O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Ciências
  4. Polônia
  5. Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne
  6. 2013
  7. Parque Tecnológico e Científco Lublin / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne

Parque Tecnológico e Científco Lublin / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne

  • 17:00 - 22 Julho, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Parque Tecnológico e Científco Lublin / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne
Parque Tecnológico e Científco Lublin / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne, © Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

© Marcin Czechowicz © Marcin Czechowicz © Marcin Czechowicz © Marcin Czechowicz + 19

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

Descrição enviada pela equipe de projeto. 1. História

A construção do Parque Tecnológico e Científico de Lublin foi feita com base no projeto selecionado no concurso de arquitetura organizado em 2003 pelo investidor - Lublin Voivodship. Cada um dos cinco módulos foi construído e financiado a partir de outros fundos (Lublin Voivodship, UE).

Planta de Situação
Planta de Situação

2. Localização

O Parque está situado no perímetro de Śródmieście (distrito central) em meio aos edifícios industriais na futura área econômica que receberá equipamentos relacionados ao desenvolvimento e inovação. Toda a área econômica especial que está sob os cuidados das instituições de ensino superior de Lublin abrange cerca de 10 hectares. O edifício está situado transversalmente a esta área e é parcialmente aberto para futuro parque.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

3. Localização Geográfica

O projeto foi construído em uma área vazia, sem qualquer contexto. O seu plano e forma foram subordinados às futuras instalações da zona econômica especial. Módulos individuais construídos na encosta criam um corpo funcional. A topografia do terreno faz da entrada um lugar perfeito para organizar exposições, feiras ou celebrações.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

Do outro lado do prédio, o hall da recepção é igualmente configurado como espaço de exposição aberto para o parque. Por causa da topografia natural do terreno - a inclinação em declínio para o norte - e as relações com as futuras instalações, os módulos de dois andares foram construídos sob uma base de entrada. Os acessos leste-oeste e em direção a entrada principal da cidade foram moldados na forma de passagens que conectam os módulos. As vias de acesso e os estacionamentos foram projetados no lado norte, leste e sul.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

4. Funcionalidade

A construção, que levou 8 anos, mudou várias vezes os pressupostos funcionais da competição original do projeto arquitetônico.

Módulo 1: contém laboratórios de implementação e salas de formação.

Módulo 2: contém três salas multifuncionais, cada uma para 140 pessoas. Os espaços podem ser unidos, abrindo suas paredes, a fim de criar um ambiente para 420 pessoas.

Planta Baixa -01
Planta Baixa -01

Módulo 3: módulo principal constitui a área de exposição de dois andares. O hall de entrada dispõe de recepção e o nível inferior abriga exposições temporárias, onde parte do salão é dedicado ao café.

Módulo 4 e 5 contém laboratórios de inovação que são compartilhados entre as instalações de ensino superior de Lublin: Maria Skłodowska Curie-University, Lublin University of Technology e University of Life Science. Estes módulos também abrigam o bar para todos os trabalhadores e convidados.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

5. Estrutura

O edifício foi construído em torno dos jardins internos, que formam as passagens e conectam os diferentes espaços. A exceção é o módulo 2 - espaço de exposição, que é organizado de tal forma que as salas utilizam toda a profundidade do módulo. A topografia natural da área influencia a estrutura do edifício e a construção dos espaços. O zoneamento dos módulos de laboratório dividido entre espaços funcionais (laboratórios) e espaços de serviço (salas técnicas) nos permite substituir os aparelhos técnicos de acordo com o desenvolvimento da tecnologia. Paredes transparentes permitem a permeabilidade visual sobre o prédio. No módulo 3 - o hall de entrada e espaço de exposição são abertos ao sul - a sala de exposições na praça de entrada constitui o corredor externo do edifício. O edifício é coeso e direcionado para dentro. 

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

6. Materiais 

O edifício foi feito através de quatro materiais baratos e ecológicos: concreto, vidro, aço preto e madeira de carvalho. As superfícies externas e internas são deixadas em estado bruto, concreto, enquanto madeira oleada confere calidez ao espaço.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

Acessibilidade no Projeto:

1. O edifício situa-se próximo ao futuro parque e a futura zona econômica especial. Os arquitetos levaram em consideração as passagens existentes e previstas no bairro. A construção do edifício mistura-se com a topografia do terreno, de modo que a terra escavada não precisa ser transportada para fora da área de construção. Os módulos internos estão posicionados em torno dos jardins. Este espaço acolhedor, com bancos e percursos para caminhadas, permite que os funcionários dos laboratórios relaxem dentro do complexo, sem a necessidade de deixar seus locais de trabalho.  A vegetação do pátio inclui plantas perenes, ervas locais e outras espécies endêmicas.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

Graças aos jardins, os laboratórios, salas de aula e salas de exposição recebem uma grande quantidade de luz natural.

2. Como foi citado, o edifício foi feito de quatro materiais naturais: concreto, aço, vidro e madeira (principalmente carvalho). Estes materiais são locais, baratos e de fácil reciclagem.

Planta Baixa 00
Planta Baixa 00

3. O esquema de cores do edifício é composto pelos tons naturais dos materiais utilizados. Concreto, Tektalan - isolamento térmico com camada de lascas de madeira nas paredes - e madeira  no chão para criar uma atmosfera acolhedora e calorosa. A expressão formal do espaço contribui para que este ambiente se torne uma espécie de 'ermitério' para os cientistas - pesquisadores e trabalhadores educacionais. A atmosfera, o espaço e o esquema de cores incentivam a concentração no trabalho científico. O revestimento das paredes, com o uso da madeira, proporciona isolamento acústico apropriado.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

4. O sistema de informação do edifício, suas marcações e placas de informação visual em cada módulo proporcionam um fácil deslocamento pelo espaço e uma comunicação rápida. O principal lugar, que cumpre a função informativa, é o hall de entrada.

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

5. Todos os detalhes da construção são funcionais. Possivelmente os detalhes mais simples e mais baratos: trilhos, escadas e paisagismo têm forma mínima. Detalhes de madeira e concreto são agradáveis para o contato diário e até mesmo para o toque.

6. O edifício é de fácil acesso, não é fechado com uma cerca e tem um espaço recreativo semi-aberto - espaço de exposição em frente à entrada principal e visível de longe. 

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

Esta praça entrada abriga exposições externas e projetos artísticos. Hastes elevadas seguram as placas temporárias com informações sobre exposições e projetos. 

© Marcin Czechowicz
© Marcin Czechowicz

O interior é integrado com o espaço exterior. O hall de entrada junta-se com os caminhos, tornando-o acessível para pessoas com mobilidade reduzida. Não há limiares ou diferenças de níveis, todas as rampas de acesso possuem um declive adequado.

A partes de dois pavimentos está equipada com elevador para pessoas com deficiência, o que lhes permite acessar a parte mais elevada (laboratórios) ou as rampa de acesso, que também são um elemento espacial da exposição. Todo o equipamento dos sanitários: toaletes, bacias, titulares, etc. tem tamanho e altura adequada; todos os interruptores e reguladores são acessíveis para pessoas com deficiência física. 

Os arquitetos desenharam também trocadores de bebês com o equipamento acessível necessário. O edifício foi projetado para fornecer um espaço confortável, amigável e acessível aos trabalhadores e convidados.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Parque Tecnológico e Científco Lublin / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne" [Lublin Science And Technology Park / Stelmach I Partnerzy Biuro Architektoniczne] 22 Jul 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/770611/parque-tecnologico-e-cientifco-lublin-stelmach-i-partnerzy-biuro-architektoniczne> ISSN 0719-8906