O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. França
  5. 2014
  6. Green Cascade / Atelier de la Passerelle

Green Cascade / Atelier de la Passerelle

  • 13:00 - 15 Outubro, 2014
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Green Cascade / Atelier de la Passerelle
Green Cascade / Atelier de la Passerelle, © Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

© Jérôme Ricolleau © Jérôme Ricolleau © Jérôme Ricolleau Cortesia de Atelier de la Passerelle + 15

  • Gerente de Projeto

    GEBAT
  • Consultoria

    PHILIPPE
  • Consultoria do solo

    FONDACONSEIL
  • Engenharia de construção

    BETICS
  • Concreto Reforçado

    MATTE
  • Consultoria de controle do edifício

    SOCOTEC
  • Saúde, segurança e meio-ambiente

    SOCOTEC
  • Paisagismo

    Anne Gardoni
  • Mais informações Menos informações
© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto inclui 100 unidades habitacionais em um grande terreno de 4.000 metros quadrados no terceiro anel viário de Lyon, na França. Ele ocupa a parte norte de um bloco do subúrbio que caracteriza-se por várias arquitetura de diferentes programas, formas, volumetrias e datas de construção. O projeto toma o lugar da antiga fábrica demolida Keller-Dorian (construída em três etapas, em 1895, 1928 e 1960), que produziu objetos pequenos de metal, especialmente para os rolos necessários na impressão têxtil.

Planta Baixa
Planta Baixa

Observando as normas de planejamento urbano, o sistema propõe uma nova interpretação do bloco urbano, que, com sólidos e vazios alternados, consegue manter a fachada da rua, preservando um átrio interior visível. Este grande esquema é composto de cinco pequenos edifícios colocados em um jardim em camadas. A arquitetura simples e unificada está em sintonia com a atmosfera suave e harmoniosa dos espaços externos.

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O que o cliente diz: Nicolas Ducrohet, Diretor do Programa

O Cogedim Grande Lyon constrói em torno de 450 casas por ano. Green Cascade é um sistema relativamente grande. São 20 apartamentos para a agência de habitação social HMF, 2 são reservados para Habitat & Humanismo, e os restantes 78 são vendidos a particulares. O esquema consiste principalmente em pequenas unidades habitacionais, o que é uma tendência geral no centro da cidade. "As obras foram concluídas muito rapidamente para a reurbanização de primeira classe de um local industrial poluído, com casas de alta qualidade. Os arquitetos conseguiram explorar os regulamentos relativos ao planejamento urbano (Zona "URM"]) e à arquitetura. Tudo foi feito para criar um ambiente de vida que atenda aos critérios de conforto moderno. A escala humana dos edifícios, os seus aspectos, a conexão com o jardim, os módulos da unidade habitacional e as adaptáveis e grandes varandas ensolaradas".

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

1 - Fachada urbana da rua, pátio-jardim interior

Os regulamentos relativos à zona "URM", definida pelo Plano de Desenvolvimento Urbano Local para a área da Grande Lyon, sugere um princípio de uma forma urbana com base em uma concepção inteiramente renovada do bloco urbano. O bloco urbano tradicional está fechado, com fachadas contínuas que criam uma frente linear para a rua, libertando um espaço interior aberto central, cortado da rua. Por outro lado, o princípio da zona de "URM" baseia-se na alternância de construções e de vazios. Dois ambientes característicos respondem e se complementam: o urbano no lado da rua, e paisagístico no átrio interior. A luz natural atravessa toda a espessura construída, proporcionando luz natural a cada pequeno bloco. A outra característica específica das zonas "URM" é que elas permitem a construção dentro do espaço central.

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O sistema é composto por cinco pequenos blocos, dos quais quatro estão localizadas nas três ruas (Rue Antoine Charial, Rue Saint Eusèbe e Rue de l'Espérance), e um edifício baixo com jardim central. A base e um jardim com terraços escalonados foram incluídos devido a uma diferença significativa de nível (4 metros) entre o leste e o oeste.

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O que os vizinhos dizem:

Raphaël viveu na unidade 149 da Rue Charial desde 1985, um pouco acima da entrada para a construção D, que fica na esquina da Rue Charial e Rue Espérance. Ele testemunhou a demolição da primeira parte do Keller-Dorian e a construção do edifício de oito andares em frente. Ele respondeu às minhas perguntas: "É uma boa mudança! Os blocos de apartamentos permaneciam muito baixos em relação ao resto da vizinhança. A cidade está se tornando mais urbana, mas está mantendo a sua natureza". Pragmaticamente, ele acrescentou: "O trabalho de construção foi bem feito. Ele não causou qualquer inconveniente em particular... E a qualidade de construção parece ser muito confiável!"

2 - As habitações hoje: um lugar para misturar

Hoje em dia, os projetos habitacionais de apartamentos são baseados no princípio de fornecer alojamento misto. As unidades habitacionais são divididas em cinco parcelas. Elas são projetadas de acordo com a separação entre atividades diurnas e noturnas. São compostas de ambientes amplos facilmente adaptáveis​ e grandes varandas.

Cortesia de Atelier de la Passerelle
Cortesia de Atelier de la Passerelle

Enquanto os quatro edifícios de frente para as ruas são mais ou menos semelhantes em termos de tamanhos de seus apartamentos, o edifício no átrio interior é baseado em outros princípios. Ele é composto apenas por apartamentos de um único dormitório, acessível através das varandas de acesso e escadas, coberto por um telhado de aço. A fachada do edifício de três pavimentos é composta por uma pele externa de ripas de madeira. Apesar de seu pequeno tamanho, os apartamentos também têm varandas amplas.

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

Em termos de mistura social, a maior parte do sistema é projetado para compradores de sua primeira habitação, incluindo algumas casas subsidiadas. O Edifício A é para imóveis alugados. 

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O que os moradores dizem:

Marie Jane é inquilina de um pequeno apartamento no quinto pavimento, no número 128 da Rue Charial. "Esteticamente, eu gostei desses diferentes edifícios. Os espaços entre os blocos me lembram um edifício antigo, separados por jardins. O acabamento de madeira vai bem com o jardim refinado, com árvores e plantas que são raras em Lyon". Léna vive em um apartamento de dois dormitórios no andar térreo do Edifício C: "Tendo mudado de casa dezenove vezes, posso dizer que estes apartamentos são muito bem desenhados. Nossa varanda é muito agradável, de frente para o sul, sem edifícios olhando para ela. As grandes janelas oferecem vistas sombreadas externas, mantendo o interior muito legal. O isolamento acústico contribui para o conforto que você não tem em edifícios antigos."

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

3 - Jogando com poucos efeitos

Neste contexto, os arquitetos optaram por um esquema que é discreto e sem ostentação. O estilo arquitetônico e as formas são simples. "O espaço é luxo" é um conceito que garante o conforto dos ocupantes. O esquema usa poucos materiais, mas materiais de alta qualidade que são cuidadosamente aplicados com atenção aos detalhes.

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

Os edifícios são compostos por três camadas. Em primeiro lugar, uma base de concreto com um acabamento texturizado molda os elementos verticais, dando-lhes um efeito visual dinâmico. Em segundo lugar, o piso térreo suporta o corpo principal do edifício, constituído por dois pisos de concreto. Em terceiro lugar, estes pisos são cobertos por uma única cobertura de dois pavimentos, cujas paredes externas são cobertas com ripas de madeira dispostas verticalmente, de modo que haja 50% de vazios e 50% de sólidos, para cumprir com os regulamentos de incêndio. 

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O que os artistas dizem:

Elisabeth Berthon e Chloé Lecoup, artistas do Morse Felt Studio, criaram quatro obras que foram colocados nos halls de entrada dos edifícios. Feito com feltro, os painéis foram montados em quadros de diferentes tamanhos, todos eles são variações sobre o mesmo tema. Eles integram-se perfeitamente no esquema com a sua cor, maciez e material vegetal, em harmonia com a cor dos pisos, paredes e caixas postais. O feltro é o mais antigo tecido do mundo. 

Cortesia de Atelier de la Passerelle
Cortesia de Atelier de la Passerelle

4 - O jardim disposto em tiras reflete o padrão de lotes do bairro

O jardim é um dos elementos-chave do projeto. Projetado e estabelecido pela empresa Atelier Anne Gardoni, é organizado em toda a trama de acordo com um princípio de faixas que refletem o layout do bairro suburbano. 

© Jérôme Ricolleau
© Jérôme Ricolleau

O que os arquitetos dizem:

"Quando projetamos este esquema, o usuário foi fundamental para o nosso pensamento. Tivemos em mente o conforto dos usuários e pensamos em como eles vão utilizar este complexo habitacional e que ambiente eles vão observar todos os dias. Em primeiro lugar, estamos construindo um lugar para viver e para a interação." 

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Green Cascade / Atelier de la Passerelle" [Green Cascade / Atelier de la Passerelle] 15 Out 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/755136/green-cascade-atelier-de-la-passerelle> ISSN 0719-8906