O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Clássicos da Arquitetura: Edifício Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos

Clássicos da Arquitetura: Edifício Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos

Clássicos da Arquitetura: Edifício Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos
Clássicos da Arquitetura: Edifício Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos, © María González
© María González

O edifício Montecarlo II, concluído em 1962 pelo escritório de arquitetura SEA (Schapira Eskenazi Arquitectos), faz parte de um conjunto de habitações coletivas localizadas no quarteirão das ruas San Martín, Seis Norte, Sete Norte e Cuatro Poniente, em Viña del. Mar, Chile.

O projecto destaca-se à primeira vista, tanto pelo tratamento volumétrico dos edifícios, que estão dispostos dentro das instalações, que são organizados dentro do edifício de tal maneira a conseguir uma grande operação na escala urbana, como por suas fachadas particulares.

© María González
© María González

Localizados na borda sul e noroeste da edificação, conformam, por meio de suas respectivas curvaturas, um perímetro convexo da fachada voltado à rua, gerando um vazio interior inicialmente projetado como local de lazer para os moradores do conjunto.

© María González
© María González
Emplazamiento y contexto.  Investigación y dibujos realizados por Catalina Castillo Robles como parte del Taller de Investigación "Schapira Eskenazi Arquitectos, Obra Cincuentenaria: 1950 - 2000", profesores: Umwelt (Ignacio García Partarrieu, Arturo Scheidegger Alvarado), Escuela de Arquitectura, Pontificia Universidad Católica de Chile, 2015.
Emplazamiento y contexto. Investigación y dibujos realizados por Catalina Castillo Robles como parte del Taller de Investigación "Schapira Eskenazi Arquitectos, Obra Cincuentenaria: 1950 - 2000", profesores: Umwelt (Ignacio García Partarrieu, Arturo Scheidegger Alvarado), Escuela de Arquitectura, Pontificia Universidad Católica de Chile, 2015.

O edifício Montecarlo II, localizado ao sul da propriedade, é o menor dos dois edifícios, e consiste de duas torres simétricas e independentes conectadas por meio de um tipo de junta de dilatação. Cada torre mede 37,3 metros de comprimento e 15,2 metros de largura, e é composta de duas partes: um grande bloco ortogonal (a) e um volume menor (b), sendo este último localizado na junção entre ambas as torres, conferindo a curvatura ao conjunto.

© María González
© María González

Cada torre é independente, pois possui um sistema de circulação comum, vertical e horizontal. No entanto, existem três pontos - localizados no térreo, quarto e oitavo pavimentos - nos quais as duas torres estão conectadas horizontalmente.

Esquemas de plantas
Esquemas de plantas

Em relação à distribuição interna, o edifício possui oito tipos de apartamentos, que são definidos pelas suas paredes estruturais, e se organizam em um sistema tipo espinha de peixe.

Planta. Investigación y dibujos realizados por Catalina Castillo Robles como parte del Taller de Investigación "Schapira Eskenazi Arquitectos, Obra Cincuentenaria: 1950 - 2000", profesores: Umwelt (Ignacio García Partarrieu, Arturo Scheidegger Alvarado), Escuela de Arquitectura, Pontificia Universidad Católica de Chile, 2015.
Planta. Investigación y dibujos realizados por Catalina Castillo Robles como parte del Taller de Investigación "Schapira Eskenazi Arquitectos, Obra Cincuentenaria: 1950 - 2000", profesores: Umwelt (Ignacio García Partarrieu, Arturo Scheidegger Alvarado), Escuela de Arquitectura, Pontificia Universidad Católica de Chile, 2015.

A estrutura tem um centro longitudinal composto por duas longas paredes paralelas que contêm as circulações comuns de cada torre. A partir dessas paredes se desprendem paredes perpendiculares ao perímetro, que acomodam os limites dos apartamentos.

Cortesía de Catalina Castillo Robles
Cortesía de Catalina Castillo Robles

O desenho da fachada sul convexa voltada para a rua também se destaca no projeto. Baseia-se em uma composição de pequenas varandas de 1,5 x 2,25 metros que proporcionam dinamismo ao volume e o torna facilmente reconhecível e identificável, imprimindo um selo característico ao projeto. Por sua vez, esses elementos que se destacam do total são organizados de maneira escalonada à medida que o perímetro do edifício é atravessado, aumentando a curvatura aparente do volume.

Cortesía de Catalina Castillo Robles
Cortesía de Catalina Castillo Robles

Esta face tem seu contraponto na parte côncava voltada para o norte, que, por sua vez, está diretamente relacionada ao espaço interno particular que se forma em direção ao interior da quadra. Enquanto ambas as fachadas possuem pequenas varandas de dimensões semelhantes, estas são distinguidas entre si, enquanto a face sul é responsável por um sistema sobreposto ao sistema estrutural do edifício, ocultando a junta de dilatação entre as torres; o norte faz o contrário, evidenciando a existência de dois volumes e sua simetria.

© María González
© María González

Em relação aos detalhes construtivos, o sistema que permite esconder a junta de dilatação corresponde a uma estrutura de parede cortina leve, que é obtida por perfis de aço, módulos translúcidos de acrílico e vidro. Estes materiais são combinados em um grande pano modulado que é montado no volume, ocultando os elementos estruturais, de uma forma que proporciona unidade à fachada.

© María González
© María González

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Schapira Eskenazi Arquitectos
Escritório
Cita: Mariman Ramos, Cynthia. "Clássicos da Arquitetura: Edifício Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos" [Clásicos de Arquitectura: Edificio Montecarlo II / Schapira Eskenazi Arquitectos] 23 Jul 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/898722/classicos-da-arquitetura-edificio-montecarlo-ii-schapira-eskenazi-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.