O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edificios Públicos
  4. Luxemburgo
  5. Dominique Perrault Architecture
  6. 2008
  7. Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias / Dominique Perrault

Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias / Dominique Perrault

  • 11:00 - 20 Dezembro, 2014
  • Traduzido por Arthur Stofella
Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias / Dominique Perrault
Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias / Dominique Perrault, © Georges Fessy
© Georges Fessy

© Georges Fessy © Georges Fessy © Georges Fessy © Georges Fessy + 33

Descrição enviada pela equipe de projeto. Convidado à criar uma nova extensão que triplicasse a capacidade do Tribunal de 50000 m² para 150000 m², o desafio de Perrault não foi somente aumentar o espaço, mas também dar harmonia a uma edificação que já havia sido estendida três vezes. Inaugurado em 1973, quando a Comunidade Européia possuía somente seis países membros, o Tribunal de Justiça foi ampliado em 1988, 1993 e 1994. Da forma que Perrault a viu, o desafio do esquema possuía três vertentes: funcional, urbana e institucional.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

Primeiro, o Tribunal exigiu um adicional de 100000 m² para abrigar mais de 2000 juízes, funcionários e tradutores. Depois, expansões sucessivas, com projetos por vezes contraditórios, precisava que fosse racionalizado e que reunisse a função como um todo. Era, portanto, necessário não só criar um espaço extra, mas unificar o conjunto, criando um edifício que parece mais como uma "injeção" harmoniosa do que uma quarta extensão. Em terceiro lugar, o esquema de Perrault procurou reforçar a importância simbólica da instituição de prestígio.

A edificação original, feita de aço corten, é escavado, para acomodar as salas de audiência, cercadas por um anel perfeitamente ortogonal que hospeda escritórios, câmaras para os juízes, advogado-gerais, e no Grande Salão da justiça.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

No nível abaixo deste grande volume, a "grande galeria" é reorganizada e ampliada, servindo como uma medula espinhal, para proporcionar a circulação entre as diferentes extensões, bem como para as duas novas torres, que oferecem espaço de escritório para mais de 600 tradutores e juristas trabalhando em 23 idiomas. Com uma altura de 100 metros cada, as novas torres são agora as mais altas de Luxemburgo.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

O vasto espaço ao norte, projetado para ser discreto, cria um importante acesso através de uma grande varanda para o hall de entrada e para as salas de reuniões.

No subsolo, o teto da sala de audiências está revestido com luzes rodeadas por uma malha de alumínio anodizado tingida de ouro, dando à câmara uma atmosfera majestosa e autoritária ao mesmo tempo que proporciona uma sensação lírica e poética.

A qualidade dos materiais da malha de alumínio anodizado cor-de-ouro são um importante componente da nova unidade introduzida nas diferentes extensões. Tem sido empregada durante todo o projeto, para os toldos das duas torres, como uma tela para as câmaras dos juízes, bem como no teto da sala principal do tribunal. O ritmo da malha metálica, a textura deslumbrante, e o alívio de suas dobras conferem uma verdadeira identidade visual para a área do terreno a 76.000 metros quadrados.

© Georges Fessy
© Georges Fessy

Com o esquema de Perrault, o Tribunal é dotado de uma sala principal de audiência, quatro tribunais menores, sede da presidência, dos membros e cartório, escritórios dos tradutores (24.000 m² de duas novas torres), biblioteca , restaurantes, lounges, bancos, parque de estacionamento e uma esplanada de 23.000 metros quadrados.

Além disso, desde 2004, o escritório de Perrault tem se engajado em conduzir um projeto de planejamento urbano, incluindo paisagismo arquitetônico, circulação, transporte e um programa misto para o desenvolvimento de uma entrada para o platô Kirchberg. O objetivo é dar um olhar e um sentimento mais urbano ao Porte de l'Europe, criando um melhor relacionamento entre os diferentes elementos do distrito e dos seus diversos usuários. A obra deve ser concluída em 2020.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Dominique Perrault Architecture
Escritório
Cita: "Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias / Dominique Perrault" [Court of Justice of the European Communities / Dominique Perrault Architecture] 20 Dez 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759202/tribunal-de-justica-das-comunidades-europeias-dominique-perrault> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.