O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Espanha
  5. elii
  6. 2011
  7. House of Would / Elii

House of Would / Elii

  • 17:00 - 4 Fevereiro, 2013
  • Traduzido por Gica Fernandes
House of Would / Elii
© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán
  • Arquitetos

  • Localização

    Pedrezuela, Espanha
  • Equipe de Projeto

    Uriel Fogué, Eva Gil, Carlos Palacios
  • Colaborator

    Enrico Forestieri
  • Cliente

    Isabel Rodríguez Hurtado
  • Agrimensura

    Samuel Escudero
  • Área

    210.9 m2
  • Ano do projeto

    2011

© Miguel  de Guzmán © Miguel  de Guzmán © Miguel  de Guzmán © Miguel  de Guzmán + 19

© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa está localizada num terreno inclinado de  1,316 m² no distrito de  Pedrezuela, 45 km ao norte de Madri. Há pouca ou nenhuma vegetação na parte do terreno mais perto da rua, no entanto é um bom ponto de vista para a exuberante paisagem natural do entorno.O edifício é feito de sete módulos estruturais simétricos de madeira que estão dispostos em volta de um pátio central. Cada módulo é dedicado a uma situação doméstica diferentem de acordo com suas necessidades funcionais. A estrutura modular, assim como a escala das salas permitem a alteração da sua lógica funcional, funcionando como suporte para possíveis layouts futuros.

© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán

A casa se adapta ao terreno, disposta em camadas de vários ângulos, de acordo com a privacidade necessária: os quartos privados estão escondidos da rua e adaptados com o terreno dando a impressão de estar em contato direto com o terreno. Quanto mais público são os espaços, mais perto da rua eles estão, e vão ganhando altura gradativamente, até que se erguem sobre a paisagem para olhar o horizonte por cima dos outros ambientes. Uma série de pequenas pontes servem como elementos de transição entre as diferentes áreas e acomodam os diferentes níveis de privacidade.

© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán

O conjunto é fechado com uma envoltória de madeira, criando uma fachada ventilada e também o telhado. O pátio central toma parte do jardim da casa. Ele inclui uma cobertura leve que dá leveza à fachada, como uma espécie de lanterna chinesa que envolve o pátio e permite que os membros da casa desfrutem desse ambiente externo. Os telhados em madeira estão dispostos de acordo com uma lei de variação espacial que, de acordo com as regulamentações locais, coleta água da chuva e a direciona para o pátio central para então regar o jardim.

Corte
Corte

Alguém aparece num escritório de arquitetura e declara seu caso: "muitas das minhas memórias mais feliz estão associadas com espaços diferentes, como um container no meio de uma floresta, um chalé de madeira, ou morar em um espaço rodeado por cavalos e outros animais." Algumas dessas experiências, acompanhadas de algumas imagens, fazem parte do passado e de muitos países diferentes. A equipe de arquitetos foi encarregada com o desafio de editar essas memórias espaciais e transferir elas em um novo espaço nos subúrbios de Madri. A casa é um espaço de pós produção de memórias, desejos e experiências. O sistema de edifício industrializado e a montagem dos painéis estruturais de madeira encurtaram os períodos de execução. Hoje em dia há uma porção de terra vazia, mas em menos de duas semanas, terá surgido uma casa.

© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán

o projeto é executado baseado nas leis do sistema de construção, que é baseado na montagem dos kits de peças. O sistema industrializado transfere parte do esforço da construção para a indústria. O programa é organizado em torno do detalhe. Construção se transforma em produção. O sistema modular da casa implica uma organização funcional e flexível que faz possível a alteração da distribuição dos ambientes internos. Arquitetura como um campo de jogo: viver é fazer um movimento.

© Miguel  de Guzmán
© Miguel de Guzmán

Diferentes maneiras de interação com o enredo são apresentados. Das quartos privativos, que estão em contato direto com o ambiente, às áreas públicas, as áreas de representação social, que olham para a paisagem e aproveitam as vistas. Como diz a música, "No tocarte y pasar todo el día junto a ti”, (não te tocar e passar o dia ao seu lado). A organização da casa permite que ela se fragmente em casas menores sem utilizar o edifício inteiro. Uma casa dentro de uma casa. O projeto inclui a construção de um suporte feito de acabamentos primários composto de poucos elementos. O usuário final vai acabar a casa em um momento posterior. A casa em si é o hardware. Práticas diárias são o seu software.

Planta Baixa
Planta Baixa

Ver a galeria completa

Cita: "House of Would / Elii" [House of Would / Elii] 04 Fev 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Fernandes, Gica) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/95215/house-of-would-slash-elii> ISSN 0719-8906