O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. Itália
  5. Laboratorio Permanente
  6. 2013
  7. O Jardim Coberto / Laboratorio Permanente

O Jardim Coberto / Laboratorio Permanente

O Jardim Coberto / Laboratorio Permanente
O Jardim Coberto / Laboratorio Permanente, © Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

© Luca Santiago Mora © Luca Santiago Mora © Luca Santiago Mora © Luca Santiago Mora + 18

  • Colaborador

    Stefano Dalmiglio
  • Engenharia Estrutural

    Pietro Boerio Engineering
  • Supervisão Local

    Vittorio Pietri Engineering
  • Engenharia Mecânica e Elétrica

    RB Studio
  • Empreiteira

    Impresa Pietro Carsana
  • Mais informações Menos informações
© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

Descrição enviada pela equipe de projeto. O jardim coberto é a extensão de um jardim de infância privado, resultado da doação da família Recordati, em Correggio Emilia, província de Reggio Emilia, região que inovou na relação entre didática e arquitetura como uma marca registrada.

Planta Baixa
Planta Baixa

O projeto, do escritório Laboratorio Permanente, ocupa uma porção do jardim da escola. Por esta razão, todo o projeto centra-se na criação de uma nova estrutura que, através de diferentes estratégias, compensa essa ocupação: construindo uma cobertura acessível e, em parte, verde; criando grandes aberturas faceando as árvores do jardim existente; introduzindo um pátio com árvores no coração do edifício. O objetivo do projeto foi promover uma relação constante da nova estrutura com o exterior.

© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

Mesmo mantendo as crianças em ambientes fechados, a estrutura aparenta ser parte integrante do jardim. O uso generoso do vidro torna as paredes perimetrais quase completamente transparentes. Partes da fachada são recuadas do limite da estrutura, criando varandas e "bow windows" que permitem aos usuários desfrutarem de vistas privilegiadas aos espaços abertos, agradáveis, mesmo durante os meses de inverno.

© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

Na cobertura, acessível através de uma escadaria exterior, há outra área ao ar livre disponível para as crianças, com o intuito de devolver o espaço tomado do jardim.

A cobertura foi concebida como um sistema acessível de "ambientes", onde as crianças podem realizar diversas atividades: criar um pomar; brincar nas diferentes texturas criadas pela instalação dos diferentes pisos e sentar no banco de madeira ajustado para seus tamanhos. Na floreira ao longo de todo perímetro, plantou-se o arbusto Verbenaerbena bonariensis).

Diagrama 1
Diagrama 1

A estratégia de distribuição organizacional do interior foi desenvolvida com o diretor acadêmico e propõe uma superfície o mais livre possível, com pontos de vista e aberturas internas de um ambiente ao outro. No interior do edifício não há pilares e a organização estrutural está resolvida nas bordas para manter uma geografia flexível do espaço interno.

© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

O pátio central é pintado em azul, onde foram plantadas duas macieiras (Malus Evereste). Ele funciona como um poço de luz, um caleidoscópio de cores e aromas, capaz de trazer luz natural, mesmo no núcleo do edifício. A extensão abrange uma área de cerca de 400 metros quadrados, distribuídos num único pavimento. Compreende duas seções realocadas, dois banheiros, uma área de dormir e um refeitório.

Diagrama 3
Diagrama 3

A estrutura é feita de concreto armado, tendo sido objeto de um estudo cuidadoso de engenharia sísmica, efetuado por um técnico de estruturas de acordo com a legislação em vigor, bastante restritiva. O revestimento vertical é feito em madeira de pinho e vidro e protegida por grandes cortinas de cores laranja, amarela e vermelha, que protegem do sol excessivo no verão e que, se fechados, criam jogos divertidos de transparência com a vegetação do jardim.

© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

A iluminação natural é confiada às janelas perimetrais, o pátio, o concreto e a claraboia de vidro que ilumina a área dos banheiros. A iluminação artificial é feita principalmente através de elementos suspensos faceando o teto.

© Luca Santiago Mora
© Luca Santiago Mora

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Laboratorio Permanente
Escritório
Cita: "O Jardim Coberto / Laboratorio Permanente" [The Covered Garden / Laboratorio Permanente] 10 Ago 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/771477/o-jardim-coberto-laboratorio-permanente> ISSN 0719-8906