O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Reino Unido
  5. Dualchas Architects
  6. 2014
  7. Casa de Praia / Dualchas Architects

Casa de Praia / Dualchas Architects

Casa de Praia / Dualchas Architects
Casa de Praia / Dualchas Architects, © Andrew Lee
© Andrew Lee

© Andrew Lee © Andrew Lee © Andrew Lee © Andrew Lee + 11

  • Engenharia Estrutural

    IPM Associates
  • Consultoria Ambiental

    An Cuilionn Consultancy
  • Consultoria Drenagem

    JIG Environment
  • Construção

    Robbie Gordon / Alastair Fraser, AN Fraser Joinery
  • Mais informações Menos informações
© Andrew Lee
© Andrew Lee

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno está próximo à Mallaig, com vista para as areias brancas de Morar, com as ilhas de Rum, Eigg, Muck, e Canna compondo o cenário ao fundo. Duas rodovias seguem o contorno da costa, deixando uma grande área inclinada entre as duas. O esforço de tornar a área acessível deixou suas marcas, como escavações em excesso da construção das rodovias que foram despejadas em terrenos adjacentes, agora a maior parte coberta pela densa vegetação e árvores que compõem o terreno.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Para lidar com as condições do local, a casa de férias consiste em dois volumes empilhados com pontos focais perpendiculares. O primeiro pavimento em balanço estabelece uma conexão distinta com a paisagem distante, enquanto o piso térreo abaixo cria uma visão focada do terreno.

Planta Térreo
Planta Térreo

Para a fundação da casa em solo natural, o piso térreo foi afundado no nível de entrada. Isto confere uma aparência de um volume de apenas um pavimento, quando é visto a partir de trilha de acesso. Dois longos muros de contenção externos, em ambos as laterais da casa, moldam o terreno circundante que se inclina suavemente em direção a casa, fazendo com que os locais de vegetação exuberante se tornem o foco para as aberturas dos quartos.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

No primeiro pavimento, que compreende todas os espaços de caráter mais público, as aberturas são inversas. As paredes laterais são completamente fechadas, direcionando as vistas dos visitantes em direção ao abundante cenário externo. Isso cria uma contradição: ao eliminar o limite entre os quartos privados e o terreno, o pavimento inferior se torna um espaço coletivo, enquanto que ao privatizar o pavimento superior com limites dominantes, a paisagem ao longe se torna uma parte inerente dos espaços coletivos.

Planta Primeiro Pavimento
Planta Primeiro Pavimento

O exterior do edifício é tratado com o mesmo princípio. Um edifício com duas águas é universalmente compreendido como uma tipologia rural. Esta casa é despida de seus atributos de esteriótipos e o primeiro pavimento está disposto sobre o pavimento térreo recuado, permitindo a forma vernacular se torne o único foco. Como resultado, a questão do uso do edifício permanece sem resposta para os curiosos, com o contraste entre o natural e o artificial, reforçado pela densa vegetação do entorno.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

A casa está protegida por painéis de madeira. Com tubulações eliminadas, a água da chuva corre controlada como uma cortina recuada das janelas dos quartos. A quantidade de luz que penetra a casa através das paredes envidraçadas e aberturas zenitais atuam para manter a atmosfera do edifício diversa, com o exterior se tornando mais dominante quanto mais escuro o interior é mantido.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Todas as paredes internas e externas são brancas e continuam a envoltória negando o acabamento dos espaços internos. A absência de materiais proporciona um quadro branco no interior, dando dominância à luz natural à medida que é projetada em todas as paredes, espelhada nos pisos laqueados. Nas paredes externas, a forma do edifício é moldada como uma sombra em constante mudança ao longo do dia.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Uma casa de férias essencialmente se diferencia de uma residência permanente no que diz respeito ao período de estadia. Esta casa captura essa intersecção de ser parte de um local e cria seu próprio ambiente ao mesmo tempo.

Quanto de edifício é necessário para se habitar um lugar?

Daniel Bär

Ver a galeria completa

Cita: "Casa de Praia / Dualchas Architects" [Beach House / Dualchas Architects] 05 Out 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/773780/casa-de-praia-dualchas-architects> ISSN 0719-8906