O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Segundo lugar no concurso para Moradia Estudantil da Unifesp São José dos Campos / Projeto Paulista de Arquitetura

Segundo lugar no concurso para Moradia Estudantil da Unifesp São José dos Campos / Projeto Paulista de Arquitetura

Segundo lugar no concurso para Moradia Estudantil da Unifesp São José dos Campos / Projeto Paulista de Arquitetura
Segundo lugar no concurso para Moradia Estudantil da Unifesp São José dos Campos / Projeto Paulista de Arquitetura, Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

segundo lugar - são josé dos campos

Competição : Concurso Nacional para a Moradia Estudantil da Unifesp
Premio : Segundo Lugar - São José dos Campos
Projeto :
Autores : Luis Mauro Freire, Marcelo Ursini e Maria do Carmo Vilarino, Daniel Chun, Felipe de Paula Chaves e Zula Matias, São José dos Campos - SP, 2014

Apresentamos a seguir o projeto selecionado como 2° Pré-Classificado no Concurso Nacional para a Moradia Estudantil da Unifesp em São José dos Campos, desenvolvido pelo escritório Projeto Paulista de Arquitetura. Veja na sequência algumas imagens e a descrição pelos autores da proposta.

Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura + 15

Dos arquitetos: O projeto busca criar oportunidades de convívio entre o ser humano e o meio ambiente, promovendo oportunidades de contemplação, passeios, meditação e encontro.

Considerando esse aspecto, optou-se por implantar os edifícios de moradia ao longo de uma das laterais do terreno, disposição que enfatiza o suave aclive do relevo, a fim de configurar uma grande área ajardinada que estabelece continuidade visual e física com as áreas de APPs vizinhas. Esta área ajardinada se estende sobre a cobertura do edifício de vivência, transformada em praça mirante, permitindo visuais sobre todo o campus universitário.

Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

Afirmação na paisagem

Optou-se por implantar o conjunto de moradias direcionando as visuais dos edifícios às belas vistas panorâmicas do entorno e garantindo orientação norte e leste para os dormitórios. Mas buscou-se principalmente a constituição de um conjunto arquitetônico integrado, que se afirmasse na paisagem e traduzisse a ideia de moradia coletiva. A criação de uma rota privilegiada de pedestres é feita ancorada pela disposição linear do conjunto. Essa rota inicia-se no centro de vivência (cota 585), espaço de uso coletivo geral caracterizado por um pátio descoberto de onde se observa todas as atividades presentes no edifício. Neste pátio, uma escada-arquibancada, proposta para abrigar público para pequenas apresentações, interliga o centro de vivência à praça ajardinada (cota 589,20) e aos térreos em pilotis das edificações residenciais. Os pilotis abrigam os espaços de uso coletivo intermediários (terraços, estudos e estares dos moradores) e interligam os três acessos verticais dos edifícios, constituindo uma rua coberta de circulação e encontro no nível da praça, e possibilitam a conexão física e visual com as APPs vizinhas. A circulação de acesso aos dormitórios nos andares superiores passa a participar e animar a praça, transformando o que seria uma simples conexão num passeio elevado.

Implantação. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Implantação. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

A rua que delimita de um dos lados o grande jardim configura uma rota secundária de uso compartilhado entre veículos, pedestres e bicicletas, e articula os três acessos que servem ao lote: a da rua projetada prevista na parte alta do terreno, cota 595, onde se prevê o estacionamento de visitantes pela ligação mais direta com a cidade; do acesso ao centro esportivo do Campus, previsto na cota 590; e da rua projetada na cota inferior do terreno, cota 585, por onde se acessa os demais edifícios da universidade.

Organização das moradias

Uma única tipologia resolve todas as habitações, havendo alterações somente no arranjo dos quartos e no seu comprimento (mais curto no caso da moradia de casais) para atender aos requisitos de área. Os espaços de uso coletivo imediato (copa-estar e sanitários), foram tratados como espaços de franca relação com a circulação coletiva através de grandes áreas envidraçadas. Dessa forma as circulações transformam-se em extensões do estar, em terraços oportunos para a permanência. Os dormitórios configuram uma zona privada, dispostas no fundo da unidade e com visuais mais preservadas. As unidades para pessoas com necessidades especiais localizam-se ao lado da circulação vertical no primeiro andar dos edifícios e possui mesmo arranjo das demais unidades.

Desenhos das unidades. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Desenhos das unidades. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

A distribuição das moradias (quartos individuais, duplos ou quarto família) foi organizada por faixas: O edifício sobre o centro de vivência abriga as moradias com quartos individuais e pequena faixa com moradias de quartos duplos. O bloco seguinte, que enfrenta as curvas de nível, abriga somente unidades de quartos duplos. A lâmina disposta na cota mais alta do terreno, por estar mais resguardada, abriga os apartamentos de estudantes casados.

Linguagem arquitetônica

Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

A expressão do edifício evidencia as estratégias de conforto ambiental passivo que foram empregadas, buscando alta performance ambiental e de economia de energia.

Os dormitórios são orientados para norte e leste e possuem proteção solar através de venezianas móveis; na circulação coletiva brises fixos em chapa expandida oferecem proteção às áreas com pequenos bancos de estar, e todos os ambientes tem acesso à iluminação natural e ventilação cruzada.

Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

As coberturas dos edifícios foram tratadas como teto-jardim. No centro de vivência foi pensada como cobertura verde intensiva funcionando como acumulador de água destinada à reuso na irrigação das áreas verdes. Na cobertura do edifício laminar utilizou-se cobertura verde extensiva, visando a proteção térmica do edifício.

Exceto nas áreas molhadas e na divisão das unidades, onde a alvenaria facilita a estanqueidade acústica e passagem das instalações, as demais divisórias serão de gesso acartonado.

Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

O emprego de estrutura convencional de concreto armado, com vãos de 7.70m x 7,00m, e balanços de 2m, além de baratear a construção pelo emprego de vãos econômicos, define lajes que podem ser facilmente readaptadas para outros usos conforme a necessidade pela disposição da estrutura na periferia das unidades. A pequena altura das peças estruturais permite entrepisos menores, gerando alta economia no volume de materiais.

Corte B. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura
Corte B. Image Cortesia de Projeto Paulista Arquitetura

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Segundo lugar no concurso para Moradia Estudantil da Unifesp São José dos Campos / Projeto Paulista de Arquitetura" 14 Mai 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/766771/segundo-lugar-no-concurso-para-moradia-estudantil-da-unifesp-sao-jose-dos-campos-projeto-paulista-de-arquitetura> ISSN 0719-8906