Casa Central / Estudio Dayan

Casa Central / Estudio Dayan

Cortesia de Estudio DayanCortesia de Estudio DayanCortesia de Estudio DayanCortesia de Estudio Dayan+ 28

  • Arquitetos: Estudio Dayan
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  660
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: FV, Ilva, Metalúrgica Rearden, ferrum
  • Coordenação Geral:Agustina Marinaro
  • Projeto E Documentação:Francisco Sherriff
  • Gestão De Projeto:Manuel Magnasco
  • Projeto:Martina Briones
  • Projeto, Cálculo E Orçamento:Macarena Montouto
  • Cálculo Estrutural:Gustavo Carreira
  • Condicionamento Térmico:Osvaldo Dopler
  • Segurança E Higiene:Claudio Gutierrez
  • Gestão E Código Municipal:Marcelo Ruiz
  • Notário:José Luis Álvarez
  • Administração De Contabilidade:Fernando Ibarr
  • Cidade:Palermo
  • País:Argentina
Mais informaçõesMenos informações
Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

CONCEITO

As ideias que promoveram as decisões estéticas deste projeto estão relacionadas com a intenção de reinterpretar os usos do bairro e as expectativas estético-funcionais do proprietário. Faz apenas uma década que a área onde se implanta a obra esteve tomada por oficinas mecânicas, galpões industriais e oficinas de ferragens leves e pesadas. Alguns desses programas sobreviveram com o passar do tempo e são conhecidos na região. O proprietário teve, naturalmente, intenções expressivas ligadas à industrialização, à ideia de "loft" e à construção racionalizada.

Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

Esta diversidades de elementos foi combinada para criar um conceito único para o projeto, que pode ser expressado pelas seguintes diretrizes: baixa manutenção, espaços amplos e flexíveis, linguagem industrial com composição vanguardista, mistura de usos e adaptabilidade de crescimento, volumetria minimalista e conceitual, forma articulada, uso de peças de reposição utilizadas na mecânica de automóveis de forma inovadora, rusticidade intencional e busca por precisão, contraste entre o frio do exterior e o calor do interior, e, por fim, fachada em constante mudança. Utilizou-se materiais nobres e de baixa manutenção como o concreto, de demolição, que não foi revogado, não apenas por uma questão de economia de recursos, mas também como argumento compositivo, para exaltar a expressividade do material (material cultural por excelência na construção argentina).

Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

O revestimento externo é composto por painéis fixos e dobráveis de chapa galvanizada microperfurada que não só cumpre sua função como sistema de escurecimento e segurança, mas também permite uma variação constante na fachada pelo envelhecimento do material ao longo do tempo. Os pisos internos são de porcelanato similar a madeira que se adequa perfeitamente à diversidade funcional dos interiores e das varandas. O núcleo de serviços foi revestido com placas de madeira, o que aquece o ambiente e contrasta com o concreto do teto. A caixa superior flutuante foi revestida com chapas pretas e todo o volume foi construído completamente a seco. Alguns acabamentos são de precisão (serralheria, alumínio, madeira e vidro), enquanto alguns outros são muito mais rústicos (concreto e gesso).

Plantas
Plantas

O BAIRRO

A obra encontra-se localizada no bairro de Palermo, mais precisamente na área conhecida como "el Soho". Esta área é caracterizada por ser um circulo comercial de grande movimento, tanto de dia, quanto de noite, devido a sua feira de artesanatos da Praça Central e à grande quantidade de bares, restaurantes e lojas de vanguarda que a rodeiam. Conhecido por ser o epicentro de uma explosão boêmia na cidade, com um público de diversas nacionalidades, esse bairro segue sendo lar de escritores, pintores, músicos, filósofos e psicanalistas.

Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

O EDIFÍCIO

O projeto se implanta sobre um terreno de 8x30 metros localizado na Calle El Salvador. Propõe-se um programa misto que inclui três pavimentos de escritórios, dois pavimentos residenciais e um local comercial no térreo. Atingir a flexibilidade desejada pelo cliente foi o maior desafio graças às dimensões reduzidas do lote. O edifício é composto por um único volume formado por um núcleo central de serviços. Esse volume contém 2 unidades por pavimento, uma na parte da frente e outra na parte de trás, cada uma com expansão própria e uma área de serviços com churrasqueira e instalações de condicionamento térmico.

Corte
Corte

Retirada da linha de frente, uma caixa flutuante atua como um arremate do projeto, desarticulando a continuidade da fachada e evidenciando um programa diferenciado nos últimos pavimentos. O térreo é semi-livre e conecta os espaços de garagem, do acesso lateral de pedestres e o espaço comercial à frente. Nos três primeiros pavimentos optou-se por implantar os escritórios, já que tratasse das unidades mais operacionais e de maior fluxo. Optou-se por manter prevista a possibilidade de separar ou unificar unidades para adaptar-se às necessidades dos diversos ocupantes que as habitem. Nos dois pavimentos superiores, distanciados de uma via de alta velocidade de veículos e pedestres, encontram-se as unidades residenciais em duplex com características mais tranquilas e recolhidas.

Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

As unidades possuem um primeiro pavimento que contém as áreas mais públicas (cozinha integrada, salas de estar e jantar) e um segundo pavimento com a área íntima (dormitórios e serviços). Na cobertura localiza-se um solário, aberto e flexível, que permite a possibilidade de criar uma área verde ou uma piscina de borda infinita com vistas abertas para a cidade. Os consumidores dessas novas tipologias são, em geral, profissionais ligados ao design, profissionais independentes e residentes locais de classe média a alta que são atraídos pelo ar jovem e inovador de permeia a região.

Cortesia de Estudio Dayan
Cortesia de Estudio Dayan

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:El Salvador 4945, C1414BPO CABA, Argentina

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Casa Central / Estudio Dayan" [Casa Central / Estudio Dayan] 23 Dez 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/885238/casa-central-estudio-dayan> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.