Edifício DrySuit / Jorge Bartolo - Arquitectura

Edifício DrySuit / Jorge Bartolo - Arquitectura

© José Campos© José Campos© José Campos© José Campos+ 26

Figueira da Foz, Portugal
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  400
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fotógrafo Fotografias:  José Campos
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AMOP Lda, Arquitectura Luz e Led. Lda, Betão liz, Biroll, Carpifoz, Isocor Sofalca, Sanindusa, Tacha, Terras de Portugal
    © José Campos
    © José Campos

    Descrição enviada pela equipe de projeto. A estratégia utilizada para o projeto apresentado foi criar um edifício que efetivasse respostas alternativas, tendo em vista o mínimo custo possível. Objectivo cumprido, conseguindo-se um valor de construção inferior a 350 €/m2. Recorreu-se a um método construtivo em aço leve com revestimento em cortiça, que permitiu rapidez de execução. Pretendeu-se potenciar a integração do edifício na paisagem, cuja forma resultou de pequenas torções que constroem a curva em movimentos integrados na curva já existente no terreno. 

    © José Campos
    © José Campos

    O material do pavimento interior foi fabricado com a terra do local, e exemplifica a tentativa de  economizar recursos. Acentuou-se e potenciou-se a atmosfera local e a integração na paisagem através da mistura de texturas – revestimento de cortiça e os pinheiros; e mistura de formas - envidraçado e árvores.

    © José Campos
    © José Campos
    Planta
    Planta
    © José Campos
    © José Campos

    Pode-se comparar o conceito do edifício à ideia de um fato seco, térmico e impermeável para salvação no mar, um último recurso. O fato seco –Drysuit- salva o naufrago “num ambiente hostil através da proteção ambiental por meio de isolamento e exclusão de água”. Da mesma forma, o edifício com revestimento de cortiça - seco, econômico e impermeável, viabilizou a construção sustentável, sendo que este método construtivo dispensa quase por completo o uso de água. Tal como um fato seco permite flutuar e salvar vidas no mar, este edifício foi um exercício em tempo limitado, que propôs materiais alternativos, optimizou recursos energéticos naturais, salva(guarda)ndo-se, assim, a viabilidade e concretização do edifício. 

    © José Campos
    © José Campos

    Acima de tudo destacamos esta obra como um exercício de procura de respostas ainda não testadas, materiais alternativos, sistemas construtivos econômicos, fazendo confluir a solução para uma resposta objectiva e incisiva a problemas e condicionantes específicos.  

    © José Campos
    © José Campos

    Galeria do Projeto

    Ver tudoMostrar menos

    Localização do Projeto

    Endereço:Av. Dr. Mário Soares, 3080-250 Figueira da Foz, Portugal

    Clique para abrir o mapa
    Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
    Sobre este escritório
    Cita: "Edifício DrySuit / Jorge Bartolo - Arquitectura" [DrySuit Building / Jorge Bartolo - Arquitectura] 05 Jun 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872432/edificio-drysuit-jorge-bartolo-arquitectura> ISSN 0719-8906

    ¡Você seguiu sua primeira conta!

    Você sabia?

    Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.