Ampliar imagem | Tamanho original
CONCEITOAs ideias que promoveram as decisões estéticas deste projeto estão relacionadas com a intenção de reinterpretar os usos do bairro e as expectativas estético-funcionais do proprietário. Faz apenas uma década que a área onde se implanta a obra esteve tomada por oficinas mecânicas, galpões industriais e oficinas de ferragens leves e pesadas. Alguns desses programas sobreviveram com o passar do tempo e são conhecidos na região. O proprietário teve, naturalmente, intenções expressivas ligadas à industrialização, à ideia de "loft" e à construção racionalizada. Esta diversidades de elementos foi combinada para criar um conceito único para o projeto, que pode ser expressado pelas seguintes diretrizes: baixa manutenção, espaços amplos e flexíveis, linguagem industrial com composição vanguardista, mistura de usos e adaptabilidade de crescimento, volumetria minimalista e conceitual, forma articulada, uso de peças de reposição utilizadas na mecânica de automóveis de forma inovadora, rusticidade intencional e busca por precisão, contraste entre o frio do exterior e o calor do interior, e, por fim, fachada em constante mudança. Utilizou-se materiais nobres e de baixa manutenção como o concreto, de demolição, que não foi revogado, não apenas por uma questão de economia de recursos, mas também como argumento compositivo, para exaltar a expressividade do material (material cultural por excelência na construção argentina). Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar