O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Residencial
  4. Argentina
  5. Estudio Abramzon
  6. 2016
  7. Edifício Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq

Edifício Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq

Edifício Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq
Edifício Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq, © Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

© Javier Agustin Rojas © Javier Agustin Rojas © Javier Agustin Rojas © Javier Agustin Rojas + 27

  • Arquitetos

  • Localização

    Francisco Acuña de Figueroa 1569, C1180ABC CABA, Argentina
  • Arquitetos Autores

    Diego Abramzon, Claudio Zlotnik, Daniel Gimpelewicz
  • Área

    3100.0 m2
  • Ano do Projeto

    2016
  • Arquitetos Colaboradores

    Nacy Bosi, Juan Savone, Gisela Heffes, Sofia Grau, Carolina Zunino, Celina Weidmann, Carolina Baraldo, Marcos Tonelli, Leonardo Epelman, Luciano Calitri, Belen Britos
  • Mais informações Menos informações
© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

Descrição enviada pela equipe de projeto. Foram desenvolvidos dois blocos com térreo e mais quatro pavimentos, unidos por um amplo pátio onde se destacam o volume do elevador, a escada dobrada e os patamares de circulação. A estrutura independente permite uma grande liberdade no arranjo das plantas, que são todas diferentes. Há unidades de um ambiente, 2, 3, 4 e 5. O planejamento modular permitiu, em cada caso, acomodar da melhor forma as necessidades de área de cada usuário. O térreo livre, com muito espaço aberto de dispersão, permite visualizar plenamente o solário e a calçada. Alguns poucos elementos opacos foram implantados, para que a espacialidade livre não sofresse nenhum tipo de interferência, criando a imagem de um local pontuado por pilares redondos de concreto aparente. Neste pavimento, encontram-se as áreas comuns: sala multiuso, churrasqueira, piscina, jardins, além do acesso às garagens do subsolo.

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas
Cortesia de Estudio Abramzon + Estudio ZZarq
Cortesia de Estudio Abramzon + Estudio ZZarq

A circulação a partir da calçada até a porta de cada unidade, atravessando as passarelas orientadas ao pátio interno, ocorre de forma semi-coberta.

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

O edifício foi projetado sem transgredir a linha municipal com nenhum elemento. No terceiro pavimento cria-se um recuo que permite abaixar a escala sobre a rua, e gerar continuidade ao perfil urbano imediato. 

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

Além do térreo livre e da estrutura independente anteriormente mencionados, as quatro fachadas foram compostas com guarda-corpos de concreto, e, sendo uma fachada independente, permite a presença de janelas corridas que se acomodam livremente de acordo com as necessidades específicas. O conceito da varanda jardim nos motivou a utilizar a totalidade das coberturas como forma de expansão, o que permite, entre outras coisas, recuperar as pouco habituais vistas sobre as copas das árvores.

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

Em termos construtivos, optou-se por materiais crus com proteções inofensivas à materialidade, que não modifiquem sua essência e expressividade: o concreto revestido com diferentes materiais, dependendo de sua localização, as árvores formando volumes no térreo, os diversos planos de vidro, o aço com apenas uma laca que contém a corrosão, apresentando cada elemento construtivo com sua máxima manifestação de expressão natural.

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas
Cortesia de Estudio Abramzon + Estudio ZZarq
Cortesia de Estudio Abramzon + Estudio ZZarq

Talvez o manejo da luz natural seja o elemento mais importante e sugestivo do projeto. Cada espaço é percebido a partir da presença da luz natural que o delimita. As vezes, a luz transborda através de grandes planos envidraçados, em outros momentos é muito sutil, como no caso dos cones que iluminam o estacionamento subterrâneo. Finalmente, todas as unidades contam com ventilação cruzada, o que fornece condições agradáveis para habitar com baixo compromisso energético, um recurso limpo e simples, que utilizamos sempre que possível.

© Javier Agustin Rojas
© Javier Agustin Rojas

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Edifício Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq" [Edificio Acuña de Figueroa / Estudio Abramzon + Estudio ZZarq] 16 Jan 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/803407/edificio-acuna-de-figueroa-estudio-abramzon-plus-estudio-zzarq> ISSN 0719-8906