SJAIII / CDM Casas de México

SJAIII / CDM Casas de México

© Rory Gardiner© Rory Gardiner© Rory Gardiner© Rory Gardiner+ 19

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  137
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fotógrafo Fotografias:  Rory Gardiner
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Lutron, Artemide, Grupo Arca, Leviton, SONOS, Wood n Stone
  • Construção:Jorge Chávez
  • Cálculo Estrutural:GSPI Grupo constructor
  • Equipe De Projeto:Alejandra Plasencia
  • Paisagismo:Juan Carlos Pérez Trejo
  • Iluminação:Artenluz, Javier Ten
  • País:México
Mais informaçõesMenos informações
© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Descrição enviada pela equipe de projeto. SJAIII surge, no âmbito conceitual, das relações entre os diversos elementos naturais presentes em seu contexto, e se inspirar no mutualismo que a arquitetura pode estabelecer, permitindo que a vida exista e brote em uma paisagem que, em outras condições, seria inerte.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner
Planta
Planta
© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

O estado natural do terreno é uma colina rochosa e densamente vegetada dominada por espécies endêmicas que prosperam graças à frieza mineral e que crescem de forma entrelaçada com a ladeira acidentada. Neste cenário, que submerge o indivíduo em uma atmosfera particular obrigando-o inevitavelmente a olhar para o mar, se constitui o contexto que marcaria as primeiras pautas para este projeto.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Inicialmente, o programa consistia em uma cabana e uma piscina, em outras palavras, uma cobertura elevada do solo para se proteger do sol e uma escavação sobre a rocha para recolher água. No entanto, sob esse cenário idealizado, a ideia de impor o programa sobre o lote quase de maneira acidental parecia vazia de verdadeiro significado. Assim, a cobertura desarticulada da cabana foi repensada como uma cobertura que se extrai do próprio morro em direção ao oceano, enquanto a água inundaria as pedras para gerar a piscina, como uma poça deixada pela variação das marés.

Corte
Corte

Assim, a inclinação do lote foi reordenada com uma cobertura plana que busca mimetizar-se com os arredores, e que conforma o espaço interno sobre ela. Na busca por sempre manter a relação entre o construído e o natural, o interior se abre completamente para permitir que a brisa e a luz avermelhada do entardecer o inundem, em harmonia com os tons do cedro que reveste as paredes.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Graças às condições naturais do terreno, um espaço não programado foi gerado pela cobertura que se transforma em um verdadeiro mirante para o horizonte marítimo durante o dia, enquanto pela noite se beneficia da distância em relação às luzes artificiais para funcionar como um observatório das estrelas.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Assim, criou-se um terraço com o único propósito hedonista de sentir-se bem e em tranquilidade na presença do diálogo contínuo entre os elementos da natureza que, por sua vez, são a matéria prima para a fenomenologia. 

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Visto de longe, o conjunto se integra completamente com a paisagem, com um único elemento que se sobressai, a parede de arenito da cobertura como um acento posto sobre a natureza, que não muda seu significado mas a transforma e confere um elemento novo.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "SJAIII / CDM Casas de México" [SJAIII / CDM Casas de México] 23 Nov 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/906443/sjaiii-cdm-casas-de-mexico> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.