O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Capela
  4. Bélgica
  5. a2o architecten
  6. 2014
  7. Conversão da Capela Clarenhof / a2o architecten

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Conversão da Capela Clarenhof / a2o architecten

  • 16:00 - 27 Agosto, 2014
  • Traduzido por Isabela Costa
Conversão da Capela Clarenhof / a2o architecten
Conversão da Capela Clarenhof / a2o architecten, Cortesia de a2o architecten
Cortesia de a2o architecten

Cortesia de a2o architecten Cortesia de a2o architecten Cortesia de a2o architecten Cortesia de a2o architecten + 20

Descrição enviada pela equipe de projeto. Em 6 de junho de 2004 o Colettine Poor Clares desocupou o edifício. O antigo convento fechado, situado na Guffenslaan em Hasselt, está ausente do cenário da rua. Seus prédios estão escondidos atrás de um muro de 4 metros de altura. As instalações fortificadas estão divididas em quadrângulos. Os edifícios foram posteriormente levantados em torno destes pátios. A parte sul contém o complexo do convento fechado. A parte norte contém a capela e a secção do convento que está aberta aos visitantes.

O projeto é caracterizado por um elevado grau de austeridade. O número de materiais de construção é limitado. As técnicas de construção mostram uma simplicidade rigorosa: sem linteis ou pisos de concreto, mas com vãos feitos de arcos elípticos, ou piso de tábuas de madeira, decoradas com motivos referentes à tapeçaria. Tudo está submerso em uma atmosfera modéstia, simples, até mesmo com uma certa pobreza. Um método de construção que definiu alma do complexo de edifícios.

Cortesia de a2o architecten
Cortesia de a2o architecten

Na busca por um novo uso para o convento, o tema 'assistência medica' foi a escolha deliberada. Uma extensão secular do "cuidado contemplativo" que as irmãs sempre representaram. Hoje, o complexo é um centro residencial e de cuidados com a saúde, com apartamentos de serviço e áreas de reunião pública, como a capela reformada, a nova 'sala de estar' do centro de assistência de saúde.

Todo o complexo é encapsulado em uma atmosfera de paz e tranquilidade. O novo projeto é baseado na importância dos jardins murados e, assim, mantém a estrutura espacial do local. Continuando a partir da antiga galeria do convento, os usuários passam pelas partes recém-construídas. A circumambulação é clara e facilmente reconhecível. A caminhada é estendida igual e logicamente nos jardins dos pátios. A luz natural acessa os corredores indiretamente através de claraboias e decorações a céu aberto nos muros.

Cortesia de a2o architecten
Cortesia de a2o architecten

Esta nova perambulação cria dois novos jardins, em torno dos quais os dormitórios para assistência foram situados. O conceito garante que todos os quartos tenham vista para os jardins. A relação imediata e totalmente aberta entre os dormitórios e os jardins, resulta em uma experiência especial. Há uma abundância de luz natural em todos os dormitórios. Os jardins do pátio são fundamentais para a experiência. O projeto do jardim tem como objetivo modificar-se com as estações do ano: cor e cheiro, sombra e luz. Experiências sensoriais e estimulação leve para os idosos que vivem aqui.

Toda a nova parte de dentro dos muros do convento tem fachada de madeira. Sem criar um forte contraste com os edifícios existentes, a intervenção é, no entanto, reconhecível. O antigo e o novo foram associados de forma adequada.

As instalações foram ampliadas. Novos edifícios encostados na parede externa do convento foram adicionados. O novo volume contém os apartamentos de serviço. As unidades de serviço são empilhadas como células individuais, uma referência às células do antigo convento.

Corte
Corte

O novo volume do edifício tem forma de U, e a sua localização cria outro jardim no pátio. Este jardim é elevado acima do nível da rua e marca a fronteira natural com a área pública. Ele aumenta a sensação de privacidade.

O local mais adequado para cada função do centro de assistência médica foi encontrado no complexo do convento existente. As fronteiras entre público, semi-público e privado derivam logicamente da situação existente e criam intersecções que podem ser utilizadas para reuniões dentro de um ambiente protegido. O projeto e os materiais utilizados estão em consonância com a linguagem formal do convento anterior e mantém a atmosfera de segurança e silêncio exemplificada pelo Colettine Poor Clares.

Cortesia de a2o architecten
Cortesia de a2o architecten
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Conversão da Capela Clarenhof / a2o architecten" [Conversion of Clarenhof Chapel / a2o architecten] 27 Ago 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/626066/conversao-da-capela-clarenhof-a2o-architecten> ISSN 0719-8906