O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Outras Estruturas
  4. Alemanha
  5. ICD/ITKE University of Stuttgart
  6. 2016
  7. Pavilhão Elytra Filament / ICD-ITKE Universidade de Stuttgart

Pavilhão Elytra Filament / ICD-ITKE Universidade de Stuttgart

Pavilhão Elytra Filament / ICD-ITKE Universidade de Stuttgart
Pavilhão Elytra Filament / ICD-ITKE Universidade de Stuttgart, © Julien Lanoo
© Julien Lanoo

© Julien Lanoo © Julien Lanoo © Julien Lanoo © Julien Lanoo + 18

  • Projetistas

    Achim Menges with Moritz Dörstelmann (ICD University of Stuttgart / Achim Menges Architect), Jan Knippers (ITKE University of Stuttgart / Knippers Helbig Advanced Engineering), Thomas Auer (Transsolar Climate Engineering / TUM) 

  • Cliente

    the V&A London
  • Mais informações Menos informações
© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Com a "Olá, Robô. Desenho entre Humano e Natureza", o Vitra Design Museum apresenta uma grande exposição que examina o atual boom da robótica. Do lado externo do museu, o »Pavilhão Elytra Filament« complementa esta exposição.  O baldaquim biônico é um exemplo impressionante da crescente influência da robótica na arquitetura. Seus módulos individuais foram definidos por um algorítimo para então serem produzidos com a ajuda de um robô, executado por uma equipe da Universidade de Stuttgart. Após estreia no Museu Victoria & Alberto de Londres, agora está exposto no Campus de Vitra. 

Processo
Processo
© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

O pavilhão é resultado de quatro anos de pesquisa inovadora sobre a integração dos princípios de arquitetura, engenharia e biomimética. Os componentes do Pavilhão foram fabricados por robôs da Universidade de Stuttgart. A estrutura de 200 m² é inspirada em princípios leves de construção encontrados na natureza – estruturas fibrosas dos exoesqueletos de besouros voadores conhecidos como elytra. O arquiteto experimental Achim Menges juntamente com Moritz Dörstelmann, o engenheiro estrutural Jan Knippers e o engenheiro climático Thomas Auer foram pioneiros em uma técnica de fabricação robótica única desenvolvida pelo Instituto de Desenho Computacional (ICD) e o Instituto de Estruturas e Desenho Estrutural (ITKE, sua sigla em inglês). Esta técnica, desenvolvida pela equipe durante anos de pesquisa envolve uma forma de costurar materiais compostos. O método de costura foi projetado para aproveitar as fibras de carbono e dar a eles força como componentes estruturais costurados como tecido. Uma série de módulos individuais do tipo celular foram utilizados para criar a forma distintiva do pavilhão, integrando os processos de desenho e engenharia. O projeto explora o impacto das novas tecnologias computacionais e robóticas nestas disciplinas. 

Diagrama
Diagrama
Diagrama
Diagrama
Diagrama
Diagrama

"Elytra’s" é uma cobertura formada por 40 componentes celulares hexagonais. Pesam em média 45 kg cada um e dura até três horas para serem feitas. Estas células e as sete colunas de apoio foram criadas por um robô Kuka, programado por computador em um processo de construção de quatro meses no Laborório de Construção Computacional do ICD em Stuttgart. Para produzir cada componente, o robô teceu vidro resinado e fibras de carbono em uma estrutura hexagonal antes de endurecer. Cada célula e coluna é individual. Sua forma final de fibras densamente tecidas e enroladas é um resultado direto das condições de tensão determinadas através da simulação estrutural e das provas realizadas pelo ITKE. Isto permite que a estrutura seja excepcionalmente leve, pesando 9 kg por m² e o que equivale a 2,5 toneladas para todo o pavilhão. 

© Julien Lanoo
© Julien Lanoo

Achim Menges diz: "Com o Pavilhão Elytra Filament queremos celebrar um foco verdadeiramente contemporâneo e integrador em todo o desenho, a engenharia e a produção, dando como resultado uma experiência espacial e estética distintiva. A cobertura nasce em resposta de dados de detecção em tempo real, evidenciando o  impacto das tecnologias emergentes e as novas alianças entre os campos de desenho, engenharia e ciências naturais. Através disso, procuramos ofereces aos visitantes uma experiência única que os permite vislumbrar novas possibilidades arquitetônicas e de engenharia que podem transformar nosso entorno construído no futuro."

Diagrama
Diagrama

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
ICD/ITKE University of Stuttgart
Escritório
Cita: "Pavilhão Elytra Filament / ICD-ITKE Universidade de Stuttgart" [Elytra Filament Pavilion / ICD-ITKE University of Stuttgart] 14 Jul 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/875292/pavilhao-elytra-filament-icd-itke-universidade-de-stuttgart> ISSN 0719-8906