O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Industrial
  4. Portugal
  5. A. Burmester Arquitectos Associados
  6. 2017
  7. SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados

SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados

  • 09:00 - 12 Fevereiro, 2018
SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados
SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 70

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Descrição enviada pela equipe de projeto. Corresponde este projecto à construção da primeira unidade industrial, a localizar junto ao parque empresarial do Casarão, Borralha – Águeda, cujo proprietário é SAKTHI PORTUGAL SP21, SA.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Caracteriza-se o terreno com uma dimensão com cerca de 200.000,00 m2 e com uma topografia relativamente plana, prevendo-se fazer apenas uma ligeira movimentação de terras, destinada ao acerto da plataforma de implantação e de acessos.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A implantação da construção situa-se na extrema Norte do terreno, sendo que esta localização é resultado das exigências de funcionamento impostas pelos processos fabris e de um estudo geral do empreendimento futuro, que albergará outras unidades fabris.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O desenho do edifício tem na razão de ser da sua geometria a forma de “cobrir” o layout cuja preocupação de desenho tida pela SAKTHI foi exclusivamente a de dar optimização ao processo fabril. Competiu-nos a resolução do seu fechamento, sem interferir com o layout e dando forma ao edifício.

Croquis 01
Croquis 01
Detalhe de construção
Detalhe de construção

A solução que se apresenta corresponde à forma mais eficiente e traz consigo uma imagem de qualidade e de contemporaneidade que a SAKTHI pretende e apresenta num empreendimento desta natureza.

Assente numa estrutura mista composta por pilares de betão armado e metálicos, a nave da unidade fabril será composta por uma solução metálica de cobertura.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A cobertura é composta por chapas autoportantes que vencem vãos de diferentes medidas, de acordo com o cumprimento da geometria de layout, e que variam entre os 20 e os 30 metros de vão. Esta solução evita o recurso a estruturas de suporte para as telhas de cobertura.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A forma da nave desenhou-se do tipo “Shed”, tirando partido do facto de se encontrar orientada no eixo Norte / Sul.

As aberturas orientadas a Norte correspondem às áreas de trabalho e as orientadas a Sul às áreas técnicas. Permite com esta solução resolver com iluminação e com grande quantidade de luz natural os seus espaços interiores e controlar a incidência solar.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Esta forma facilitará também a implantação de cantonamentos de fumos e respectivas desenfumagens, indo assim ao encontro de uma solução eficiente no combate ao fogo e à protecção de pessoas.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Á semelhança da sua geometria, a altimetria da nave também se adapta às condicionantes do layout, permitindo jogar com os pés direitos de acordo com as necessidades. Assim se o pé direito útil geral será variável entre os 25 metros na área de fundição e os 16 nas áreas de armazenagem.

O revestimento da cobertura será efectuado com chapa trapezoidal de acabamento sobre isolamento térmico e o fechamento vertical da nave será executada com chapas “sandwich”, com isolamento térmico no seu interior.

Planta - Térreo
Planta - Térreo

Nas várias entradas e portões que se prevêem para zonas de descarga, são introduzidas palas de cobertura adicionais, com vista a garantir a protecção destas áreas.

O espaço interior caracteriza-se por grandes naves e com pouca compartimentação interior. Corresponderão ao layout de fabrico, a compartimentação corresponderá à divisão e fechamento de sectores, ou à compartimentação de equipamentos.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados" [SP 21 / A. Burmester Arquitectos Associados] 12 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888538/sp-21-a-burmester-arquitectos-associados> ISSN 0719-8906