Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Challenger / Woods Bagot

Challenger / Woods Bagot

© Trevor Mein © Trevor Mein © Trevor Mein © Trevor Mein + 14

Banco  · 
Sydney, Austrália
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Woods Bagot
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    9000.0 m2
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Bene, Briggs Veneers, Coffee and side table, Fritz Hansen, Herman Miller, Kvadrat Soft Cells, Living Edge, Punt, Schiavello, Stellar works, VITRA, Wilkhahn
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Equipe de Projeto

    Amanda Stanaway, Josephine Meldgaard, Kate Lange, Kine Husas, Pei-Lin Chen, Petra Bonamy, Todd Hammond.
  • Construtora

    Shape
  • Gestão de Projeto

    CBRE
  • Serviços Elétricos

    Medland Metropolis
  • Engenharia Mecânica

    Thwaite Consulting
  • Engenharia Estrutural

    Aurecon
  • Acústica

    Acoustic Logic
  • Áudiovisual

    Innovatech
  • Consultor de Restauro

    Cini Little
  • Consultor BCA

    Mckenzie Group
  • Consultor de Custos

    WT Partnership
  • Consultor de Iluminação

    Light Practice

Mais informações Menos informações
© Trevor Mein
© Trevor Mein

Descrição enviada pela equipe de projeto. A forte linguagem arquitetônica do edifício icônico da "caixa de dinheiro", construído em 1916, do Banco Commonwealth proporciona uma base sólida que inspirou o projeto para o novo local de trabalho da Challenger. Criando 9.000 metros quadrados de espaços de trabalho em quatro pavimentos, o projeto de Woods Bagot teve como objetivo unir as pessoas. Estratégico na concepção e desenho, o projeto fomenta o alinhamento para fazer crescer a capacidade de organização alinhada aos objetivos da empresa. Olhando para o passado para criar um espaço de trabalho do futuro, os pavimentos compreendem estações de trabalho individuais e baseadas em projetos, espaços de reunião semi-abertos, e pequenas salas de reunião privadas que podem ser reservadas.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Todd Hammond, o arquiteto principal dos projetos do escritório Woods Bagot Workplace Interiors em Sydney, disse que a proposta cria um local de trabalho com longevidade, que aproveita o caráter patrimonial do edifício, enquanto presta uma homenagem ao futuro, assim como à juventude e a inovação da Challenger.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

"Ajustar um edifício histórico significa que a aproximação ao projeto ocorre de uma forma diferente. Ao mesmo tempo que implementamos a funcionalidade no núcleo de nosso conceito, o vazio patrimonial existente estabelece um ponto de partida fundamental para centrar o coração do projeto".

Planta 1
Planta 1

Dividido por múltiplos locatários, o vazio é complementado por uma escada envidraçada, característica que contribui com a estética diferenciada do espaço. A escada conecta os quatro pavimentos da Challenger, proporcionando ligações físicas e visuais em toda a empresa. Incluindo construção de aço revestida em madeira da Australia Blackbutt, a escada encontra-se adjacente ao vazio, com corrimãos de vidro que permitem uma imagem altamente transparente, que faz referência aos objetivos da organização.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

"Felizmente, trabalhando com um cliente ágil como a Challenger, o valor cultural da inserção da escada na placa de piso foi rapidamente compreendido. Trabalhamos para aumentar o vazio nos pavimentos da empresa para que a escada não interferisse na marca patrimonial do edifício.", complementou Todd.

Planta 2
Planta 2

"Separada do vazio patrimonial existente, uma caixa de madeira de quatro pavimentos oferece uma moldura para a escada, onde é possível sentar-se, elevando, assim, a função de tornar-se uma proposta chave da integração da organização, a conectividade e o bem-estar.".

© Trevor Mein
© Trevor Mein

O aspecto dos interiores encarna, tanto a arquitetura patrimonial, quanto a reutilização moderna do edifício. Levando em conta cuidadosamente a experiência do cliente e dos empregados, a linguagem dos detalhes é refinada, enquanto os ambientes foram mantidos aconchegantes para criar uma recepção de boas-vindas a funcionários e visitantes.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Ao entrar, os clientes e visitantes são apresentados ao espaço através do balcão de entrada personalizado na recepção, que oferece uma integração tecnológica perfeita. Localizada no segundo pavimento, a recepção difunde-se em uma área de reuniões internas, reuniões sociais e apresentações. Localizada ao lado da cafeteria, da cozinha de qualidade comercial, e da parede verde viva, a área de reunião proporciona uma área dinâmica, que funciona no centro de intercâmbio de informações.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Ao longo da reforma, o leque de acabamentos foi resultado da paleta de inspiração patrimonial, utilizando pedras naturais e envidraçamento texturizado. Azulejos e telhas cerâmicas, junto a acabamentos de bronze e tijolos de vidro fazem referência ao passado, enquanto o mobiliário contemporâneo permite a funcionalidade moderna, detalhada considerando a superposição do patrimônio.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

A natureza repetitiva e articulada do espaço conecta-se às características patrimoniais do edifício. As vigas de madeira e painéis de cobertura decorativos replicam o padrão de envidraçamento patrimonial, mantendo, ao mesmo tempo, uma sensação moderna. O motivo geométrico na cobertura da recepção foi inspirado nos vitrais originais das janelas. Salas de reunião antigas direcionadas aos clientes também encontram-se no segundo pavimento e receberam pintura Harbour Bridge com perfis de aço, em referência à estética patrimonial e ao contexto local de Sydney.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Levando em conta a eficiência do local de trabalho e o bem-estar dos funcionários, o novo espaço de trabalho da Challenger equilibra delicadamente a colaboração e a necessidade de privacidade, o que facilita um ambiente produtivo, que gera compromisso e permite a conectividade dentro da comunidade Challenger.

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: 5 Martin Pl, Sydney NSW 2000, Austrália

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Challenger / Woods Bagot" [Challenger / Woods Bagot] 26 Jan 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/803674/challenger-woods-bagot> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.