Casa Hawthorn / Edition Office

Casa Hawthorn / Edition Office

© Ben Hosking© Ben Hosking© Ben Hosking© Ben Hosking+ 56

Hawthorn, Austrália
  • Arquitetos: Edition Office
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  680
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Ben Hosking
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Archier, Astra Walker, Cheminees Philippe, FRANKE, Feltex, Gaggenau, ROGER SELLER, Subzero/Wolf, Zip
  • Construção:Flux Constructions
  • Engenharia:Farrar D
  • Paisagismo:Eckersley Garden Architecture
  • Arquitetos Responsáveis:Kim Bridgland, Aaron Roberts, Jonathan Brener
  • Cidade:Hawthorn
Mais informaçõesMenos informações
© Ben Hosking
© Ben Hosking

Descrição enviada pela equipe de projeto. O grande desafio encontrado no desenvolvimento do projeto da Casa Hawthorn foi como encaixar o imenso volume do programa solicitado pelo cliente, em um terreno bastante compacto. Procuramos encaixar o edifício - ou edifícios - no lote de tal forma a criar um espaço contínuo, um ambiente onde o interior e o exterior se confundem e se fundem para criar uma nova maneira de experimentar o espaço habitado. Para isso, criamos um platô-jardim sobre o qual pousamos o volume da casa delicadamente. Os volumes dos edifícios são definidos por uma envoltória de concreto aparente que parece suspensa sobre o terreno, sutilmente apoiada em alguns poucos pontos de apoio que transferem a carga desta imensa estrutura para o jardim. Esta casca de concreto é o elemento que faz a transição entre os espaços interiores e exteriores, criando um diálogo entre arquitetura e paisagem para definir um ambiente que não está nem dentro, nem fora. Acima, no primeiro pavimento, o contexto exterior parece ser negado e o espaço interior contido. Isso porque o a casa se fecha para dentro, fazendo com que a natureza passe a habitar o interior da casa. Desta forma, os espaços privativos se abrem para o pátio, criando um espaço panóptico repleto de árvores e luz. No térreo, por sua vez, encontram-se os espaços de estar e jantar além da cozinha. Os espaços de convívio são acolhidos por esse volume massivo de concreto que, através de seus arcos, protege e acolhe o espaço vital da casa. 

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Os espaços sociais que se esparramam pelo térreo através dos dois volumes da casa que são, até certo ponto, independentes. Eles se conectam, porém, através de uma passarela que permeia o jardim que habita o centro da casa. Em contraste a este espaço aberto e contínuo do térreo, os espaços privativos do primeiro pavimento são mais reclusos e contidos quando vistos de fora, mas em ambos volumes eles se abrem plenamente para o jardim, emoldurando as copas das árvores sobre o fundo azul do céu. A madeira utilizada nas fôrmas, que imprimem a textura da casa, foram reutilizadas e adaptadas em forma de elementos de vedação, de forma que o discurso formal do edifício mantém uma mesma linguagem, o positivo e o negativo, a presença e a ausência, o interior e o exterior.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Nosso objetivo era transformar esta casa em uma espécie de santuário, um ambiente de desconexão para seus moradores. Era como se quiséssemos construir um espaço "em outro lugar", nem aqui, nem ali, ou talvez, apenas um espaço livre de rótulos e definições, uma casa que afastasse seus habitantes dos desafios diários da vida profissional. O projeto da Casa Hawthorn, apela para a sensação de refúgio, uma cabana que acolhe e protege mas que nunca deixa de ser aberta e transparente. Através de detalhes formais e construtivos conseguimos manter a legibilidade do espaço e a permeabilidade do terreno sem comprometer a privacidade no interior da casa. A paleta de cores e materiais é bastante restrita mas nem um pouco gratuita. Ricos detalhes pontuais fortalecem a qualidade do espaço ao invés de sufoca-lo, ampliando a sensação de equilíbrio entre aquilo que foi forjado pelo homem e aquilo que a natureza nos oferece. Corrimãos e maçanetas, madeira e concreto, cada elemento e material assume o compromisso e a forma que lhe foi outorgada, assim como foram deixados em seu estado natural para envelhecer com orgulho ao longo dos anos.

© Ben Hosking
© Ben Hosking
© Ben Hosking
© Ben Hosking

Em todo o projeto foram utilizadas estratégias de controle solar passivo. A fachada de vidro encontra-se recuada e protegia pela envoltória de concreto, a qual fornece um espaço aberto e sombreado junto à fachada norte. Este deslocamento do espaço fechado da casa permite proteger a fachada de vidro dos raios do sol durante o verão mas permitindo que eles entrem e penetrem profundamente no espaço durante os dias frios de inverno. As paredes de concreto funcionam como massa térmica, absorvendo o calor do sol enquanto que um piso radiante complementa o aquecimento da casa nos dias mais frios do ano. Aberta e permeável, a casa desfruta de uma ventilação cruzada plena, a qual auxilia a refrescar os espaços internos nos meses mais quentes do verão. Sobre a cobertura, painéis solares servem para aquecer passivamente a água da piscina enquanto que um sistema fotovoltaico atende parte da demanda de energia elétrica da casa.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

A Casa Hawthorn revela equilíbrio em suas aparentes contradições. Ela abriga espaços que são ao mesmo tempo sociais e íntimos. Por trás de sua natureza sóbria e opaca revelam-se espaços extrovertidos e cheios de luz, ela é ao mesmo tempo contida e exposta, pesada e surpreendentemente leve. Este é um projeto que desafia a categorização formal do espaço, um abrigo íntimo e sensível que procura criar um lugar sagrado para a vida em família.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Hawthorn / Edition Office" [Hawthorn House / Edition Office] 22 Jul 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/920634/casa-hawthorn-edition-office> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.