O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE

PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE

  • 08:00 - 26 Fevereiro, 2017
PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE
PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE, © Andrea Rossetti
© Andrea Rossetti

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves apresenta "A Time Coloured Space” [Um espaço da cor do tempo], uma grande exposição do artista francês Philippe Parreno, a sua primeira mostra em Portugal.

Comissariada por Suzanne Cotter, Diretora do Museu, a exposição ocupará todas as treze salas do Museu, estendendo-se pelos dois pisos e expandindo-se ainda para o Auditório. A exposição é estruturada segundo o modelo matemático da fuga e concebida em torno da ideia de contraponto, ou ritournelle, um princípio segundo o qual uma determinada passagem é repetida em intervalos regulares numa peça ou arranjo musical, para dar significado à composição. Regendo-se por um método semelhante, A Time Coloured Space é determinada não pelos seus "objetos”, mas pela cadência e o ritmo do aparecimento destes.

A exposição inclui alguns dos trabalhos mais emblemáticos de Parreno, criados desde os anos 1990 até aos nossos dias, assim como obras recentes concebidas especificamente para este contexto.Através da sua prática artística, Parreno tem redefinido a experiência da exposição, explorando as possibilidades desta como um "objeto” coerente e um meio em si próprio, e não uma mera coleção de obras individuais. Para isso, Parreno concebe as suas exposições como um espaço com um guião, no qual se desenrolam eventos. Enquadrando-se no conceito filosófico de Gilles Deleuze expresso em Différence et répétition [Diferença e repetição] (1968), cada uma das treze salas da exposição é uma recorrência da anterior, diferenciando-se apenas pelas variações de cor e de disposição.

Ao introduzir estas variáveis recorrentes, Parreno leva o princípio do ritournelle para além do seu entendimento musical, transportando-o para aquilo que Deleuze descreveu como "uma repetição da diferença”. Como o passado e o futuro estão inscritos no presente, a exposição torna-se um autómato, uma fábrica onde são projetadas estas variáveis, uma forma de imitação que se transforma numa nova invenção.  

Entre os trabalhos apresentados encontramos Speech Bubbles (1997 até à atualidade), balões de hélio com a forma de balões de fala da banda desenhada. Vazios de palavras, juntam-se e pairam no teto do espaço que ocupam. A exposição inclui também Fraught Times: For Eleven Months of the Year it’s an Artwork and then December it’s Christmas (2008 -2016), uma série de esculturas em alumínio, moldadas como árvores de Natal. Também estarão expostos mais de 200 desenhos a tinta criados por Parreno entre 2012 e 2016, assim como o conjunto de serigrafias intitulado Fade To Black.

O espaço será ainda pontuado por uma série de objetos de luz: AC/DC Snakes e Happy Ending.Uma obra recentemente incorporada na Coleção de arte contemporânea do Museu de Serralves — o espetacular trabalho de luz Marquee (cluster) — será instalada no foyer do Auditório.

O Auditório do Museu será transformado numa forma de cinéma en permanence. 
"Philippe Parreno: A Time Coloured Space” é uma exposição organizada pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves, comissariada por Suzanne Cotter, Diretora do Museu, acompanhada por uma publicação escrita por Adam Thirlwell em colaboração com Philippe Parreno e desenhada pelo Frith Studio, Londres.

Sobre este autor
Joanna Helm
Autor
Cita: "PHILIPPE PARRENO: A TIME COLOURED SPACE" 26 Fev 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/806119/philippe-parreno-a-time-coloured-space> ISSN 0719-8906