Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Instalações Temporárias
  4. Brasil
  5. Play Arquitetura
  6. 2018
  7. Casa Viva / Play Arquitetura

Casa Viva / Play Arquitetura

  • 07:00 - 3 Janeiro, 2019
  • Curadoria de Pedro Vada
Casa Viva / Play Arquitetura
Casa Viva / Play Arquitetura, © Jomar Bragança
© Jomar Bragança

© Studio Tertulia © Jomar Bragança Gif © Jomar Bragança + 36

  • Arquitetos

  • Localização

    Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
  • Autores

    Marcelo Alvarenga, Juliana Figueiró
  • Execução

    Kraft Engenharia
  • Marcenaria

    Marcenarita
  • Área

    52.0 m2
  • Ano do projeto

    2018
  • Fotografias

© Jomar Bragança
© Jomar Bragança

Descrição enviada pela equipe de projeto. A instalação fez parte da 24ª mostra anual de Arquitetura e Decoração, a CASACOR Minas, que aconteceu na cidade de Belo Horizonte, MG-Brasil, entre os meses de Agosto e Setembro de 2018. O evento ocorreu em um edifício tombado pelo Patrimônio Histórico onde se localizava a antiga sede da Rede Ferroviária de Belo Horizonte.

Planta - Semana 05
Planta - Semana 05

Projetada pelo escritório Play Arquitetura em sua primeira participação na mostra, a instalação intitulada “Casa viva” propôs um espaço que, assim como uma casa comum, está em constante movimento e transformação.

© Studio Tertulia
© Studio Tertulia

A base deste experimento foi um objeto arquitetônico construído no terceiro andar do edifício histórico, um local amplo coberto por um telhado cerâmico estruturado por grandes tesouras metálicas.

© Jomar Bragança
© Jomar Bragança

O pequeno pavilhão temporário foi desenhado levando-se em conta o edifício original existente, extraindo dele novas possibilidades espaciais e arquitetônicas, evidenciando as relações entre a arquitetura existente e a nova, exterior e interior, luz e sombra.

© Jomar Bragança
© Jomar Bragança

Além de suas características arquitetônicas a instalação dotou-se de um caráter performático ao propor transformações semanais na sua ocupação interna, recebendo gradativamente móveis, obras de arte, plantas, objetos afetivos e memórias pessoais. O visitante foi convidado a acompanhar estas mudanças em companhia de uma anfitriã, a atriz Margareth Cardoso, que se apropriou do espaço e também incorporou modificações na sua personagem. As transformações foram registradas através de fotos e estas devidamente expostas no hall de forma que o processo fosse acompanhado por todos.

© Jomar Bragança
© Jomar Bragança

A proposta procurou evidenciar e confrontar as múltiplas potencialidades da arquitetura, da arquitetura de interiores, do design e da arte e suas inter-relações com seus usuários, questionando a ideia de arquitetura como algo estático e emocionalmente apático.

© Studio Tertulia
© Studio Tertulia

“Nós, profissionais que atuamos na criação deste universo, composto por espaço (arquitetura), coisas (design) e pessoas, precisamos estar conscientes das relações entre estes agentes e projetar buscando afeto, no sentido de afetarmos uns aos outros nas nossas emoções e subjetividades.”

© Jomar Bragança
© Jomar Bragança

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Casa Viva / Play Arquitetura" 03 Jan 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/907078/casa-viva-play-arquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.