O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Cultural
  4. Chile
  5. FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados
  6. 2017
  7. Centro de Arte e Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados

Centro de Arte e Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados

  • 21:00 - 28 Julho, 2017
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Centro de Arte e Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados
Centro de Arte e Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados, © Nico Saieh
© Nico Saieh

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 22

Descrição enviada pela equipe de projeto. A obra se desenvolve em um terreno de 5000 m² localizado no caminho de Melipilla na localidade de Talagante, região metropolitana chilena, inserido dentro de um estabelecimento educacional.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

A edificação está rodeada por grandes extensões de grama apresentando visuais ao norte, leste e sul, de longo alcance. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

O projeto consistia no desenho de um centro de atividades culturais (salas de estudo, artes e música), além disso, foram desenhados camarins e bares para servir às atividades da quadra poliesportiva situada no setor sul da obra. Conjuntamente, desenhou-se uma grande praça para atividades extra-programáticas. 

Contava-se com três áreas para acomodar os distintos programas: 400 m2 para os programas interiores do edifício, 200 m2 para o terraço exterior perimetral e 850 m2 para a construção de uma praça que abriga diferentes atividades culturais que, por sua localização, atua como um grande hall para o edifício. 

Planta
Planta

Levando em conta o extenso setor onde se está localizada a obra, optou-se por gerar um espaço que se situa em um contínuo vínculo com o entorno verde que o rodeia.

O edifício se localiza entre dois polos onde funcionam distintas áreas de educação. Por um lado, a educação teórica e formal nas salas existentes, localizadas em direção ao oeste da obra, e por outro lado, em direção a ala sul, estão as atividades recreativas e esportivas do colégio. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

O fato de se tratar de um edifício com um programa relacionado às atividades culturais, situado em um espaço "entre" nos conferiu as primeiras pautas a respeito do seu desenho.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Na busca por criar uma ponte de transição entre as demais atividades formais da educação, optou-se por um desenho escultórico, flexível e adequado para o prédio, propondo uma edificação que se assume como um espaço de pausa entre essas duas diferentes áreas educativas que se localizam nos recintos adjacentes. 

Com um programa artístico-cultural, o edifício passa a ser uma plataforma de conversa sobre o ensino dos programas teóricos e recreativos já existentes.

A fim de não romper com as áreas verdes optou-se por incorporar o edifício ao entorno da maneira menos invasiva, procurando estabelecer a fundação através de perfurações nos terraços perimetrais. Além disso, optou-se por considerar a transparência dos volumes centrais para dar a possibilidade de atravessar o edifício gerando uma continuidade visual com o objetivo de contemplar e habitar a área verde existente, sem interrupções. 

USO EFICIENTE DA ENERGIA

O objetivo principal para o desenho sustentável da obra está baseado em obter o máximo de aproveitamento de radiação solar, do recurso hídrico e do vento. 

Desenhou-se uma envolvente sensível às orientações que abre-se ao norte e leste controlando a entrada de luz através de brises dispostos em função do percurso solar considerando altitude e azimute. 

Fachada
Fachada

Para a fachada orientada ao leste trabalhou-se o controle solar utilizando vidro temperado e brises verticais para os espaços mais desfavoráveis, aproveitando ao máximo a luz e a energia solar através de uma extensa superfície envidraçada com painel termo isolante que atua como envolvente do espaço interior onde estão as três salas de aula e os serviços. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Aberturas de 1 m² dispostas a uma altura de 2.2 m direcionadas ao oeste recebem os ventos predominantes que promovem a ventilação cruzada e habilitam, no verão, a circulação por convecção devido a entrada de ar fresco que transita desde a fachada oeste através das salas de aula. 

No inverno, as aberturas podem ser fechadas e o ganho térmico estimulado pelo controle do efeito estufa cria calor suficiente para climatizar as salas de aula, mantendo mínimas as diferenças de temperatura.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

USO EFICIENTE DA ÁGUA

Desenhou-se um sistema de armazenamento de água dos split de ar-condicionado através de condutos que abastecem um recipiente a fim de obter água para irrigação das áreas verdes que formam parte do desenho exterior do edifício e que estão presentes em todo o perímetro.

© Nico Saieh
© Nico Saieh

ENVOLVENTE

Para os muros perimetrais da edificação considerou-se uma superfície completamente envidraçada com vidro termo isolante de 6mm. Para a cobertura optou-se pelo painel SIP devido seus excelentes atributos de isolamento térmico em 10 mm. 

© Nico Saieh
© Nico Saieh

O edifício possui uma segunda pele conformada por brises de diferentes espessuras com diferentes medidas de separação em função da orientação de cada fachada.

© Nico Saieh
© Nico Saieh
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro de Arte e Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados" [Centro de Arte y Cultura / FURMAN-HUIDOBRO arquitectos asociados] 28 Jul 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/876036/centro-de-arte-e-cultura-furman-huidobro-arquitectos-asociados> ISSN 0719-8906