O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. Espanha
  5. Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón
  6. 2016
  7. Escola Secundária em Cabrils / Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón

Escola Secundária em Cabrils / Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón

  • 13:00 - 21 Fevereiro, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Escola Secundária em Cabrils / Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón
© Simon Garcia
© Simon Garcia

© Simon Garcia © Simon Garcia © Simon Garcia © Simon Garcia + 16

  • Colaboradores

    J. Gabriel Dominguez, Sergi Castells, Raul Lucas
  • Engenharia Estrutural

    BOMA, AVAC J. Pablo Rodriguez e Ignacio Vallet
  • Instalações

    Lluis J. Duart
  • Construtora

    UTE Tarraco + Caler
  • Engenharia Civil

    FPA Ferran Pelegrina i associats
  • Mais informações Menos informações
© Simon Garcia
© Simon Garcia

Instituto de Ensino Secundário em Cabrils

O novo instituto encontra-se no acesso ao povoado de Cabrils, muito próximo à Barcelona. Desde o acesso principal ao povoado, é o primeiro de uma série de equipamentos (escola, poliesportivo...) situados ao longo da rodovia.

© Simon Garcia
© Simon Garcia

O mar e a cordilheira paralela à costa caracterizaram um lugar extremamente urbanizado e manipulado pelo homem. Encontra-se no limite entre os campos e estufas que sobrevivem à urbanização e um segmento urbano pouco denso cobre a parte baixa da montanha, com a costa e o mar no horizonte. 

© Simon Garcia
© Simon Garcia

O edifício está condicionado por um programa funcional muito concreto e rígido, assim como a necessidade de liberar o máximo de espaço contínuo possível para o pátio. Com essas premissas concebeu-se uma peça longitudinal de 100 metros de largura paralela a rodovia de acesso ao povoado e ao rio que descende em direção ao mar. O desnível entre os dois extremos supera um pavimento de altura. 

A partir daqui, toma-se a primeira decisão arquitetônica com a finalidade de uma melhor integração urbana:

© Simon Garcia
© Simon Garcia

A fragmentação do volume. Uma estratégia de recuos em planta e em altura recorta os três pavimentos e os 100 metros de longitude, introduzindo um componente vertical e gerando planos de menores dimensões mais amáveis e de acordo com a escala das moradias adjacentes.

Planta de Situação
Planta de Situação

Na fachada voltada ao pátio os recuos, seguindo o programa interior, são de maior dimensão e estão acompanhados por mudanças de material.

Planta Baixa - térreo
Planta Baixa - térreo

Um volume branco. Parecia coerente usar o branco para reforçar os diferentes volumes a partir das sombras que alguns fazem sobre os outros. Seguindo assim uma tradição mediterrânea de volumes brancos banhados pelo sol.

Planta Baixa - primeiro pavimento
Planta Baixa - primeiro pavimento

Uma base colorida. Por razões técnicas de durabilidade e resistência, mas também por uma questão de proporções, o volume branco requeria uma base. Em todo o perímetro do edifício e com uma altura variável, dispõem-se de uma base formada por tijolos Klinker esmaltados de cor amarela.

© Simon Garcia
© Simon Garcia

A base torna-se a protagonista. Enfatizando o acesso ao edifício, na parte inferior do terreno e também como porta de entrada do povoado, a base colorida assume altura até cobrir toda a fachada. A obra vista da base acaba conformando a cabeça, o elemento mais singular do edifício. 

Planta Baixa - segundo pavimento
Planta Baixa - segundo pavimento

Para enfatizar o caráter de revestimento da obra optamos pela continuidade dos encontros verticais, armando os tijolos com estruturas de aço galvanizado para garantir seu travamento. Ali, onde a base converte-se na fachada, com três pavimentos de altura, os tijolos klinker auto-portantes tornam-se independentes do envoltório interior. 

Corte
Corte

Proteção solar. A maior parte das salas de aula possuem orientação noroeste. Brises solares de aço galvanizado lacado ao forno, na mesma cor amarela, evitam o sol da manhã. Esse elemento desenhado com o tamanho e a orientação necessária para evitar a entrada direta de luz solar, repetido em cada janela, é o segundo elemento singular que caracteriza o edifício. 

© Simon Garcia
© Simon Garcia

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón
Escritório
Cita: "Escola Secundária em Cabrils / Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón" [Escuela Secundaria en Cabrils / Josep Val Ravell + Arnau Solé Simón] 21 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889325/escola-secundaria-em-cabrils-josep-val-ravell-plus-arnau-sole-simon> ISSN 0719-8906