Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Clássicos da Arquitetura: Casa Modernista da Rua Bahia / Gregori Warchavchik

Clássicos da Arquitetura: Casa Modernista da Rua Bahia / Gregori Warchavchik

Imagem via arquivo.arq.br Imagem via arquivo.arq.br Imagem via Enciclopédia Itaú Cultural Imagem via Arcoweb + 27

Dois blocos prismáticos justapostos lateralmente através de uma parede comum elevam-se sobre um declive de onze metros. Deslocam-se entre si e definem alturas diferentes. O mais alto deles ultrapassa um pavimento em relação ao outro. Mede cinco metros e vinte centímetros por dez metros e quarenta centímetros, e incorpora um volume prismático secundário, alinhado à sua face frontal, ampliando-a dois metros e dez centímetros. Configura-se um volume opaco, branco, de poucas e pequenas aberturas laterais distribuídas com pouca regularidade. Uma abertura única marca a fachada da rua: uma seteira translúcida de nove metros de altura por um metro e vinte centímetros de largura atravessa os três pavimentos iluminando o percurso da escada interna.

Imagem via Arcoweb
Imagem via Arcoweb
Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br

O bloco mais baixo está recuado dois metros e vinte e cinco centímetros na fachada de acesso. Uma marquise marca os limites do retângulo criado pelo recuo e define uma varanda que antecede a porta principal. Na fachada oposta, voltada ao declive, o bloco avança um metro e meio em relação ao mais alto, e define a face principal dessa fachada. Um quarto pavimento semienterrado surge abaixo dos demais. O declive do terreno ainda conduz a outros dois platôs inferiores de jardins, conectados por escadas laterais. Nessa fachada, o bloco menor é perfurado por duas aberturas horizontais que percorrem toda sua largura interna, sete metros e quarenta centímetros. No pavimento semienterrado, aparecem três aberturas menores que dividem igualmente a extensão total das anteriores. No topo do bloco, utilizando todo seu perímetro, há um grande terraço acessado através do bloco mais alto.

Planta Pavimento Térreo. Image Imagem via arquivo.arq.br
Planta Pavimento Térreo. Image Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br

De forma similar à marquise de acesso na fachada voltada para a rua, duas marquises partem alinhadas à face mais avançada da fachada de fundos e avança em ângulo reto pela lateral do bloco mais alto. Criam dois níveis de terraços, um aberto e outro coberto, e o recinto da garagem no pavimento inferior. Dois pilares complementares localizados nos vértices das marquises configuram em conjunto com elas um volume reticulado que se ajusta aos dois blocos principais.

Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br
Imagem via arquivo.arq.br

Tão simples quanto pode parecer: o edifício não é mais que o jogo geométrico entre dois volumes brancos, planos que formam terraços, marquises e paredes entre eles, e linhas de pilares isolados, que aparecem ainda na marcação dos caixilhos das esquadrias.

Imagem via Enciclopédia Itaú Cultural
Imagem via Enciclopédia Itaú Cultural
Axonométrica. Image Imagem via arquivo.arq.br
Axonométrica. Image Imagem via arquivo.arq.br

* A denominação oficial da casa é Residência Luiz da Silva Prado.

São Paulo, Brasil

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: Igor Fracalossi. "Clássicos da Arquitetura: Casa Modernista da Rua Bahia / Gregori Warchavchik" 04 Abr 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/764864/classicos-da-arquitetura-casa-modernista-da-rua-bahia-gregori-warchavchik> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.