O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Sítio De Conservação Patrimonial
  4. México
  5. Victor Marquez
  6. Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário / Victor Marquez

Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário / Victor Marquez

Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário / Victor Marquez
Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário / Victor Marquez, © Jaime Navarro
© Jaime Navarro

© Jaime Navarro © Jaime Navarro © Jaime Navarro © Jaime Navarro + 22

  • Diretor de Projeto

    Victor Marquez
  • Coordenador de Projeto

    Angeles Miranda
  • Desenvolvimento de Projeto

    Victor Marquez Arquitectos Sc
  • Engenharia Estrutural

    Ubando
  • Engenharia Elétrica

    Mepu Sa
  • Iluminação

    Vma Sc
  • Construção

    Sedena
  • Execução Elétrica

    Sedena
  • Diretor de Construção

    M. Ing. Carlos De La Fuente
  • Paisagismo

    Jaime Schmidt, Victor Marquez, Angeles Miranda
  • Mais informações Menos informações
© Jaime Navarro
© Jaime Navarro
Croqui
Croqui
© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

Descrição enviada pela equipe de projeto. O antigo bairro colonial de Coyoacan na Cidade do México abriga o novo Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário, que tem como missão a preservação e difusão de documentos, plantas e obras artísticas que integram o acervo patrimonial do México desde o século passado. Desde as etapas mais iniciais do projeto foi decidido demolir as antigas construções e estabelecer um novo programa que agregaria os espaços abertos e os edifícios públicos. O conceito inicial era separar as partes e organizá-las em diferentes edifícios de baixa altura, com personalidade própria. A primeira ação foi classificar, catalogar e determinar a saúde das árvores e espécies existentes do terreno. Após salvaguardar o patrimônio natural, foi dividindo o conjunto em zonas sob a premissa de desagrupar o programa, para que os espaços abertos sejam os grandes articuladores entre as partes.

O conjunto cultural se desenvolve em quatro edifícios que iniciam com o museu e suas galerias, o edifício de conservação e acervo, o auditório e o café central. Do ponto de vista da composição, alguns edifícios são claramente sólidos e opacos, em um importante contraste com os outros que são bastante translúcidos. As decisões neste sentido respondem principalmente à relação entre a economia energética e a atividade humana em seu interior. O tratamento cromático também cria tensões entre as gamas de cores neutras, discretas e atemporais como o preto, cinza e ferrugem, contra a intensidade do vidro dicroico, ou o laranja da pérgola principal. 

© Jaime Navarro
© Jaime Navarro
Planta Baixa
Planta Baixa
© Jaime Navarro
© Jaime Navarro

De acordo com os arquitetos, algumas composições possuem referências mais diretas ou indiretas com alguns tratamentos de Emilio Ambaz e Francisco Mangado, ainda que de maneira geral, o desenho do Centro Cultural possui forte influência nos edifícios da Cidade Universitária, pioneiros do modernismo latinoamericano dos anos 50, organizados a partir de eixos e linhas ortogonais. Por outro lado, a ideia central do desenho se vê refletida na caixa de vidro do museu, onde é criada uma obra de arte que possa ser apreciada dos jardins e do café que a rodeia. A arquitetura deste volume se transforma em um objeto permanente da coleção. Sua envoltória de vidro dicroico rompe com o espectro de cor de acordo com a intensidade e temperatura de luz que incide, convertendo-se em uma espécie de caleidoscópio orgânico e dinâmico, também com referência cromática relacionada com a arte popular mexicana. Além disto, esse elemento recebe serigrafia plástica com um padrão que se assemelha a um painel vazado ou mesmo uma parede que se abre para o parque interno. A soma das cores intensas e a padronagem da serigrafia funcionam como uma tatuagem que distorce a percepção da relação interior-exterior, da luz e do espaço, conduzindo o visitante para uma experiência de uma viagem psicotrópica.

© Jorge Rodríguez Almanza
© Jorge Rodríguez Almanza
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro Nacional para o Patrimônio Imobiliário / Victor Marquez" [Center for the National Property Heritage / Victor Marquez] 20 Abr 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/877810/centro-nacional-para-o-patrimonio-imobiliario-victor-marquez> ISSN 0719-8906