O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. William Ramos Abdalla
  6. 1974
  7. Clássicos da Arquitetura: Residência Pouso Geométrico / William Ramos Abdalla

Clássicos da Arquitetura: Residência Pouso Geométrico / William Ramos Abdalla

Clássicos da Arquitetura: Residência Pouso Geométrico / William Ramos Abdalla
Clássicos da Arquitetura: Residência Pouso Geométrico / William Ramos Abdalla, Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

Por Paulo Assis

No ano de 1969, William Ramos Abdalla foi convidado a projetar uma residência para sua irmã e família, em um terreno instigante: localizado aos pés da Serra do Curral e às margens da Praça do Papa.

A leveza do bloco de concreto e sua relação intima com a Serra direcionaram o partido arquitetônico do edifício, que inicialmente era composto por dois grandes balanços estruturados por quatro esbeltos pilares, coroados por uma cobertura em paraboloides hiperbólicos, marco da obra de Abdalla. Porém, a complexidade estrutural trouxe a necessidade da alteração da volumetria, que ganhou sua forma final após as palavras da cliente, poeta, expressou com o movimento em arcos de seus braços o desejo em trazer a montanha para a casa – surgem daí os grandes arcos em concreto aparente que trazem a leveza à implantação da residência.

Cortesia de William Ramos Abdalla Cortesia de William Ramos Abdalla Cortesia de William Ramos Abdalla Cortesia de William Ramos Abdalla + 29

Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

O eixo visual casa com o eixo ambiental, respectivamente, tendo suas aberturas nas fachadas NORTE/SUL e opacidade nas LESTE/OESTE, esta ultima recebendo o volume vertical de circulação.

Ao soltar o edifício do terreno, William cria um pilotis aberto que garante o caráter escultórico à edificação, além de permitir a fluidez do espaço e da paisagem. O térreo abriga a garagem, entrada principal, serviços, área de lazer e piscina, além do acesso ao subsolo, onde encontramos um amplo ateliê e pátio.

© ARQBH - Marcelo Palahres Santiago
© ARQBH - Marcelo Palahres Santiago
Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

O arquiteto não se prende à modulação dos pórticos da estrutura para compor o interior, mas lança mão do conceito de planta livre para setorizar o projeto. Desvinculada, a estrutura permitiu maior flexibilidade de espaço, de forma que as superfícies de vedação cumprem não só esta função, mas também protegem o interior contra insolações indesejadas.  

As áreas sociais e de cocção, no primeiro pavimento, são marcadas pela horizontalidade e presença constante da paisagem, emoldurada pelos pilares, pisos em imbuia e forro em pinho-de-riga cuidadosamente desenhados pelo arquiteto. Os diversos níveis criados entre os ambientes dramatizam e eliminam a obviedade do percurso, característica que se repete pela área intima, no segundo pavimento.

Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

O concreto armado convencional foi o sistema estrutural eleito para a obra, onde vigas e pilares sustentam a laje em grelha também em concreto armado, com nervuras aparentes em todos os pavimentos superiores. A estrutura em grelha libera os espaços internos pela natural demanda de apoios periféricos. A plasticidade do concreto foi explorada por William, que projetou a estrutura explicita a edificação, que emoldura o volume interno predominante na composição. O recuo deste volume e o abarcamento pelos pórticos ajudam a suavizar o calor nas faces da residência. 

As mísulas horizontais conectam as lajes em grelha aos pilares, de modo que este recuo gere um contraste de brilho e sombra, o que confere um caráter barroco às vigas superiores, em formas de arcos de seções côncavas e variáveis. A cobertura sombreando o volume do voo geométrico predominou, assim, o que foi o voo se transformou em pouso geométrico.

© ARQBH - Marcelo Palahres Santiago
© ARQBH - Marcelo Palahres Santiago
Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

William opta pela distinção entre elementos portantes e de vedação, privilegiando claramente as faces do edifício, onde sobressaem os elementos estruturais. Nas fachadas norte e sul, o arquiteto lança mão de grande planos de vidro, se opondo às fachadas leste e oeste, onde grandes planos de vedação opaca se intercalam com feixes de luz natural, garantindo privacidade ao interior da residência.

Cortesia de William Ramos Abdalla
Cortesia de William Ramos Abdalla

A fachada oeste é contornada por muros de pedras e o gradil sinuoso, presente em várias obras do arquiteto, resguardam o jardim, onde a área gramada marca a transição entre público e privado. A edificação se destaca da paisagem através do uso de diversos materiais e texturas, predominando a interação entre transparência e planos opacos, revelando que a simplicidade do programa não limitou a liberdade de criação, que resultou em espaços dramáticos, fluidos e funcionais.

Paulo Assis é Arquiteto Urbanista graduado pela Faculdade de Arquitetura da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), e sócio diretor do escritório Hub Arquitetos.

  • Arquitetos

  • Localização

    Belo Horizonte, Brasil
  • Engenheiros

    Carlos Gonçalves e Rodrigo de Souza Silva
  • Ano de início do projeto

    1969
  • Ano do projeto

    1974

Ver a galeria completa

Cita: Paulo Assis. "Clássicos da Arquitetura: Residência Pouso Geométrico / William Ramos Abdalla" 20 Set 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/880007/classicos-da-arquitetura-residencia-pouso-geometrico-william-ramos-abdalla> ISSN 0719-8906