Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centros De Saúde
  4. Bélgica
  5. Dierendonckblancke Architects
  6. 2016
  7. Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects

Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects

Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects
Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects, © Filip Dujardin
© Filip Dujardin

© Filip Dujardin © Filip Dujardin © Filip Dujardin © Filip Dujardin + 17

  • Colaboradores

    Simon Vermote, Sarah Bijtebier, Lore Verheyleweghen, Delphine Van Aerde, Pierre De Brun, Sara Callebaut ,Catherine Pyck, Lisa Lu
  • Paisagismo

    Denis Dujardin
  • Estrutura

    Studieburo Mouton
  • Técnicas

    Studiebureau Boydens
  • Acústica

    Daidalos-Peutz
  • Integração de Arte

    Jos Devriendt
  • Mais informações Menos informações
© Filip Dujardin
© Filip Dujardin

Descrição enviada pela equipe de projeto. Het Gielsbosé um centro de atenção para pessoas com deficiências mentais graves, localizado numa grande área pública verde, dentro do município de Gierle. Este projeto inclui o projeto de um plano diretor para reimplantar os pavilhões antiquados que abrigam os residentes e projetar sete novas moradias.

Implantação
Implantação

Anteriormente, o terreno estava cortado na metade por um eixo central, onde uma rede de caminhos menores se ramificaram sem hierarquia clara. Todos os pavilhões estavam localizados na metade norte do terreno.

© Filip Dujardin
© Filip Dujardin

O plano diretor sugere um melhor uso de todo o lote substituindo este eixo central por um caminho entrelaçado que conecta seis novos conjuntos residenciais, localizados por todo o local, com as instalações administrativas e desportivas existentes.

Estes caminhos facilitam os movimentos logísticos eficientes no terreno em bicicleta, a pé ou (ocasionalmente) tráfego motorizado, por exemplo, para a visita de um médico, entrega de correio ou distribuição das comidas.

© Filip Dujardin
© Filip Dujardin

Os novos conjuntos residenciais constam de cinco pavilhões interconectados ou "casas", localizados em ambos os lados do caminho. Quando a via passa por um conjunto, se alarga e se converte num pátio público para os pavilhões que a rodeiam. Todas as atividades no pátio são visíveis a partir das salas de cada lar: o pátio se converte num espaço comum e logístico animado. Cada lar funciona de forma mais ou menos independente, mas conectada com os adjacentes para facilitar a logística interna dos funcionários.

Corte Moradia Tipo 01
Corte Moradia Tipo 01
Corte Moradia Tipo 02
Corte Moradia Tipo 02

As casas constam de cinco volumes com telhados inclinados, construídas ao redor de um pequeno pátio central. O jogo de volumes, a configuração dos lares ao redor de um pátio central e os pequenos grupos residenciais ajudam a criar a percepção de um ambiente residencial real, ao invés de uma instituição de cuidados.

© Filip Dujardin
© Filip Dujardin

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects" [Het Gielsbos / Dierendonckblancke Architects] 16 Abr 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/869241/het-gielsbos-dierendonckblancke-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.