Museu Serralves promove a exposição "Matéria Prima: Um olhar sobre o arquivo de Álvaro Siza"

Museu Serralves promove a exposição "Matéria Prima: Um olhar sobre o arquivo de Álvaro Siza"

A Fundação de Serralves, o CCA de Montréal e a Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, receberão a partir deste ano uma parte considerável do arquivo de Álvaro Siza, um dos arquitetos portugueses mais prestigiados internacionalmente e autor do projeto do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.

Neste contexto, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves apresenta uma exposição que enfatiza a importância dos materiais de arquivo no estudo da arquitetura, reunindo desenhos, maquetas, cartas e atas de reuniões relativos à concepção e construção de algumas obras icônicas do arquiteto. 

O arquivo profissional de Álvaro Siza, que reúne materiais de trabalho que o arquiteto produziu para conceber e construir obras marcantes, é uma verdadeira fonte de conhecimento. Esta exposição revela o uso incessante do desenho como instrumento de trabalho privilegiado, pela prefiguração das formas e dos espaços através do esquisso e do desenho técnico num processo de aproximação sucessiva ao resultado ambicionado.

Álvaro Siza, Casa Luís Rocha Ribeiro, Maia, 1960-1962. Planta de toscos cotada com geometria de implantação, sem data, tinta-da-china sobre vegetal, escala 1:50, 50,5 x 66,0 cm. [ASV/FS 07]Álvaro Siza, Casa Carlos Beires, Póvoa de Varzim, 1973-1976. Projecto de Execução, pormenor de carpintaria, sem data, tinta-da-china sobre vegetal, escalas 1:5 e 1:50, 84,0 x 60,0 cm. [ASV/FS 13]Álvaro Siza, Casa Maria Margarida Machado, Arcozelo, 1979-1983. Matriz de trabalho para o ante-projecto, [1979], tinta-da-china, lápis e lápis-de-cor sobre vegetal, escala 1:100, 60,5 x 64,5 cm. [ASV/FS 15]Álvaro Siza, Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, 1987-1993. Estudo da implantação e dos arranjos exteriores, [1987], lápis e lápis-de-cor sobre vegetal de esquisso, escala 1:500, 80,0 x 99,0 cm. [ASV/FS 19]+ 7

Mas um arquivo é mais do que um conjunto de desenhos. A mostra integra por isso a correspondência com os clientes, o registo fotográfico dos lugares expectantes pelas obras, as relações com entidades reguladoras e os pareceres dos múltiplos atores intervenientes nos processos de construção, as maquetas que apoiam a percepção das propostas, os autos de reuniões e relatos das tensões nos estaleiros das obras – documentos que registam uma infinidade de episódios invisíveis na obra construída. Esta exposição pretende mostrar que o arquivo documental que agora se oferece à consulta pública na Biblioteca do Museu de Serralves é um manancial de informação que permitirá partilhar e redescobrir o valor inestimável do trabalho de Álvaro Siza.

Álvaro Siza, Casa Alves dos Santos, Póvoa de Varzim, 1964-1968. Apontamentos para distribuição dos aparelhos de iluminação e projecto de electricidade, sem data, esferográfica e caneta-de-feltro sobre papel, 21,0 x 29,7 cm. [ASV/FS 10]
Álvaro Siza, Casa Alves dos Santos, Póvoa de Varzim, 1964-1968. Apontamentos para distribuição dos aparelhos de iluminação e projecto de electricidade, sem data, esferográfica e caneta-de-feltro sobre papel, 21,0 x 29,7 cm. [ASV/FS 10]

A exposição, intitulada "Matéria Prima: Um olhar sobre o arquivo de Álvaro Siza", é organizada pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves e tem curadoria de André Tavares. A abertura da exposição acontece no dia 15 de junho, às 18h.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Museu Serralves promove a exposição "Matéria Prima: Um olhar sobre o arquivo de Álvaro Siza"" 14 Jun 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/789449/museu-serralves-promove-a-exposicao-materia-prima-um-olhar-sobre-o-arquivo-de-alvaro-siza> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.