O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Visitantes
  4. Espanha
  5. Tejedor Linares & asociados
  6. 2010
  7. Centro de Visitantes do Teatro Romano de Málaga / Tejedor Linares & asociados

Centro de Visitantes do Teatro Romano de Málaga / Tejedor Linares & asociados

Centro de Visitantes do Teatro Romano de Málaga / Tejedor Linares & asociados
Centro de Visitantes do Teatro Romano de Málaga / Tejedor Linares & asociados, © Fernando Alda
© Fernando Alda

© Fernando Alda © Fernando Alda © Fernando Alda © Fernando Alda + 21

  • Arquitetos

  • Localização

    Calle Alcazabilla, Málaga, Málaga, Espanha
  • Arquitetos Responsáveis

    Tejedor Linares & asociados, Antonio Tejedor Cabrera, Mercedes Linares Gómez del Pulgar
  • Ano do projeto

    2010
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Pedro Lobato Vida, Víctor Baztán Cascales, Antonio Alba Molina
  • Promoção

    Consejería de Cultura. Junta de Andalucía
  • Construção

    Hermanos Campano S.L.
  • Desenhos

    Tejedor Linares & asociados
  • Mais informações Menos informações
© Fernando Alda
© Fernando Alda

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Teatro Romano de Málaga é um monumento protegido localizado na encosta de uma fortaleza Espanho-Moura de Alcazaba e poucos metros do Palácio da Alfândega, que logo abrigará o Museu de Málaga. Se a conservação e restauração do Teatro é um alvo central deste grande planejamento de patrimônio cultural, não é menos importante a integração com os edifícios restantes da cidade e com a vida urbana. O Centro de Visitantes é projetado como o primeiro passo para incorporar definitivamente o Teatro Romano nos novos espaços públicos gerados na parte posterior ao Museu de Picasso. Desta maneira, o Centro está inserido em um grande eixo cultural que cobre a Rua Alcazabilla e que passa entre a Casa de Picasso, a Alcazaba, o Museu de Málaga e o Museu de Picasso. Antiguidade e modernidade, passado e futuro estão resumidos simbolicamente em menos de um quilômetro de rotas urbanas.

© Fernando Alda
© Fernando Alda
Corte
Corte
© Fernando Alda
© Fernando Alda

O abstrato, leve e isento ocupa uma posição lateral que não interfere na visão de nenhuma parte do Teatro, e ao mesmo tempo estabelece sua relação com os edifícios de maior volume na Rua Alcazabilla. O Centro de Visitante é formado como uma porta de entrada para o terreno, como um ponto de afirmação e atração para o vistante.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Do ponto de vista da aparência dos edifícios, os materiais básicos são dois: painéis planos baseados em resinas térmicas acabados em madeira que envolve a parte frontal, a cobertura e a rampa de acesso ao Teatro, um material escolhido para conferir uma aparência de leveza para o cubo; e vidros serigrafados que estabelecem uma relação única e direta com os vestígios arqueológicos, sendo ao mesmo tempo uma janela para contemplação e uma reflexão para sua cor. No interior, que receberá a exposição do museu, o pavimento do piso é em placas de madeira de iroko. No exterior, a parede de contenção de concreto colorido e a pedra calcária cor creme se integram perfeitamente com as tonalidades do solo que estão aparentes nas ruínas do Teatro, da colina e das paredes da Alcazaba.

© Fernando Alda
© Fernando Alda
Implantação
Implantação
© Fernando Alda
© Fernando Alda

A aparência de leveza e autonomia da caixa que parece sobrevoar sobre o nível arqueológico é reforçada pelo uso de vidro serigrafado com uma superfície em bronze que reúne as leis da Prefeitura Romana de Malaca no último século e pelo uso da madeira que remete à natureza provisória. O texto em latim, fora do contexto do seu apoio inicial em bronze, se transforma em uma textura, em um fundo enigmático que borra a presença da caixa. Mas, ao mesmo tempo, sem cair no excesso de publicidade, a frente em vidro atua como uma chamada para o visitante a conhecer melhor um patrimônio cultural emergente extraordinário.

© Fernando Alda
© Fernando Alda

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro de Visitantes do Teatro Romano de Málaga / Tejedor Linares & asociados" [Visitor Center of the Roman Theatre of Malaga / Tejedor Linares & asociados] 06 Dez 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/778115/cetro-de-visitantes-do-teatro-romano-de-malaga-tejedor-linares-and-asociados> ISSN 0719-8906