O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. México
  5. Delfino Lozano
  6. 2016
  7. Casa G / Delfino Lozano

Casa G / Delfino Lozano

Casa G / Delfino Lozano
Casa G / Delfino Lozano, © César Béjar
© César Béjar

© César Béjar © César Béjar © César Béjar © César Béjar + 39

  • Colaboradores

    Bernardo Sánchez, Andrés Covarrubias
  • Cálculo e Estrutura

    Eng. Delfino Lozano Armenta
  • Marcenaria

    Mauricio Villalbazo
  • Ferragens / Caixilhos

    Alberto Flores, Vidrios y Aluminios REYLO
  • Elétrica / Encanamentos

    Eugenio Martinez
  • Mais informações Menos informações
© César Béjar
© César Béjar

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa G é uma residência familiar de descanso, com uma  sala de jogos e uma varanda destinada a abrigar as atividades sociais de seus proprietários, localizada ao noroeste de Zapopan, em um terreno de 1000 m²  orientado de norte a sul. O terreno apresentava uma topografia ascendente e muros adjacentes existentes.

© César Béjar
© César Béjar
Planta Térreo
Planta Térreo
© César Béjar
© César Béjar

O comprimento do terreno propiciou o traçado de um eixo central que conectou os principais espaços da residência e o desnível deu origem a um eixo perpendicular onde estabeleceu-se um muro de contenção, gerando suas áreas claramente definidas: social, na parte baixa, e privada na parte alta do terreno.

© César Béjar
© César Béjar

A área social pode ser acessada por um corredor com uma abóboda curva que marca a transição entre exterior e interior, onde a imagem do muro de pedra contrasta com a lógica de modulação das abóbodas que cobrem a varanda. Ao lado, uma planície conectada visualmente pelo mesmo muro existente estende-se até a escada. O espaço se complementa pelo arremate visual gerado por uma fonte de pedra com uma árvore, e a presença estratégica de um mastro pensado para, eventualmente, sustentar uma piñata.

© César Béjar
© César Béjar
© César Béjar
© César Béjar

A interação entre o social e o privado é feita por meio da escada que elimina o desnível natural do terreno. O muro de pedra agora mistura-se a um banco onde o jardim e uma árvore emolduram a fachada da casa. A oeste, um volume de tijolo destinado à sala de jogos, absorve o espaço gerado pelo telhado da varanda e suspende-se sobre a garagem. A solução estrutural a base de vigas IPR liberou tanto a varanda, quanto a garagem de pilares e vinculou fisicamente a área social com a área privada.

© César Béjar
© César Béjar
Planta Superior
Planta Superior
© César Béjar
© César Béjar

A área privada foi pensada a partir de uma entrada lateral que percorre o desnível do terreno, culminando em uma estrutura de tijolos e um espelho d'água, enfatizando a entrada principal da casa. No interior, um distribuidor nos conduz a três espaços claramente definidos: de um lado, a cozinha, com vista ao jardim e ventilação pelo corredor de entrada; no lado oposto, a área de visitas formata pelo banheiro e uma sala de televisão que pode ser utilizada como quarto de convidados; a frente, atravessando um elemento de madeira, um conjunto de espaços alinhados em um eixo de simetria imaginário, que abarca um pequeno jardim com uma árvore, a sala de jantar, e uma pequena varanda externa onde existe uma rede pendurada. A chaminé situada ao centro da casa representa o núcleo central de convivência em família.

© César Béjar
© César Béjar

A partir do aproveitamento da luz natural e da geração de ventilação cruzada, alcançou-se duas coisas: as melhores vistas do conjunto aos espaços comuns da casa, além da privacidade e conforto a cada pessoa, onde um cômodo principal mantém o domínio visual do jardim e da sala de jogos, enquanto um segundo ambiente mantém certa independência por meio de um distribuidor onde implantou-se o closet e os banheiros. Na parte posterior da residência estão localizados um módulo de serviços e a adega. A cobertura da residência foi aproveitada como mirante devido à paisagem que se aprecia do ponto mais alto do conjunto. Para isso, as instalações foram ocultadas e o piso recoberto com o mesmo material da varanda e da sala de jogos. 

© César Béjar
© César Béjar

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Delfino Lozano
Escritório
Cita: "Casa G / Delfino Lozano" [Casa G / Delfino Lozano] 19 Ago 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/793528/casa-g-delfino-lozano> ISSN 0719-8906