Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Museu
  4. China
  5. CCDI
  6. 2018
  7. Centro Cultural Shanghai Songjiang Guangfulin / CCDI

Centro Cultural Shanghai Songjiang Guangfulin / CCDI

  • 13:00 - 22 Janeiro, 2019
  • Curadoria de 韩爽 - HAN Shuang
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Centro Cultural Shanghai Songjiang Guangfulin / CCDI
Centro Cultural Shanghai Songjiang Guangfulin / CCDI, © WDI Photography
© WDI Photography

© WDI Photography © WDI Photography © WDI Photography © WDI Photography + 38

  • Arquitetos

  • Localização

    Songjiang New City, Xangai, China
  • Arquitetos responsáveis

    Bin Hong, Mingjie Yang
  • Equipe de projeto

    Bo Zhang, Rong Li, Baoying Luo
  • Cliente

    Shanghai Songjiang District Administration of Culture, Radio, Film and Television
  • Área

    40073.0 m2
  • Ano do projeto

    2018
  • Fotografias

© WDI Photography
© WDI Photography

Descrição enviada pela equipe de projeto. O sítio arqueológico de Guangfulin, é conhecido como “as raízes de Xangai”, o mais antigo centro cultural da região destinado à proteção e o desenvolvimento da cultura local, contendo um vasto conteúdo sobre o passado histórico e cultural da cidade de Xangai. Isso porque, há evidencias que provam a presença de assentamentos humanos no local há 5000 anos, o povo responsáveis pelo nascimento desta cultura ancestral única. Esta é a principal unidade cultural de Xangai sob proteção do Estado chinês.

© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography

O projeto do Centro de Exposições de Relíquias Culturais de Guangdu, em Xangai, localiza-se no coração de Guangfulin. A oeste, encontra-se o sítio arqueológico protegido, a leste, um espelho d'água, e ao norte, um hotel e resort. Junto ao limite sul do terreno passa uma rua comercial que parte do centro da cidade e desemboca na beira do rio.

Masterplan
Masterplan

Implantado em meio ao espelho d'água, o projeto parece estar flutuando, ou como se emergisse da profundidade do seu passado para recebem a luz do presente. O complexo é composto por três grupos de edifícios organizados ao longo de um eixo norte-sul: o Pavilhão de Exposições Culturais, o Centro Cultural de Artes Performativas e o Centro de Intercâmbio Cultural. Ao longo deste eixo, um percurso acessível percorre os espaços dos três grupos de edifícios para criar uma experiência espacial contínua. Esta tríplice sequência também empresta o simbolismo da arquitetura tradicional chinesa e seu pátio com três acessos independentes.

© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography

Na perspectiva geral do conjunto de edifícios, sua arquitetura se apresenta em forma de três amplos telhados inclinados que flutuam sobre a superfície d'água. Suas formas foram inspiradas na arquitetura vernacular dos ancestrais chineses do neolítico, e os detalhes das fachadas refletem as principais características da arquitetura tradicional chinesa pós-dinastias Tang e Song.

© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography
© WDI Photography

Apesar dos volumes majoritariamente flutuarem acima da superfície d'água, alguns espaços foram concebidos rebaixados ou submersos, este é o caso do pavilhão principal e alguns outros espaços de apoio, o que permitiu reduzir a escala do edifício, integrando a arquitetura com a escala do vilarejo vizinho.

Corte
Corte

O espaço interior também foi inspirado nas antigas típicas casas de madeira chinesas. O tema deste projeto não poderia ser outro: “as raízes de Xangai”. O percurso expositivo inicia-se na sala circular que faz a mediação entre a terra e a água, gradualmente guiando os visitantes a caminhar sobre à superfície líquida e reflexiva do terreno. Este caminho de volta ao passado expressa todas as mudanças e o desenvolvimento ao longo do tempo. Contando com uma série de imagens clássicas ilustrando a linha do tempo, fica evidente a transformação histórica de Xangai, desde uma aldeia primitiva até os dias de hoje.

© WDI Photography
© WDI Photography

Após a sua inauguração, o projeto tornou-se o mais novo ícone, um destino cultural e arquitetônico, de Xangai.

© WDI Photography
© WDI Photography

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Centro Cultural Shanghai Songjiang Guangfulin / CCDI" [Shanghai Songjiang Guangfulin Site Cultural Exhibition Hall / CCDI] 22 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/909905/centro-cultural-shanghai-songjiang-guangfulin-ccdi> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.