Villaggio Save The Children / Argot ou La Maison Mobile

Villaggio Save The Children / Argot ou La Maison Mobile

© Marco Menghi© Delfino Sisto Legnani© Marco Menghi© Delfino Sisto Legnani+ 24

  • Equipe De Projeto:Luca Astorri, Riccardo Balzarotti, Rossella Locatelli Matteo Poli
  • Equipe Do Projeto Do Pavilhão:Hiroyuki Kakiuchi, Riccardo Radaelli, Eleonora Schiavi, Ayaka Suzuki
  • Oficina De Construção:Argot ou La Maison Mobile - Mezzo Atelier, Martina, Alessandra, Giulia, Hesham, Gasem, Bashir, Afrim, Giulio, Emiljano, Egli, Andi
  • Projeto Paisagístico:Melania Bugiani
  • Produção / Direção De Arte:Accapiù S.r.l.
  • Projeto Lumínico:Metis Lighting
  • Cidade:Milão
  • País:Itália
Mais informaçõesMenos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. Na ocasião da Expo 2015, Save the Children Italia Onlus apresenta um pavilhão que poderia ser definido adequadamente como uma "aldeia", um ambiente doméstico e receptivo que configura um lugar ideal do mundo onde a ONG geralmente opera.

© Delfino Sisto Legnani
© Delfino Sisto Legnani

Uma sequência de ambientes sem paredes e barreiras mas em diálogo com o entorno e com os demais pavilhões.

© Marco Menghi
© Marco Menghi

Um espaço que é permeável e aberto, onde a paisagem externa é parte integral do mundo interno, assim como o território é uma parte importante da vida das famílias e comunidades nos países onde Save the Children opera.

Planta do térreo
Planta do térreo

Save the Children Village for Expo2015 foi concebido a partir de uma pesquisa de materiais comuns, como madeira e chapas metálicas e um piso feito de concreto e terra, com o objetivo de recordar as cores e o calor dos territórios distantes. 

© Delfino Sisto Legnani
© Delfino Sisto Legnani

Uma aldeia onde também encontramos o tema da "autoprodução": os painéis perimetrais feitos de madeira de pinho e bambu foram produzidos em um workshop por crianças de diversas partes do mundo que fazem parte do programa “Civico Zero”.

© Delfino Sisto Legnani
© Delfino Sisto Legnani

O projeto paisagístico externo foi concebido para receber, guiar, entreter e educar o público: experiências vegetais trazem consigo estórias, cereais de origens antigas, árvores e um pequeno jardim remetem aos loteamentos comunitários que são muito importantes para os programas do Save the Children.

Detalhe 2
Detalhe 2

Adultos e crianças descobrem a aldeia através de instalações interativas que são, ao mesmo tempo, educativas e divertiras. Podemos observar e tocar os objetos que os trabalhadores comunitários usam diariamente, podemos imergir nessas imagens e sons.

© Delfino Sisto Legnani
© Delfino Sisto Legnani

A exposição fala sobre o trabalho da ONG a partir do tema principal da Expo, seguindo seus três eixos principais: Nutrição/Desnutrição/Emergência.

© Marco Menghi
© Marco Menghi

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Viale 7, 20157 Milão, MI, Itália

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Villaggio Save The Children / Argot ou La Maison Mobile" [Villaggio Save The Children / Argot ou La Maison Mobile] 02 Ago 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/771093/villaggio-save-the-children-argot-ou-la-maison-mobile> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.