O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Reino Unido
  5. WT Architecture
  6. 2014
  7. O Moinho / WT Architecture

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

O Moinho / WT Architecture

O Moinho / WT Architecture
O Moinho / WT Architecture, © Andrew Lee
© Andrew Lee

© Andrew Lee © Andrew Lee Cortesia de Wil Tunnell © Andrew Lee + 17

Cortesia de Wil Tunnell
Cortesia de Wil Tunnell

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Moinho encontra-se entre uma série de edifícios agrícolas em desuso, que estão em uma colina com vistas a um vale de fronteira com a Escócia. Ainda que próximo às cidades, a localização é muito remota, com vistas abertas a leste e oeste para o vale. O programa do projeto era transformar o edifício do moinho para criar uma casa moderna, de descanso no campo, que conservasse grande parte de seu caráter histórico.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Os espaços deveriam ser simples, utilitários e duradouros, com vistas demarcadas em todas as direções. Os dormitórios podiam ser pequenos, mas o espaço de estar deveria ser maximizado. Ainda que se desejasse uma planta livre de espaços comuns, a cozinha, a sala de jantar e a sala de estar deveriam ter suas identidades próprias. 

© Andrew Lee
© Andrew Lee

A forma longa característica do moinho emergindo da pendente da montanha, cria uma posição que chama a atenção e é exposta no terreno, o que oferecia uma solução arquitetônica dentro dos muros originais. A cobertura e os pisos originais precisavam de um profundo reparo, motivo pelo qual o edifício de madeira isolado foi encaixado dentro da estrutura existente. 

© Andrew Lee
© Andrew Lee

O comprimento e a orientação das paredes de pedra originais do edifício do moinho permitiram a esta nova estrutura estender-se até encima, por cima da parte superior das paredes, formando uma grande claraboia de vidro. A luz pode se estender até os espaços inferiores e é possível apreciar vistas panorâmicas mais amplas. O extenso corte transversal do comprimento do lote permite que se aproveite o deslocamento vertical através do edifício, e ao meio nível as mudanças de cota entre os espaços articulam a planta, que de outra forma seria livre, da cozinha, sala de jantar e sala de estar.

Planta Piso
Planta Piso

A porta de entrada original foi reutilizada, dando acesso a uma sala de ladrilhos alinhados. Esta, abre-se a um salão-sala de jantar com referências à sala de estar principal. Uma escadaria de passos largos conduz ao meio nível da cozinha, que se abre a um espaço de jardim através de grandes portas em uma abertura que, originalmente, permitia o acesso de carga. A sala de estar principal está meio nível acima da sala de jantar, com uma nova janela retraída na espessura da parede, que atua como mirante ao vale. Um banheiro e o dormitório de serviço estão enterrados no extremo norte, parcialmente subterrâneo em relação ao edifício. No piso superior, existem três dormitórios que são acessados por uma escada a oeste e um que se acessa pela escada a leste, o que permite um espaço de pé direito duplo entre eles, para que entre luz no térreo.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Os muros originais foram consolidados e reparados com pedras locais, e foram refinados com argamassa de cal. Qualquer nova abertura na alvenaria foi sustentada por aço galvanizado e a nova estrutura de madeira revestida em madeira preta, ficou subordinada às paredes originais.

Planta Piso
Planta Piso

Internamente, as paredes foram revestidas com compensado de madeira, com um núcleo de gesso. Os pisos são de tábua de pinho e concreto polido.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
WT Architecture
Escritório
Cita: "O Moinho / WT Architecture" [The Mill / WT Architecture] 20 Ago 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/772132/o-moinho-wt-architecture> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.