Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects

Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects

© Paul Warchol © Paul Warchol Cortesia de Steven Holl Architects © Paul Warchol + 29

  • Arquiteto de projeto

    Filipe Taboada
  • Arquiteto de projeto CA

    Suk Lee
  • Equipe de projeto

    Bell Ying Yi Cai, Rychiee Espinosa, JongSeo Lee, Maki Matsubayashi, Michael Rusch, Dominik Sigg, Yasmin Vobis, Jeanne Wellinger
  • Paisagismo

    Michael Van Valkenburgh and Associates
  • Estruturas

    Silman
  • Complementares

    ICOR Associates
  • Iluminação

    L’Observatoire International
  • Consultor LEED

    ADS Engineers
  • Engenharia civil

    Langan Engineering & Environmental Services
  • Consultoria segurança contra incêndio

    Rolf Jensen & Assoc.
  • Quantitativos

    Davis Langdon
  • Especificações

    Construction Specifications Inc.
  • Estudos climáticos

    Transsolar
Mais informações Menos informações
Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Descrição enviada pela equipe de projeto. Implantada em um local privilegiado às margens do East River e de frente para a ilha de Manhattan, a nova Biblioteca Pública do Queens se ergue majestosa em meio aos arranha-céus que definem a paisagem do Hunters Point. O edifício, projetado pela Steven Holl Architects, encontra-se situado dento de um parque urbano, concebido para atender a crescente demanda da comunidade local por espaços públicos à beira-mar de Long Island City. Contrapondo a atual tendência de incorporar programas e espaços públicos em estruturas maiores, como arranha-céus residenciais de alto padrão, a biblioteca se destaca por sua autonomia e simplicidade, reduzindo ao máximo a sua área privativa a favor de um espaço público mais generoso e democrático, integrando-se perfeitamente ao vibrante parque local.

© Paul Warchol
© Paul Warchol

Sua estrutura compacta e vertical reinventa o tradicional modelo de biblioteca pública, propondo uma organização espacial que promove uma maior diversidade de espaços, e consequentemente, diferentes formas de apropriação. A envoltória de concreto pintada de branco é muito mais do que apenas uma fachada, é uma estrutura complexa que integra diferentes elementos estruturais fazendo-os desaparecer em um volume único. Esta solidez estrutural permitiu aos arquitetos esculpir as aberturas livremente, recortando a superfície de concreto para emoldurar as melhores vistas para o skyline de Manhattan.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects
Implantação
Implantação
© Paul Warchol
© Paul Warchol

Através destas generosas aberturas se revela a organização do programa da biblioteca, o qual foi dividido segundo as faixas etárias dos usuários: crianças, adolescentes e adultos. Estes três espaços principais ocupam diferentes fachadas do edifício ao mesmo tempo que compartilham a quarta fachada voltada para o interior do bairro. Desta forma, os programas se entrelaçam, criando uma divisão fluida que tende a aproximar os diferentes usuários. No interior, revestimentos em bambu laminado criam uma atmosfera aconchegante e convidativa enquanto as grandes aberturas permitem melhor integrar interior e exterior além de inundar os espaços internos com luz natural.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Estações de trabalho, áreas de leitura e estantes de livros se sobrepõem e coexistem neste dinâmico espaço de uso coletivo que se desenvolve verticalmente através de uma série de escadas abertas. No térreo, um auditório foi concebido para acolher reuniões e eventos maiores. A parir daí, as escadas constroem um espaço contínuo que conecta os diferentes níveis da biblioteca, ligando todas as áreas de leitura e culminando em um terraço aberto na cobertura com vistas para o rio e para a cidade de Nova Iorque.

Cortesia de Steven Holl Architects
Cortesia de Steven Holl Architects

Embora os espaços em planta sejam bastante limitados, a seção do edifício é monumental, dando forma a uma nova forma de biblioteca que é aberta e fluida, que privilegia o espaço aberto, tanto dentro, quanto fora do edifício. Junto a fachada leste da biblioteca, encontra-se um jardim de leitura, cercado por um pavilhão que organiza os espaços administrativos localizados no subsolo do terreno. À noite, este volume tímido que apenas se nota em meio a um mar de arranha-céus, transforma-se em um farol iluminado, marcando a presença da nova Biblioteca Pública do Queens às margens do East River.

© Paul Warchol
© Paul Warchol

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Queens, NY, Estados Unidos

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Biblioteca Hunters Point / Steven Holl Architects" [Hunters Point Library / Steven Holl Architects] 06 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/925820/biblioteca-hunters-point-steven-holl-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.