O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Argentina
  5. Marchisio Nanzer
  6. Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer

Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer

Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer
Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer, © Sosa Pinilla
© Sosa Pinilla

© Sosa Pinilla © Sosa Pinilla © Sosa Pinilla © Sosa Pinilla + 13

  • Projeto e Coordenação Técnica

    Mariela Marchisio, Cristián Nanzer
  • Cálculo Estrutural

    Jorge Palandri
  • Construtor

    Adrián Molina
  • Estrutura Metálica

    Fabián Aimar
  • Mais informações Menos informações
Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer, © Sosa Pinilla
© Sosa Pinilla

Descrição enviada pela equipe de projeto. Aos pés do Cerro Uritorco, levanta-se esta residência de pedra e concreto com a vontade de ser um dispositivo através do qual se pode contemplar o espetáculo da paisagem mutante da montanha.

O retorno

Talvez o grande tema desse projeto seja o retorno, dos meus pais ao seu povoado de infância, um retorno que não é circular a lembranças e fantasmas, ainda que, as vezes, inevitáveis quando nos colocamos abertos à busca da origem e da identidade como plataforma para fundar o que virá e a deriva, ir ao encontro das outros pontos de vista, dos caminhos perdidos e não transitados.

Planta
Planta

Deleuze e Guatari expressam: "as vezes ocorre que velhice nos dá, não uma juventude eterna, mas uma liberdade soberana, uma necessidade pura na qual se goza de um momento de graça entre a vida e a morte, e na qual todas as peças da máquina encaixam para enviar uma mensagem ao futuro que atravessa as épocas". *

© Sosa Pinilla
© Sosa Pinilla

O projeto foi desenhado e redesenhado inúmeras vezes até alcançar uma ideia simples: a gravidez da matéria deveria ser escavada até propiciar o espaço desse acontecimento, o cenário necessário para o momento da graça. A distribuição funcional acompanha esse conceito, foram deixados apenas os limites indispensáveis para o desenvolvimento das atividades domésticas e, o restante dos espaços se funde em um só. É assim que a residência se transforma em um muro perfurado para observar o Uritorco e sua paisagem circundante, um muro que serve à contemplação, que surge como uma falha de natureza artificial na crista de uma colina e, como todo artifício, não esconde seu gesto desajeitado e imperfeito frente à outra natureza: a de movimentos infinitos e rituais cíclicos.

© Sosa Pinilla
© Sosa Pinilla

Soletrar os Muros

Todos os muros, de alguma forma, são textos incompletos e rescritos continuamente pelo azar das marcas e signos que o rigor do tempo vão imprimindo e que a rotação da luz decifra. 

Elevação
Elevação

Em Córdoba há muitos muros assim, esse texto de pedra está no que se tornou o muro da Compañia de Jesús, que termina na rua Caseros, intrigante quando recebe a luz do sol do oeste, com esse pôster em uma das pontas que diz "porta do céu". Ou esse outro, da Igreja San Francisco sobre a rua Bs. As., que, se olhado com atenção, parece um mural de Tâpies, manchado com antigas pátinas pretas de humidade, sempre em transformação. Talvez  ter essas imagens em mente ao traças o projeto, seja o fator que expõe os materiais escolhidos em seu estado natural, para que as marcas do clima serrano dêem o acabamento final a eles.

© Sosa Pinilla
© Sosa Pinilla

Optou-se por dois tipos de pedra, uma cinza do leito de um rio próximo, para o corpo principal da casa, que se encontra com tábuas horizontais e recebeu um preenchimento de concreto, deixando todos os sinais do processo à vista, as folhas de madeira, a pedra, as linhas de óxido vermelho dos níveis das juntas. Gostamos de pensar que, de alguma forma, os muros da casa conformam uma desterritorialização do leito do rio, um rio vertical, onde o concreto se expressa como um líquido estático. Em contraste, um muro de pedra vermelha de uma pedreira local define o limite doméstico das áreas externas sem nunca tocar a casa, como uma ruína. Isso foi tudo, para mais li Romilio Ribero, talvez um dos melhores poetas de Córdoba, possuidor do dom de interpretar os ásperos mistérios da paisagem serrana. Seria possível dizer que foi um projeto que teve intensa vontade de existir.

* Gilles Deleuze – Felix Guattari “¿Qué es la filosofía ?” Editorial Anagrama – Barcelona 1993-

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Marchisio Nanzer
Escritório
Cita: "Residência em Capilla del Monte / Marchisio Nanzer" [Casa en Capilla del Monte / Marchisio Nanzer] 12 Fev 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/782014/residencia-em-capilla-del-monte-marchisio-nanzer> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.