O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Paisagística
  4. China
  5. META-Project
  6. 2017
  7. Palco da Floresta / META-Project

Palco da Floresta / META-Project

  • 11:00 - 3 Dezembro, 2018
  • Traduzido por Vinicius Libardoni
Palco da Floresta / META-Project
Palco da Floresta / META-Project, Exterior. Imagem © Shengliang Su
Exterior. Imagem © Shengliang Su

Panorama. Imagem © Shengliang Su Interior. Imagem © Shengliang Su Lighted View. Imagem © Shengliang Su Interior. Imagem © Shengliang Su + 40

Panorama. Imagem © Shengliang Su
Panorama. Imagem © Shengliang Su

Descrição enviada pela equipe de projeto. O "palco da floresta" do resort do lago Songhua, em Jilin, na China, está implantado em meio a uma paisagem montanhosa, confinado entre a encosta a floresta.

Nível de acesso
Nível de acesso

Durante o verão, a paisagem é tomada por uma vegetação exuberante enquanto que no inverno, uma grossa camada de neve branca cobre a geografia montanhosa de Jilin. Tendo em vista a sua profícua localização, com deslumbrantes vistas panorâmicas para as montanhas, esta era uma oportunidade única de construir um "marco natural" de referência junto ao Lago Songhua, cuja programação indefinida do projeto, exigia um alto grau de deliberação por parte dos arquitetos. A implantação exata e a forma triangular deste “palco"contemplativo só foram determinadas após uma análise completa das condições do terreno. O principal objetivo e maior desafio deste projeto, era como implantar esta estrutura de forma a impactar o mínimo possível no terreno existente e maximizar ao máximo as vistas a partir do edifício. Finalmente, a partir da plataforma construída, é possível sentar-se sobre o alto da colina e avistar ao longo da linha do horizonte, a famosa paisagem natural do lago Songhua.

Exterior. Imagem © Shengliang Su
Exterior. Imagem © Shengliang Su

Descendo a montanha em direção ao local, o edifício se eleva delicadamente sobre a paisagem sinuosa, como uma folha que flutua na superfície d'água. Implantado em meio as duas vias de acesso, a trilha na floresta e a pista de esqui, o edifício evita obstruir a vista para o lago e as montanhas e ainda potencializa a experiência espacial ao induzir uma tensão entre o balanço da estrutura e a volatilidade da paisagem circundante. É como se este palco brotasse da floresta, flutuando sobre a pista de esqui que passa logo abaixo, procurando um ponto de equilibro entre a horizontalidade do lago e a verticalidade da montanha.

Exterior. Imagem © Shengliang Su
Exterior. Imagem © Shengliang Su
Exterior. Imagem © Shengliang Su
Exterior. Imagem © Shengliang Su

O projeto combina a aspereza de seus materiais com a sensualidade de suas formas. Visto de longe, este “palco” se revela como um monólito escuro que arrebata a paisagem sobre uma sólida “base” de concreto. Aproximando-se, o reflexo sobre a superfície carbonizada da madeira da fachada (Shou-Sugi-Ban) torna-se lentamente mais e mais evidente - chegando a produzir tons prateados como se fosse um espelho de gelo refletindo a branquidão desta paisagem gélida. Percorrendo o sinuoso percurso de acesso através da árvores, chegamos a este monumento à natureza, onde toda a sua materialidade finalmente torna-se tangível e não mais etérea.

Exterior. Imagem © Vanke Songhua Lake Resort
Exterior. Imagem © Vanke Songhua Lake Resort
Corte
Corte
Interior. Imagem © Shengliang Su
Interior. Imagem © Shengliang Su

O interior é como uma coreografia cuidadosamente planejada. Ao entrar no vestíbulo de concreto, no exato momento em que nossos olhos se adaptam à luz esmaecida, podemos acessar esta vista infinita que aponta para as montanhas e o horizonte mais além, logo, a escada nos indica o único percurso possível que nos guiará através de seus espaços. A partir do "mirante-palco" no pavimento superior,  é possível finalmente ter uma excelente vista panorâmica para o lago Songhua e a paisagem montanhosa, seja em dias ensolarados ou oculto em meio as névoas da manhã, um momento único, uma experiência excepcional.

Interior. Imagem © Shengliang Su
Interior. Imagem © Shengliang Su
Planta do térreo
Planta do térreo
Interior. Imagem © Shengliang Su
Interior. Imagem © Shengliang Su

Existem duas aberturas de formas ovais neste volume sóbrio de linhas geométricas, uma no teto, em forma de abertura zenital, e outra no piso, intrigando as pessoas que passam sob o balanço ou aquelas que observam os transeuntes logo abaixo. A superfície das paredes de cedro vermelho não tratado se revela em toda as suas cores e tons, contrastando com o exterior cinzento do edifício.

Exterior. Imagem © Shibiao Cao
Exterior. Imagem © Shibiao Cao

Os arquitetos da META-Project acreditam que projetar em meio à natureza é como forjar um diálogo entre a paisagem e as pessoas. O “Palco da Floresta” não é apenas um mirante, é um espaço público flexível onde é possível realizar eventos e reunir as pessoas, abrigar exposições, reuniões e workshops. O edifício foi concebido com o objetivo de estimular as pessoas a explorar a natureza e descobrirem-se parte dela.

Lighted View. Imagem © Shengliang Su
Lighted View. Imagem © Shengliang Su

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Palco da Floresta / META-Project" [Stage of Forest / META-Project] 03 Dez 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/906713/palco-da-floresta-meta-project> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.