Michael Rusch, Dominik Sigg, Yasmin Vobis, Jeanne Wellinger
  • Paisagismo:Michael Van Valkenburgh and Associates
  • Estruturas:Silman
  • Complementares:ICOR Associates
  • Iluminação:L’Observatoire International
  • Consultor Leed:ADS Engineers
  • Engenharia Civil:Langan Engineering & Environmental Services
  • Consultoria Segurança Contra Incêndio:Rolf Jensen & Assoc.
  • Quantitativos:Davis Langdon
  • Especificações :Construction Specifications Inc.
  • Estudos Climáticos:Transsolar
  • Arquiteto Responsável:Steven Holl
  • Arquiteto Sócio Responsável:Chris McVoy
  • Arquiteto Associado Responsável:Olaf Schmidt
  • Cidade:Queens
Mais informaçõesMenos informações
Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Descrição enviada pela equipe de projeto. Implantada em um local privilegiado às margens do East River e de frente para a ilha de Manhattan, a nova Biblioteca Pública do Queens se ergue majestosa em meio aos arranha-céus que definem a paisagem do Hunters Point. O edifício, projetado pela Steven Holl Architects, encontra-se situado dento de um parque urbano, concebido para atender a crescente demanda da comunidade local por espaços públicos à beira-mar de Long Island City. Contrapondo a atual tendência de incorporar programas e espaços públicos em estruturas maiores, como arranha-céus residenciais de alto padrão, a biblioteca se destaca por sua autonomia e simplicidade, reduzindo ao máximo a sua área privativa a favor de um espaço público mais generoso e democrático, integrando-se perfeitamente ao vibrante parque local.

© Paul Warchol
© Paul Warchol

Sua estrutura compacta e vertical reinventa o tradicional modelo de biblioteca pública, propondo uma organização espacial que promove uma maior diversidade de espaços, e consequentemente, diferentes formas de apropriação. A envoltória de concreto pintada de branco é muito mais do que apenas uma fachada, é uma estrutura complexa que integra diferentes elementos estruturais fazendo-os desaparecer em um volume único. Esta solidez estrutural permitiu aos arquitetos esculpir as aberturas livremente, recortando a superfície de concreto para emoldurar as melhores vistas para o skyline de Manhattan.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects
Implantação
Implantação
© Paul Warchol
© Paul Warchol

Através destas generosas aberturas se revela a organização do programa da biblioteca, o qual foi dividido segundo as faixas etárias dos usuários: crianças, adolescentes e adultos. Estes três espaços principais ocupam diferentes fachadas do edifício ao mesmo tempo que compartilham a quarta fachada voltada para o interior do bairro. Desta forma, os programas se entrelaçam, criando uma divisão fluida que tende a aproximar os diferentes usuários. No interior, revestimentos em bambu laminado criam uma atmosfera aconchegante e convidativa enquanto as grandes aberturas permitem melhor integrar interior e exterior além de inundar os espaços internos com luz natural.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Estações de trabalho, áreas de leitura e estantes de livros se sobrepõem e coexistem neste dinâmico espaço de uso coletivo que se desenvolve verticalmente através de uma série de escadas abertas. No térreo, um auditório foi concebido para acolher reuniões e eventos maiores. A parir daí, as escadas constroem um espaço contínuo que conecta os diferentes níveis da biblioteca, ligando todas as áreas de leitura e culminando em um terraço aberto na cobertura com vistas para o rio e para a cidade de Nova Iorque.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Embora os espaços em planta sejam bastante limitados, a seção do edifício é monumental, dando forma a uma nova forma de biblioteca que é aberta e fluida, que privilegia o espaço aberto, tanto dentro, quanto fora do edifício. Junto a fachada leste da biblioteca, encontra-se um jardim de leitura, cercado por um pavilhão que organiza os espaços administrativos localizados no subsolo do terreno. À noite, este volume tímido que apenas se nota em meio a um mar de arranha-céus, transforma-se em um farol iluminado, marcando a presença da nova Biblioteca Pública do Queens às margens do East River.

© Paul Warchol
© Paul Warchol

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Queens, NY, Estados Unidos

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects" [Hunters Point Library / Steven Holl Architects] 06 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/925820/biblioteca-hunters-point-steven-holl-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.