O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Sala De Concerto
  4. México
  5. Rojkind Arquitectos
  6. 2017
  7. Foro Boca / Rojkind Arquitectos

Foro Boca / Rojkind Arquitectos

  • 05:00 - 11 Dezembro, 2017
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Foro Boca / Rojkind Arquitectos
© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

© Jaime Navarro © Jaime Navarro © Jaime Navarro © Jaime Navarro + 18

  • Arquitetos

  • Localização

    Boca del Río, Ver., México
  • Arquitetos Responsáveis

    Michel Rojkind
  • Arquitetos Projeto

    Agustín Pereyra (Diretor de Projeto) Arturo Ortíz, Adrián Aguilar, Sandra Carvajal, Fernanda Casar, Salvador Cortéz, Diego Díaz Lezama, Paulina Elizalde, Rubén García, Daniel Gaytán, Paulina Goycoolea, Jorge González R., Alfredo Hernández , Laura Hernández, Pablo Herrera, Julieta Inclán, Carsten Lemme Andrea León, Félix Mendoza, Gerardo Salinas, Julio Serralde, Alfonso Paz, Cynthia Ponce, Víctor Velázquez, Ditter Vergara, Beatriz Zavala.
  • Área

    5410.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

  • Engenharia Estrutural

    EMR SA / Enrique Martínez, Sergio Pérez, Martín S. López, Elsa Serrano, Miguel Ángel Allende, José Mejía, Kevin Cruz, José Martínez Vargas
  • Consultoria Acústica

    Akustics, Auerbach Pollock, Seamonk
  • Engenharia Mecânica, Elétrica e Sanitária

    Gralte S.C. / Jorge Romero, Daniel Velázquez, Ismael Hernández, Mario Navarro, Germán Muñóz
  • Consultoria Luminotécnica

    Artec3 / Maurici Ginés, Jose Cardona, Ana Ayala, Carmen Valle, Itzae Cardeña
  • Construtora

    Ingenieria y Desarrollo Arquitectónico S.A. de C.V.
  • Mídia

    Lorena García Cordero / Dinorah Martínez Schulte.
  • Equipe Akustics

    Octavio Barragán, Cristian Ezcurdia ,Hugo Garduño
  • Equipe Auerbach Pollock

    Friedlander, Len Auerbach, Kevin MacPhearson, Tom Neville
  • Equipe Seamonk

    Lincoln Aguirre, Itzel Alba, Cristian Ezcurdia, Jorge Romero
  • Mais informações Menos informações
© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

Descrição enviada pela equipe de projeto. Nos últimos anos, desenvolveu-se um processo de fortalecimento da vida musical e cultural do município de Boca del Rio. Em 2014, consolidou-se a criação da Orquestra Filarmônica da cidade, instância que tem atraído diversas expressões musicais, músicos locais e de todo o mundo, e que converteu-se no coração da vida cultural da cidade.  

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

A Orquestra Filarmônica impulsiona três eixos de ação que consistem em uma temporada de Concertos Sinfônicos, uma temporada de recitais de música de câmara e finalmente um programa de educação musical chamado "Orquestrando Harmonia", este último eixo de ação está focado na educação musical infantil e juvenil com a finalidade de criar estratégias que fortalecem o tecido social. As dinâmicas da orquestra tiveram um desempenho exitoso social e culturalmente fazendo com que surgisse a necessidade de criar um novo recinto cultural que servisse de sede e casa da orquestra, assim como de todos os programas que ela impulsiona. 

Planta - Térreo
Planta - Térreo

O novo recinto está dentro do marco de um planto diretor que tem como finalidade revitalizar uma área urbana que se encontra em deterioração. Localiza-se na desembocadura do rio, lugar que não somente dá nome à cidade, mas também é um espaço de história e tradição culinária. O prédio encontra-se no início do dique que divide o rio do mar, é o arremate da avenida costeira Vicente Foz quando encontra o rio, mas também é o arremate da rua Zamora, característica por ter restaurantes tradicionais e que chega até a cabeceira municipal.

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

A localização do Foro Boca possui a intenção de articular as dinâmicas do centro da cidade com a avenida costeira, tem como finalidade ser um elemento urbano capaz de incitar a modernização desta área, e é um instrumento que permitiu construir e renovar a infraestrutura e imagem urbana. O edifício retoma a expressão atemporal dos cubos de concreto que formam os diques, assimilando-a como sua origem e reinterpretando-a em um edifício de concreto aparente formado por diferentes volumes que se organizam de forma aleatória para conter a sala de concertos. 

No seu interior, o projeto exibe o conhecimento técnico de especialistas tanto internacionais como locais de acústica, isóptica e mecânica teatral, além de contar com o equipamento técnico que permitirá a este recinto ser uma das salas de concertos mais sofisticadas do país. 

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

O programa arquitetônico contempla uma sala de concertos de música clássica, tradicional e popular para 966 espectadores, que também tem a capacidade de abrigar espetáculos de teatro e dança, assim como apresentações de cinema. Adicionalmente, o recinto contará com uma sala de ensaios que também permitirá a apresentação do público de concertos de câmara, teatro, cinema e dança contemporânea e tem a capacidade de oferecer esses espetáculos a 150 espectadores. 

Cortes
Cortes

Na parte posterior, o edifício responde principalmente às necessidades da orquestra filarmônica com salões de ensaio para percussões, pianos e solistas, além do estúdio de gravação. Conta com camarins gerais e camarins para diretores e músicos convidados, assim como para o diretor da filarmônica. Esses espaços foram concebidos para poder combinar uma vida cotidiana da orquestra com necessidades de outras atividades, como um teatro. A edificação contará com uma área de workshop e biblioteca musical. Com essas instalações, poderão acontecer oficinas, aulas e festivais de diversas índoles. 

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

Na área pública, o edifício é composto por um hall de pé-direito triplo que combina os níveis de lajes como vazio e os acessos às salas. No último pavimento há um terraço com vista para o mar e rio. Além disso, conta com cafeterias e um restaurante. Entre as diferentes plataformas do hall, são formados espaços que permitem concertos de solistas ou de câmara, expressões de dança e teatro contemporâneo ou sessões de cinema. 

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

Adicionalmente, o Foro Boca gera um espaço público no seu exterior que permite estender a praça de acesso por todo o dique, criando pontos de entretenimento ou espaços lúdios que fortalecem a vida pública da sala. Além disso, o espaço contará com um sistema de projeção e áudio que permite projetar os concertos em algumas fachadas, com a intenção de consolidar um espaço social e de encontro que fortaleça a esfera pública de toda a região. 

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Rojkind Arquitectos
Escritório
Cita: "Foro Boca / Rojkind Arquitectos" [Foro Boca / Rojkind Arquitectos] 11 Dez 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/885133/foro-boca-rojkind-arquitectos> ISSN 0719-8906