O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Museus E Espaços De Exposições
  4. Itália
  5. Carlo Scarpa
  6. 1957
  7. Clássicos da Arquitetura: Restauro do Museu de Castelvecchio em Verona / Carlo Scarpa

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Clássicos da Arquitetura: Restauro do Museu de Castelvecchio em Verona / Carlo Scarpa

Clássicos da Arquitetura: Restauro do Museu de Castelvecchio em Verona / Carlo Scarpa
Clássicos da Arquitetura: Restauro do Museu de Castelvecchio em Verona / Carlo Scarpa, © Usuário do Flickr: Iris
© Usuário do Flickr: Iris

O Museu Cívico de Castelvecchio é um dos museus mais importantes da cidade de Verona, assim como um dos mais interessantes da arte italiana e europeia. O importante castelo onde se localiza, construído entre os anos de 1354 e 1356 junto à ponte Scaligero, em Verona, teve seu restauro dirigido pelo renomado arquiteto Carlo Scarpa, iniciado no ano de 1957 e com várias etapas ao longo de 18 anos, resultando em uma de suas obras mais significativas, evidenciando sua admiração pela arquitetura de Frank Lloyd Wright e a espacialidade japonesa tradicional.

O museu está situado dentro do complexo da fortaleza de La Scala di Castelvecchio, distribuído em mais de trinta salas relacionadas à escultura, à pintura italiana e estrangeira, armas antigas, cerâmicas, jóias, miniaturas e sinos antigos.

Mais informações a seguir.

© Cortesia de carloscarpa.es © Cortesia de carloscarpa.es © Usuário do Flickr: Zemlinki! © Cortesia de viajarconelarte.blogspot.com + 23

© Cortesia de carloscarpa.es
© Cortesia de carloscarpa.es

Durante a Segunda Guerra Mundial, Verona foi uma das cidades mais bombardeadas na Itália, devido à sua localização estratégica e a presença de muitos ministérios da República Social Italiana. Durante uma incursão aliada, o Castelvecchio também sofreu muitos danos. Nesse período, quando Scarpa foi encarregado do restauro tanto do castelo como a ponte Cecchini, veio a decisão do arquiteto de considerar todo o complexo um só organismo para intervir, sem fazer qualquer distinção entre a restauração do edifício e o equipamento museológico.

Desenho Original
Desenho Original

Com quase seiscentos croquis para este espaço expositivo dedicado a inúmeras obras de arte, Scarpa conseguiu equilibrar a necessidade de manter a arquitetura antiga com a introdução de novos usos e a adaptação dos espaços, permitindo notar claramente sua intervenção. O resultado desta completa renovação e restauro se deve, tanto a Scarpa como ao arquiteto e engenheiro Carlo Arrigo Rudi Maschietto, e à constante colaboração por parte dos funcionários e diretor do museu, Liciso Magagnato, além dos artesãos que trabalharam no projeto.

© Cortesia de carloscarpa.es
© Cortesia de carloscarpa.es

Scarpa foi projetando os espaços de exposição com o objetivo de equilibrar as peças em exposição com sua proposta construtiva.

© Cortesia de carloscarpa.es
© Cortesia de carloscarpa.es

A primeira intervenção foi na ala da Regia, ou ala do palácio, a residência da família Della Scala, no edifício do século XIV, onde vieram à luz novas descobertas arqueológicas. O projeto de Scarpa nesta intervenção consistiu na criação de novos trajetos, novos acessos, passarelas e escadas, assim como um novo sistema de iluminação. 

© Cortesia de carloscarpa.es
© Cortesia de carloscarpa.es

A segunda intervenção foi o restauro da Galeria. Em seu interior há uma série de sete grandes salas, conectadas por arcos e iluminadas por aberturas de estilo gótico, construídas em uma restauração anterior nos anos 20. Foram realizadas algumas mudanças como a eliminação de falsos afrescos e do reboco interior e outros estruturais baseado em uma simulação da localização definitiva das esculturas que abrigaria este espaço. Nessa intervenção decidiu-se tornar mais fácil a leitura das mudanças no monumento, inclusive diferenciando a nova intervenção com respeito às características da arquitetura medieval.

© Cortesia de viajarconelarte.blogspot.com
© Cortesia de viajarconelarte.blogspot.com

Com este restauro poderia-se considerar que Carlo Scarpa chegou à sua maturidade artística, em particular, com a ala da galeria, onde foca nas soluções espaciais, arquitetônicas e expositivas, desde uma perspectiva inovadora, mediante o desenvolvimento de soluções de grande qualidade arquitetônica para assinalar alguns pontos marcantes, como por exemplo, na parte superior de um suporte de concreto, cuja forma se assemelha à de uma folha dobrada de papel, como um origami, desde onde se pode admirar o museu, que tem como fundo a textura dos muros do castelo, ou a estrutura de concreto leve que suporta a estátua equestre de Cangrande della Scala, colocado entre o fundo das muralhas medievais e a moderna composição dos painéis de madeira, fazendo referências à arquitetura japonesa tradicional.

© Cortesia de carloscarpa.es
© Cortesia de carloscarpa.es

Finalmente, a terceira intervenção foi realizada no jardim, poucos dias antes da reabertura do museu em 1964, incluindo um gramado retangular delimitado por duas coberturas formando um diafragma, tanques de água e caminhos de pedra, desta vez fazendo referência a Veneza.

Plantas
Plantas
  • Arquitetos

  • Localização

    Verona, Itália
  • Referências

    Museo de Castelvecchio, Arquivo digital dos trabalhos do arquiteto, Página sobre a obra de Carlo Scarpa, it.wikipedia.org
  • Ano do Projeto

    1957

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Carlo Scarpa
Escritório
Cita: Duque, Karina. "Clássicos da Arquitetura: Restauro do Museu de Castelvecchio em Verona / Carlo Scarpa" [Clásicos de Arquitectura: Restauración del Museo de Castelvecchio en Verona / Carlo Scarpa] 02 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872695/classicos-da-arquitetura-restauro-do-museu-de-castelvecchio-em-verona-carlo-scarpa> ISSN 0719-8906