O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. Vão
  6. 2015
  7. Casa s/d nº01 / Vão Arquitetura

Casa s/d nº01 / Vão Arquitetura

  • 05:00 - 11 Setembro, 2017
Casa s/d nº01 / Vão Arquitetura
Casa s/d nº01 / Vão Arquitetura, © Pedro Kok
© Pedro Kok

© Pedro Kok © Pedro Kok © Pedro Kok © Pedro Kok + 40

  • Arquitetos

  • Localização

    Avaré, Brasil
  • Autores

    Anna Juni, Enk te Winkel, Gustavo Delonero
  • Iluminação

    Reka
  • Área

    180.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

© Pedro Kok
© Pedro Kok

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa sem dono nº 01 é o primeiro projeto em três terrenos contíguos comprados pelo cliente com o intuito de construir casas de investimento em Avaré. Geralmente os projetos de habitações unifamiliares voltam-se para desejos e particularidades, mas, neste caso sendo o cliente apenas um intermediário até o futuro morador, programa e espaço deveriam ser flexíveis o bastante para que pudessem atender às mais diversas dinâmicas familiares.

© Pedro Kok
© Pedro Kok

Todo o projeto foi pensado não como um objeto e sim como um percurso voltado ao interior com alternância entre espaços abertos e fechados, onde jogos de luz natural e reflexos se alteram conforme o horário e a época do ano. Vista externamente, a casa se apresenta como uma reentrância esculpida na massa construída, onde a parede inclinada dirige a perspectiva para o início do percurso.

© Pedro Kok
© Pedro Kok
Planta
Planta
© Pedro Kok
© Pedro Kok

A ausência de recuos obrigatórios no lote urbano de dimensões padrões [10.6 x 20m] permitiu que o projeto ocupasse toda a sua largura. Assim, ao invés de um objeto solto com planta estreita e pequenos recuos laterais, a casa térrea passou a ter melhores proporções espaciais e áreas externas mais concentradas e proveitosas.

Corte Longitudinal
Corte Longitudinal

O pequeno declive de 60cm no terreno fora aproveitado para dividir o programa em dois níveis: o primeiro agrega as áreas sociais e de serviço, acessadas diretamente pela entrada, enquanto no segundo encontram-se as áreas privativas [quartos e banheiros], acessadas por uma escada. A entrada na casa se faz por um pé-direito mais baixo, nivelado pelo volume de concreto aparente que pode ser visto desde fora. O volume adentra a casa através de uma curva e se desenvolve para organizar os programas do lavabo, cozinha e área de serviço.

© Pedro Kok
© Pedro Kok

As áreas de estar, jantar e cozinha são distribuídas por um pátio localizado no centro da planta que, envolto por grandes painéis de vidro, dilui os limites integrando-as visualmente. Tanto o pátio como a sua extensão, um piso rebaixado de ladrilhos hidráulicos, são cobertos por uma pérgula contínua composta de elementos vazados. Esses elementos foram pré-fabricados individualmente no canteiro e montados posteriormente com o intuito de facilitar a montagem e economizar formas e escoras. Essa técnica foi resgatada de estudos da obra de Rino Levi, onde o arquiteto utiliza os elementos pré-fabricados de concreto em residências na capital para criar entradas de luz em meio a laje.

© Pedro Kok
© Pedro Kok

Por fim, a transição entre o espaço público e o privado se dá através de um jardim iluminado por triângulos de luz natural e arrematado por um banco junto à calçada que convida à uma prática muito comum nas cidades do interior: sentar e observar a rua.

© Pedro Kok
© Pedro Kok
Cita: "Casa s/d nº01 / Vão Arquitetura" [Ownerless House nº 01 / Vão] 11 Set 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/879247/casa-s-d-no01-vao-arquitetura> ISSN 0719-8906