O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Hotel
  4. Portugal
  5. Pedro Campos Costa
  6. Hotel Ozadi / Pedro Campos Costa

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Hotel Ozadi / Pedro Campos Costa

Hotel Ozadi / Pedro Campos Costa

 

Hotel Ozadi / Pedro Campos Costa, © José Campos
© José Campos
  • Arquitetos

  • Localização

    Tavira, Portugal
  • Equipe de Projeto

    Pedro Campos Costa, Verónica de Mello, Silvia Bechi, Giulia Castelarin, Werner Peruzzo, Nuno Pereira , Ana Isabel Fernandes, Gonçalo Pacheco, Katarzyna Augustyniak e Daniela Figueiredo
  • Fotografias

© José Campos © José Campos © José Campos © José Campos + 66

  • Interiores

    Lara Matos e Verónica de Mello
  • Engenharia Estrutural

    Miguel Lourenço JSJ estruturas
  • Iluminação

    Paula Rainha
  • Cliente

    Gracer, SA
© José Campos
© José Campos

A reabilitação é um termo da medicina que se reporta ao processo global e dinâmico orientado para a regeneração física e psicológica do ser humano. Em arquitetura está associado ao  processo crítico de aferição dos elementos essenciais, dos que devem permanecer, dos que devem ser removidos e dos novos, as próteses, que poderão ser adicionados. As intervenções seguem duas opções: a recuperação arqueológica de mimetização do que foi no passado e a contemporânea por confronto com realidades do presente. O objetivo foi o da busca pelo equilíbrio entre o existente e o contemporâneo. O edifício foi desenhado nos anos 70 e tem características que me interessou manter e que influenciaram o desenho dos novos elementos. Entendo os edifícios não como elementos estáticos mas como estruturas vivas que interagem sobre nós e são parte da experiência quer ao nível do programa quer da sua expressão estética.

© José Campos
© José Campos

Não existe uma inspiração onírica. O processo é pouco linear e o desenho final é resultado de diversos momentos de projeto com diversas intersecções com o cliente. 

Corte
Corte

O fundamental da nova estrutura é a preocupação pelo conforto, tanto na esplanada como no espaço lounge. A madeira foi um material que emergiu desde o primeiro momento, muito ligado a uma procura de relação com a envolvente próxima, até mesmo com a própria árvore que se localiza ao seu lado. O edifício procura encontrar o terreno e a envolvente de forma equilibrada e harmoniosa sem deixar de afirmar a sua personalidade e o seu carácter,  numa proposta espacial inovadora. Esse foi o desafio determinante para afirmar a eficácia arquitetônica na busca de uma nova proposta de valor do produto turístico.

© José Campos
© José Campos

Nos anos 20 e 30, a indústria estava muito entusiasmada com o arquiteto e as possibilidades que em conjunto podiam construir. Hoje a indústria está de costas voltadas, pouco interessada em soluções inovadoras e mais interessada na repetição de soluções standard. Esta situação obriga os arquitetos a serem constantemente confrontados com catálogos, escolhas standard e impossibilitados de desenhar soluções. Sempre que podemos ou conseguimos tentamos fazer pontes com a indústria, com os empreiteiros, com os carpinteiros, serralheiros ou canteiros, para criarmos em conjunto soluções. Neste caso a cobertura é uma hiperbolóide em madeira, uma figura geométrica que permite vão grandes com menos material, e onde os travamentos são todos a distâncias diferentes. As grelhas de ensombramento foram desenhadas para o edifício. O concreto permite a consola de 6 metros em direção à piscina.

Detalhe
Detalhe

Tentamos sempre ter muito, muito cuidado com a escolha dos materiais. A espacialidade e o conforto dos ambientes são projectados por nós de tal forma a que a luz tenha muita importância, e o material é fundamental nesta ideia de espaço. Outro caso exemplar desta abordagem é a extensão do Oceanário de lisboa, em que a peça de cerâmica da fachada, desenhada e desenvolvida para este edifício, tem um papel fundamental no desenho da luz no seu interior e exterior.

© José Campos
© José Campos

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Pedro Campos Costa
Escritório
Cita: "Hotel Ozadi / Pedro Campos Costa" [Ozadi Hotel / Pedro Campos Costa] 25 Dez 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759483/hotel-ozadi-pedro-campos-costa> ISSN 0719-8906