O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Holanda
  5. MVRDV
  6. 2016
  7. Crystal Houses / MVRDV

Crystal Houses / MVRDV

  • 09:00 - 29 Abril, 2016
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Crystal Houses / MVRDV
Crystal Houses / MVRDV, © Daria Scagliola & Stijn Brakkee
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee
  • Arquitetos

    MVRDV, Gietermans & Van Dijk
  • Localização

    Amsterdã, Holanda
  • Área

    840.0 m2
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

© Daria Scagliola & Stijn Brakkee © Daria Scagliola & Stijn Brakkee © Daria Scagliola & Stijn Brakkee © Daria Scagliola & Stijn Brakkee + 16

  • MVRDV

    Winy Maas, Gijs Rikken, Mick van Gemert, (Renske v/d Stoep)
  • Gietermans & Van Dijk

    Wim Gietermans, Arjan Bakker, Tuğrul Avuçlu
  • Projeto Executivo

    Wessels Zeist; Robert van der Hoef, Richard van het Ende, Marco en Ronald van de Poppe
  • Construção

    Paul Brouwer (Brouwer&Kok ), Rob Nijsse(ABT)
  • Pesquisa

    Delft Universidade Tecnológica; Frederic A. Veer, Faidra Oikonomopoulou, Telesilla Bristogianni
  • Comissão de Estética Municipal

    Welstand; Charlotte ten Dijke, Ellis van den Hoek, Natasja Hogen, Patrick Koschuch, Alexander Pols, Gus Tielens, Marcel van Winsen, Pepijn Diepenveen
  • Cliente

    Warenar Real Estate Amsterdam, Holanda
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto Crystal Houses do MVRDV iniciou com o pedido de Warenar para projetar uma loja âncora combinando a herança holandesa e a arquitetura internacional em Hooftstraat, uma rua com lojas de luxo em Amsterdã, que fora anteriormente residencial. Os arquitetos do MVRDV queriam fazer uma representação dos edifícios originais e encontraram uma solução através do uso extensivo do vidro. As fachadas de vidro imitam os edifícios originais, sobre as camadas de tijolos e os detalhes dos caixilhos das janelas, mas são esticadas verticalmente para cumprir com as leis de zoneamento atuais e para permitir um aumento do espaço interno. Tijolos de vidro se estendem até a fachada da Crystal Houses, se dissolvendo em uma fachada de tijolos terracota tradicionais nos apartamentos (conforme estipulado nas regras de estética da cidade), que parece estar flutuando acima do piso comercial.

Diagrama
Diagrama

O desenho visa fornecer uma solução para a perda de natureza local em zonas comerciais em todo o mundo. O aumento da globalização do varejo levou à homogeneização das ruas comerciais de luxo. A Crystal Houses tem uma grande vitrine que as lojas contemporâneas precisam, mantendo seu caráter arquitetônico e sua individualidade, resultando em uma loja âncora que busca se destacar entre as outras.

© Daria Scagliola & Stijn Brakkee
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee

"Nós dissemos ao cliente: 'Vamos trazer de volta o edifício que vai ser demolido, mas vamos desenvolvê-lo'", explica Winy Maas, arquiteto e co-fundador do MVRDV. "A Crystal Houses abre espaço para uma loja âncora notável, respeita a estrutura do ambiente e traz uma inovação poética à construção de vidro. Ela permite que marcas globais combinem o desejo de transparência com um local tradicional, com herança. Assim, ela pode ser replicada em todos os lugares em nossos centros históricos."

Fachadas
Fachadas

Depois de conceber a ideia inicial do projeto, MVRDV trabalhou em estreita colaboração com uma série de parceiros para desenvolver as tecnologias para torná-lo possível. Os tijolos de vidro sólidos foram fabricados individualmente e trabalhados por Poesia in Resana, perto de Veneza, na Itália. A pesquisa realizada pela Universidade de Tecnologia de Delft, em parceria com a empresa de engenharia ABT e a empreiteira Wessels Zeist, levou ao desenvolvimento de soluções estruturais e técnicas de fabricação de um adesivo transparente com altíssima resistência da Delo Industrial Adhesives na Alemanha, para cimentar os tijolos sem a necessidade de uma argamassa opaca.

© Daria Scagliola & Stijn Brakkee
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee

Cerca de dez especialistas trabalharam todos os dias durante um ano inteiro em um lugar que mais parecia um laboratório do que um canteiro de obras. Devido à sensibilidade dos materiais, um nível extremamente elevado de precisão e habilidade foi necessário e uma equipe de desenvolvimento técnico ficou no local durante todo o processo. Uma vez que esta construção é a primeira de seu tipo, novos métodos e ferramentas de construção tiveram que ser utilizados. Apesar da sua aparência delicada, testes de força feitos pela equipe da Universidade de Tecnologia de Delft provou que o vidro utilizado é, em muitos aspectos, mais resistente que concreto.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

O desenvolvimento de novos métodos de construção trouxeram possibilidades adicionais para a obras futuras, tais como a minimização de resíduos. Na sua essência, todas as peças de vidro são completamente recicláveis. Os materiais residuais do projeto, como os tijolos imperfeitos, foram derretidos e re-moldados, ou totalmente reaproveitados. O mesmo serve para a fachada: uma vez que quando o edifício chegar ao fim da sua vida útil, toda a fachada pode ser derretida para ganhar uma nova vida.

Detalhe
Detalhe

Com uma fachada feita principalmente de vidro, foi importante garantir que as necessidades de energia fossem fornecidas através de fontes renováveis. Portanto, o edifício foi projetado em torno de uma bomba de calor geotérmica, com tubos até 170 metros de profundidade, permitindo uma climatização interna ideal durante todo o ano.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

A loja é opera atualmente para a marca francesa Chanel, que retornará mais tarde para sua localização anterior na rua Hooftstraat, também de propriedade da Warenar.

© Daria Scagliola & Stijn Brakkee
© Daria Scagliola & Stijn Brakkee

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Crystal Houses / MVRDV" [Crystal Houses / MVRDV] 29 Abr 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/786437/crystal-houses-mvrdv> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.