O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Austrália
  5. Room11 Architects
  6. 2016
  7. Casa D’Entrecasteaux / Room11 Architects

Casa D’Entrecasteaux / Room11 Architects

  • 11:00 - 21 Março, 2018
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Casa D’Entrecasteaux / Room11 Architects
Casa D’Entrecasteaux / Room11 Architects, © Ben Hosking
© Ben Hosking

© Ben Hosking © Ben Hosking © Ben Hosking © Ben Hosking + 39

  • Arquitetos

  • Localização

    Kingborough Council, Austrália
  • Arquitetos Responsáveis

    Thomas Bailey, Megan Baynes
  • Área

    220 m²
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Ilha Bruny fica no estreito Canal de D'Entrecasteaux, que a separa da porção continental da Tasmânia. Acessível apenas de barco, Bruny possui uma paisagem remota e bonita. A ilha é um destino tradicional de férias para Hobartions e está cada vez mais se tornando um destino internacional para mais pessoas. Nossos clientes, um casal de profissionais, nos contactaram depois de comprarem a propriedade, com a visão de construir uma residência permanente. Pelo fato de membros da família serem donos de propriedades adjacentes, eles tinham consciência da necessidade da arquitetura se orientar em direção à luz e às visuais e, ao mesmo tempo, proteger-se dos ventos e do brilho excessivo da lâmina d'água. Repleto de panoramas incríveis, o terreno estava, no entanto, exposto. Os ventos sopram no terreno inclinado e a gloriosa luz às vezes é muito forte para os olhos.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Paralelamente a essa necessidade física de proteção, a localização remota trouxe uma necessidade psicológica. A casa tinha que representar uma presença seguramente sólida e contida, uma companhia para uma existência remota e bela. Esses fatores levaram a um diálogo sobre segurança, permanência e pertencimento. A Tasmânia é notável, em termos geológicos, pelo seu Dolerite, que tem cerca de 180 milhões de anos. A família de nossos clientes contavam com dois membros geólogos, por isso, um bom trabalho com as pedras agradou nossas intenções arquitetônicas e os interesses profissionais da família.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

A resultante porção exterior da casa com paredes de pedra e um interior de madeira leve, contêm as funções tradicionais de uma casa. Esses componentes  contrastantes satisfazem as necessidades físicas e psicológicas que a localização exige da arquitetura. A modesta casa apresenta um plano não ortogonal modular, onde paredes maciças de pedra abrigam espaços iluminados de madeira. O interior de madeira colorida de preto oferece alívio da luz forte tasmaniana e projeta o ocupante em direção à paisagem. As grandes portas de madeira de correr se abrem para a luz do norte e para um grande deck com vista para o canal e para além da cadeia de montanhas do local.

© Ben Hosking
© Ben Hosking
Planta Baixa
Planta Baixa
© Ben Hosking
© Ben Hosking

As funções de serviço estão contidas em caixas pretas brilhantes. A ilha da cozinha é um monolito contundente. Banheiros pretos apresentam claraboias generosas e azulejos em toda sua altura. Os espelhos de largura total duplicam o espaço interno percebido, cuidadosamente projetado. Detalhes personalizados de vidro são usados em toda a residência. Esquadrias com vidro duplo e camada de gás argon proporcionam desempenho térmico compatível com o clima temperado frio. A casa recolhe a água da chuva e recicla as águas residuais no local. A Casa D'Entrecasteaux tem uma paleta simples, escura por dentro e por fora com um tom pálido de pedra. A orientação dos painéis personalizados de vidro foca a atenção sobre elementos específicos da paisagem, proporcionando uma oportunidade para repouso.

© Ben Hosking
© Ben Hosking

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Room11 Architects
Escritório
Cita: "Casa D’Entrecasteaux / Room11 Architects" [D’Entrecasteaux House / Room11 Architects] 21 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890693/casa-dentrecasteaux-room11-architects> ISSN 0719-8906