O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Cultural
  4. China
  5. CutscapeArchitecture
  6. 2014
  7. Casa de chá na muralha vermelha da Cidade Proibida / CutscapeArchitecture

Casa de chá na muralha vermelha da Cidade Proibida / CutscapeArchitecture

Casa de chá na muralha vermelha da Cidade Proibida / CutscapeArchitecture
Casa de chá na muralha vermelha da Cidade Proibida / CutscapeArchitecture, © Wang Yi
© Wang Yi

© Zhang Hetian © Wang Yi © Wang Yi © Wang Yi + 24

  • Arquitetos

  • Localização

    Pequim, China
  • Arquitetos responsáveis

    Hong ZHANG, Hetian ZHANG
  • Equipe de projeto

    Cheng ZHANG, Hongbin PAN, Cheng LIAN, Ziyue LIU, Penghao AN, Jihua SUN, Jie JING, Xiaowei HAN
  • Área

    280.0 m²
  • Ano do projeto

    2014
  • Fotografias

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa de Chá na muralha vermelha se localiza dentro do Palácio Cultural do Povo, antigamente usado como um templo real, a sudeste da Cidade Proibida. O muro do palácio no lado leste do templo envolvia a Cidade Proibida como um segundo anel, servindo como um símbolo de divisão de classes sociais na China antiga - hoje representa apenas uma barreira espacial que separa o jardim imperial do resto da cidade. Durante as transições modernas, danos não relatados levaram abaixo a porção norte do muro.

© Chen Su
© Chen Su

O projeto de renovação trata precisamente da parte onde o muro se rompeu. Dois armazéns deteriorados foram deixados no local, um anexado ao muro imperial e outro implantado cerca de três metros de distância do primeiro. Como uma reação imediata de projeto, removeu-se  a cobertura do primeiro armazém para revelar o muro do palácio. Então, um conjunto de salas de chá independentes, de estrutura metálica, foram instaladas no meio do "jardim destelhado", criando pátios entre as estruturas novas e antigas. 

© Wang Yi
© Wang Yi

A casa de chá consiste em sete salas únicas arranjadas quase como na forma de células em divisão. Os visitantes adentram através de portas e janelas existentes no muro de tijolos, chegando em um ambiente onde novas estruturas emergem como células metabolizando a escala urbana. No limiar onde o sublime jardim real encontra o austero cotidiano urbano de Hutong, o gesto urbano é instável, mutante, em constante adaptação. A cerimônia do chá é apenas a atividade básica; eventos sociais ocasionais, como exposições de arte, leilões para caridade, festivais, etc., são oportunidades de aproximar os moradores locais do ambiente tradicional, injetando valores modernos no antigo templo. 

Planta do térreo
Planta do térreo

Os principais materiais da fachada, aço inoxidável escovado e painéis de vidro, são instalados em diferentes ângulos, refletindo a crueza do muro do palácio. Os materiais modernos não pretendem estabelecer autonomia, mas se engajar com os materiais antigos. Os interiores das salas de chá recebem acabamentos diversos - painéis de bambu, mármore branco, cobre e tubos de acrílico. Cada sala apresenta um caráter único, dissolvendo a arquitetura em pequenas peças. 

© Wang Yi
© Wang Yi

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Casa de chá na muralha vermelha da Cidade Proibida / CutscapeArchitecture" [The Forbidden City Red-wall Teahouse / CutscapeArchitecture] 21 Mai 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/602200/casa-de-cha-na-muralha-vermelha-da-cidade-proibida-slash-cutscapearchitecture> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.