O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Pavilhão
  4. Estados Unidos
  5. design/buildLAB
  6. 2014
  7. Casa do Campo Sharon / design/buildLAB

Casa do Campo Sharon / design/buildLAB

Casa do Campo Sharon / design/buildLAB
Casa do Campo Sharon / design/buildLAB, © Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

© Jeff Goldberg/ESTO © Jeff Goldberg/ESTO © Jeff Goldberg/ESTO © Jeff Goldberg/ESTO + 95

  • Arquitetos

  • Localização

    The George Washington and Jefferson National Forests, Sharon School Circle, Clifton Forge, VA 24422, EUA
  • Professores Responsáveis

    Marie Zawistowski, Keith Zawistowski
  • Equipe de Estudantes

    Landon Williams, Molly Vaughan, Mitchell August, Ryan Myers, Julia Vasquez, Xiao Fu, Ellie Burns, Forrest Bibeau, Mykayla Fernandes, Kellen McGinley, John Iaconis, Chanel Carter-Harris, Barbara Dior, Nancy Redenius, Tom Powers
  • Ano do projeto

    2014
  • Fotografias

  • Engenharia Estrutural

    Setareh Structural Engineering
  • Instrutores da Fabricação de Aço

    Jeffrey Snider, Matthew Tolbert
  • Consultor de Código

    SMBW, PLLC
  • Engenharia Civil

    VA Tech Sustainable Land Development Initiative
  • Topografia

    Vess Surveying
  • Proprietário

    Clifton Forge Little League
  • Mais informações Menos informações
© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Descrição do Programa

O design/buildLAB é um programa de aprendizagem experimental centrado na pesquisa, desenvolvimento e aplicação de métodos construtivos inovadores e projetos de arquitetura. Os estudantes colaboram com as comunidades locais e especialistas da indústria para conceber e construir obras de arquitetura que são tanto educacionais como de caridade. As aspirações do programa são, simultaneamente, reforçar o conhecimento e as habilidades necessárias para a prática bem sucedida e significativa dos estudantes de arquitetura e apoiar os esforços de desenvolvimento de comunidades em dificuldades, enriquecendo a qualidade do seu ambiente construído.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Ao enquadrar a oportunidade para estudantes de arquitetura fazerem a diferença na vida de uma comunidade, o design/buildLAB mostra aos alunos o impacto positivo que a arquitetura pode trazer, inspirando-os para uma maior ética profissional.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Descrição do Projeto

O projeto implanta-se numa encosta definida por uma série de campos de beisebol. Ele marca o terreno como uma incisão linear que atravessa o mesmo e funciona como um eixo principal de circulação de pedestres. O edifício é fissurado em três elementos para permitir a circulação do lote e tecer o caminho nos espaços ocupados e em torno. A entrada é um arranjo de enormes degraus de concreto, servindo como um trajeto divertido e um espaço informal de encontro. Os espaços dentro da incisão são delineados por painéis verticais de aço que ventilam e variam em densidade para criar diferentes níveis de intimidade. Portas monolíticas pivotantes aumentam a consciência ao passar da extrema abertura do lote à intimidade dos banheiros e a entrada da cozinha. O vidro laminado branco banha os espaços interiores com luz natural. Aninhado entre a cozinha e os banheiros, um pavilhão sombreado desliza para fora da linha, oferecendo um local de repouso com vista para o campo. A abertura dos painéis permite a ventilação, bem como as vistas para as montanhas. Os espaços do pavilhão direcionam-se ao campo por uma série de terraços de estar gramados, convidando os espectadores a sentar e desfrutar dos jogos. À medida que a incisão atinge o floresta, na borda do lote, dissolve-se suavemente para um brejo que filtra a água pluvial. À noite, pontos de luz branca emergem como uma constelação no teto de madeira. Nesta rica paisagem natural, as formas transparentes e detalhes sutis impregnam a arquitetura com uma presença calma, uma atmosfera mágica para reuniões da comunidade.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Colaboração

A Casa do Campo Sharon é um empreendimento de caridade que foi projetado e construído por 15 estudantes de Arquitetura do design/buildLAB da Universidade Virginia Tech. Após estudarem a cidade e trabalharem com a comunidade para desenvolver um programa, todos os 15 alunos fizeram proposições individuais de projeto. Essas propostas, iterativamente foram fundidas sendo que, dessa forma, todos os estudantes contribuíram com ideias para a discussão. Era imperativo, de uma perspectiva pedagógica, não escolher somente um dos "esquemas". Em vez disso, todos os alunos colaboraram para desenvolver o projeto final.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Consciência Social

Clifton Forge, Virginia, é representativa de muitas cidades americanas anteriormente prósperas, que vem lutando para sobreviver com as indústrias, as quais alimentaram os seus crescimentos, mas continuam a abandoná-las. Escondida dentro de um pequeno vale ao longo do Rio Jackson, essa cidade, na Trilha Apalache, enfrenta desafios urbanos graves. Lojas desertas, casas vazias e infraestrutura decadente contribuem para um sentido subjacente de abandono. Com uma renda familiar média combinada de U$ 30.000 por ano, Clifton Forge demanda instalações recreativas e culturais para expandir as oportunidades para seu próprio futuro.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Esse foi um projeto totalmente feito por voluntários e empresas de construção para uma pequena organização sem fins lucrativos. Foi conduzido por 15 estudantes de graduação organizados, uma equipe de consultores profissionais e uma equipe de voluntários da comunidade, todos com a aspiração de engendrar um senso renovado de lugar ao introduzir uma arquitetura cívica vibrante.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Da perspectiva da formação do aluno, o projeto se esforça para reforçar o conhecimento e as habilidades necessárias para a prática bem sucedida e significativa de Arquitetura, abordando questões de consciência social, liderança comunitária, colaboração, construção de consensos e sustentabilidade ambiental.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

A partir de uma perspectiva de desenvolvimento econômico, o projeto demonstra as potencialidades dos recursos disponíveis localmente. Em parceria com as indústrias locais incipientes para fabricação dos componentes de construção relativamente complexos, lojas de aço se expandiram para a produção em CNC, os fabricantes de treliça perceberam que suas linhas de produção existentes permitem a personalização em larga escala e serrarias têm encontrado novos mercados em marcenarias da região.

Planta Baixa
Planta Baixa

De uma perspectiva de desenvolvimento da comunidade, a energia, criatividade e empenho demonstrados pelos alunos substituiu o desespero por coragem e implicou às pessoas se envolverem na revitalização de sua própria comunidade. Entre os muitos benefícios desta comunidade-sala de aula está a afirmação do pensamento de projeto no "place making": a educação dos arquitetos sobre o valor do público e a educação do público sobre o valor da Arquitetura.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Gestão Ambiental

O projeto assume a posição de que a gestão ambiental não é nem um bem nem uma estética; ao contrário, mas um valor subjacente a toda boa arquitetura. Essa posição sustenta que os problemas ambientais de nossa época são questões de descartabilidade e consumo exagerado, que não serão resolvidos ao consumirmos mais produtos, independentemente do quão "verde" esses possam demonstrar que são.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

A Casa do Campo Sharon aborda liderança ambiental através da durabilidade cultural e física. O projeto surgiu de uma necessidade de longo prazo claramente identificada para uma instalação de recreação para a juventude e foi construída principalmente a partir de materiais de longa vida útil de origem local e testes de tempo detalhados. Aço carbono e vidro são fabricados em fábricas locais e são 100% recicláveis. Carvalho branco, entre as mais densas e resistentes das madeiras Apalaches, foram serradas de maneira sustentável, próximas ao local. Sistema hidráulico de baixo consumo, luminárias LED e ventiladores inteligentes limitam o uso de água e energia elétrica. Uma vala (ou pântano) garante que a água da chuva retorne lentamente ao lençol freático. E, finalmente, o ângulo e a densidade dos painéis solares aumentam de leste para oeste, a fim de convidar o sol da manhã a adentrar, abrigando-se do sol quente da tarde.

© Jeff Goldberg/ESTO
© Jeff Goldberg/ESTO

Pré-fabricação

A pré-fabricação é central para a abordagem educativa do design/buildLAB, pois permite que um único grupo de estudantes lidere um projeto, desde a concepção à realização, e experimente a totalidade do processo de fazer arquitetura. Os estudantes pré-fabricaram a grande maioria dos componentes construtivos do projeto na VA Tech, enquanto empreiteiros locais conduziram o trabalho no terreno. Isto permitiu que as fases de construção, que geralmente acontecem em sequência, aconteceram simultaneamente. A eficiência de trabalhar num ambiente controlado foi essencial para alcançar o cronograma de um ano letivo. Os componentes de construção pré-fabricados foram montados no local com um guindaste. No total, os estudantes pré-fabricaram e montaram a estrutura em menos de cinco meses.

Perspectiva Axonométrica Explodida da Estrutura
Perspectiva Axonométrica Explodida da Estrutura

O projeto é construído a partir de quatro componentes principais, cada um num material diferente: base em concreto, telas de aço carbono, forro de painéis de madeira e envelope de vidro laminado branco. Os desenhos para todos os elementos de cada um dos componentes foram extraídos de um modelo de computador, facilitando a pré-fabricação precisa e eficiente fora do local.

Imagens da Construção
Imagens da Construção

Todas as fôrmas de concreto foram pré-fabricadas e transportadas ao local para despejar concreto nos terraços varanda, paredes de canto, escadas e lajes. As estruturas metálicas inclinam-se e as telas foram pré-soldadas usando uma série de gabaritos e aparafusadas na posição, permitindo que o quadro seja facilmente montado, de maneira eficiente. Os resíduos dos grandes elementos estruturais foram reutilizados para fabricar mobiliários, como mesas de piquenique e uma ilha de cozinha. Os painéis trapezoidais do telhado de madeira foram comprados e montados, içados até o local e aparafusados na estrutura de aço. O envelope de vidro translúcido foi feito em painéis, abrigados, codificados e cortados previamente para minimizar o desperdício e agilizar a instalação no local.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
design/buildLAB
Escritório
Cita: "Casa do Campo Sharon / design/buildLAB" [Sharon Fieldhouse / design/buildLAB] 12 Mai 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/766401/sharon-fieldhouse-design-buildlab> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.