O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Instalações Temporárias
  4. Chile
  5. Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler
  6. 2016
  7. YAP_Constructo 6 “Seu Reflexo” / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

YAP_Constructo 6 “Seu Reflexo” / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

YAP_Constructo 6 “Seu Reflexo” / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler
YAP_Constructo 6 “Seu Reflexo”  /  Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler, © Nico Saieh
© Nico Saieh

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 28

  • Colaboradores

    Felipe Droppelmann, Cristian Fuhrhop, Cristóbal Montalbetti, Diego Rivera
  • Cliente

    MoMA NY + Constructo
  • Engenharia Estrutural

    Hunter Douglas Chile
  • Construção

    Hunter Douglas Chile
  • Orçamento

    35.000 US$
  • Tempo de Construção

    45 days
  • Ano do Projeto

    2015
  • Mais informações Menos informações
© Nico Saieh
© Nico Saieh

Descrição enviada pela equipe de projeto. Este projeto consiste um pavilhão de lazer, localizado no Parque Araucano, na cidade de Santiago, capital do Chile. Tem como objetivo produzir uma interação com os usuários do parque com suas curvas côncavas e convexas espelhadas que gera um universo de multiplicações e deformações da imagem das pessoas e do ambiente em sua volta. A obra foi anunciada vencedora do concurso privado YAP_CONSTRUCTO 2015, uma das cinco versões do YAP (The Young Architects Program), uma parceria anual entre o Museu de Arte Moderna e o MoMA PS1 que "fomenta a pesquisa relacionada a projetos inovadores e promove o talento emergente". 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

O projeto é construído de três planos bidimensionais de alumínio espelhados, medindo 3,2 m e 25 mm de espessura, contendo uma paisagem de suaves colinas, vegetação arbustiva, flores silvestres e água em movimento, elementos traduzidos de um lugar imaginário. O pavilhão também é o suporte para o desenvolvimento de uma série de atividades incluindo concertos de música ou apresentações culturais, todos abertos ao público e gratuitos. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh
Paisagismo
Paisagismo

Aqui foi construída uma experiência incerta, uma situação de estranhamento, que não tem pretensão de ser controlada, uma vez que as possibilidades de reflexão e deformação provocadas pelos planos curvos espelhados são infinitos. As situações de reflexão e deformação foram multiplicadas para produzir uma interação que pertence ao mundo de ilusões, mais surreais do que reais. Fazia parte dos objetivos da obra que o visitante criasse uma expectativa do que vai surpreendê-los na situação seguinte.

© Nico Saieh
© Nico Saieh
Planta
Planta

A materialização desta experiência é alcançada através de duas operações:

A primeira delas é a definição de um suporte ou topografia, uma paisagem com elevações suaves, cobertas de grama e vegetação arbustiva, colorida por uma série de flores silvestres, além de um pequeno córrego. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

A segunda operação consiste na inserção de três planos bi-dimensionais em alumínio espelhados, que constroem uma série de espaços internos e externos, eliminando os limites, e ao mesmo tempo desaparecendo, deixando que o entorno refletido se torne o projeto real.

Diagrama
Diagrama

Eles estão fixos no solo e foram configurados de modo a utilizar a série de concavidades e convexidades para permitir que se suportem sozinhos em pé. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Queríamos mudar o centro da proposta do objeto para a experiência do sujeito, sua interação com aquelas dos outros, e como seu entorno ou contexto será refletido e deformado com eles, na frente deles. No fim, não queríamos um edifício com uma proposta fechada, mas ao invés disto, articular um universo de sensações e experiências abertas a muitas interpretações. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Poderíamos destacar que uma maneira de mensurar uma boa cidade é a quantidade de atividades e espaços de qualidade com acesso livre que oferece a seus habitantes. Neste sentido, as atividades e projetos destinados ao lazer são uma boa escala de medir estes aspectos. Este pavilhão está inserido nesta lógica - no meio de um espaço urbano - oferecendo uma experiência não convencional com seus visitantes, que interage com o projeto em diferentes maneiras. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

O pavilhão é um modelo que pode ser replicado e inserido em um circuito heterogêneo para os espaços públicos voltados para o lazer, sejam eles urbanos ou rurais.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "YAP_Constructo 6 “Seu Reflexo” / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler" [YAP_Constructo 6 “Your Reflection” / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler] 04 Set 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/878592/yap-constructo-6-seu-reflexo-guillermo-hevia-garcia-plus-nicolas-urzua-soler> ISSN 0719-8906