O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. México
  5. Estudio Macías Peredo
  6. 2016
  7. Colégio Maria Montessori Mazatlán / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo

Colégio Maria Montessori Mazatlán / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo

  • 21:00 - 1 Fevereiro, 2018
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Colégio Maria Montessori Mazatlán / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo
Colégio Maria Montessori Mazatlán / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo, © Onnis Luque
© Onnis Luque

© Onnis Luque © Onnis Luque © Onnis Luque © Onnis Luque + 35

  • Arquitetos

  • Localização

    ,Fraccionamiento Marina Mazatlán, Mazatlan, Sinaloa, México
  • Arquitetos Responsáveis

    EPArquitectos; Erick Pérez Páez + Estudio Macías Peredo; Salvador Macías Corona, Magui Peredo Arenas
  • Área

    2100.0 m2
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Isaac Veloz Naranjo, Guillermo Barrera Romero, Sacnité Flores Fernández, Alejandra Garate Delgado
  • Construção

    EPArquitectos + H Arquitectos
  • Engenharia Estrutural

    CEROMOTION | Eng. Juan Jesús Aguirre Herrera
  • Área De Construção Primeira Fase

    1100 m2
  • Área De Construção Total

    2100 m2
  • Mais informações Menos informações
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Descrição enviada pela equipe de projeto. Mazatlán é uma cidade na costa do Pacífico que possui um clima úmido e temperaturas elevadas em grande parte do ano, condições que convidam a pensar em uma arquitetura que, a princípio, enfrente o clima e considere o alto grau de salinidade do local.

© Onnis Luque
© Onnis Luque

A estratégia para essa escola baseia-se em minimizar o impacto do calor nas salas de aula; isso sem perder iluminação natural e a relação com o exterior, como também utilizar materiais e sistemas construtivos que são pouco propensos a corrosão. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Dado que o projeto está localizado em um terreno com somente uma fachada voltada para a cidade, é possível estabelecer as condições e desenvolver uma paisagem controlada no interior. Como uma espécie de pequena comunidade para as crianças, introspectiva dentro dos seus próprios pátios. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque

O modelo Montessori não é um sistema convencional de educação, as salas de aula devem propiciar dinâmicas onde as crianças possam experimentar e despertar seus sentidos. A forma da sala de aula deve favorecer essas dinâmicas, por isso, o espaço recomendado não deve ser linear, mas sim, centrífugo. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Um sistema de 19 módulos de planta hexagonal é construído em divisórias ocas contendo as salas de aula as quais geram um corredor perimetral que promove o isolamento térmico e pressuriza o ar. Essa espécie de pórtico, por sua vez, provoca uma circulação e um espaço para atividades semi-abertas. Os módulos, ao se entrelaçarem uns com os outros, são desfasados entre si para gerar pátios poliédricos que definem uma paisagem de pequenas vilas ou módulos de diferentes alturas que procuram a luz natural e as correntes de ar através de claraboias. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Planta Superior
Planta Superior
© Onnis Luque
© Onnis Luque

O desafio era desenvolver um projeto que pudesse ser construído agilmente em etapas, onde a primeira, de 1100 metros quadrados, deveria ser construída em um máximo de 4 meses. Por isso, a flexibilidade que dava a utilização de módulos independentes era imperativa. No interior, esses módulos são personalizados para hospedar todo o tipo de ambiente, desde os administrativos e diretivos até os didáticos e recreativos que atendem os usuários menores - de meses de idade - até as crianças maiores de 12 anos. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque
Verga e ferraria
Verga e ferraria
© Onnis Luque
© Onnis Luque

Dessa forma, a ideia de escala atende em grande medida seus habitantes. Os vãos triangulares em variadas proporções não somente questionam a ideia de abertura, especulando que o triângulo é uma geometria ágil e lúdica para construir uma janela, mas abrem caminho para serem moldados de acordo com a morfologia das crianças e dos adultos que atravessam o conjunto até chegar ao seu ambiente. A ideia é, tanto a sala de aula como célula, permitam que as crianças construam o espaço com maior liberdade sua própria organização. 

© Onnis Luque
© Onnis Luque

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Colégio Maria Montessori Mazatlán / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo" [Maria Montessori Mazatlán School / EPArquitectos + Estudio Macías Peredo] 01 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/887638/colegio-maria-montessori-mazatlan-eparquitectos-plus-estudio-macias-peredo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.