O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Suíça
  5. Savioz Fabrizzi Architectes
  6. 2016
  7. Conversão de um celeiro / Savioz Fabrizzi Architectes

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Conversão de um celeiro / Savioz Fabrizzi Architectes

Conversão de um celeiro / Savioz Fabrizzi Architectes
© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

© Thomas Jantscher           © Thomas Jantscher           © Thomas Jantscher           © Thomas Jantscher           + 19

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

Descrição enviada pela equipe de projeto. Construído na segunda metade do século XIX, o celeiro foi originalmente situado na entrada da vila de Praz-de-Fort, e tinha sido abandonado. Como parte do processo de conversão, foi primeiro desmantelado e, em seguida, reconstruído alguns quilômetros mais longe, no vale.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

Uma nova estrutura independente e uma pele interna foram construídas dentro do envelope formado pelo antigo celeiro. Esta separação da estrutura externa permitiu que uma mistura espacial rica fosse criada através de semi-níveis abertos comunicando uns com os outros. A moradia foi tratada como um único espaço aberto e contínuo, organizado através das diferenças de nível. O dormitório e escritório, que são os espaços mais privados, foram criados na parte superior do celeiro, acima das áreas de estar e da cozinha.

Planta
Planta

Como as únicas aberturas existentes eram portas que davam acesso às varandas diferentes, estas foram conservadas e envidraçadas. O número de novas aberturas adicionais foi minimizado, para evitar desvirtuar o caráter do celeiro, tornando-o mais confortável. As novas aberturas foram posicionadas a fim de criar uma relação com o ambiente natural exterior ou com o envelope original, dependendo da posição.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

As faixas externas formadas pelas ruchinas existentes (galerias de secagem de trigo) ficaram ligeiramente mais densas, para tornar as paredes externas mais homogêneas e manter o celeiro mais próximo da sua aparência original, bem como oferecer uma intimidade aos usuários dos espaços internos.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

A base, que foi reconstruída em concreto aparente, lembra a pedra usada para a base original. Esta nova base está ligada ao celeiro por uma faixa de vidros que está afastada da parede externa de modo a torná-la discreta. Esta faixa de vidros permite que a luz natural alcance as áreas situadas na base.

Corte
Corte

A nova pele interna do celeiro consiste em painéis de carvalho, com os espaços na base proporcionando um contraste através do uso de materiais que recordam a pedra externa.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher
Cita: "Conversão de um celeiro / Savioz Fabrizzi Architectes" [Barn Conversion / Savioz Fabrizzi Architectes] 09 Abr 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/868816/conversao-de-um-celeiro-savioz-fabrizzi-architectes> ISSN 0719-8906