O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Jardim De Infância
  4. França
  5. Hondelatte Laporte Architectes
  6. 2012
  7. Centro de cuidados infantis Giraffe / Hondelatte Laporte Architectes

Centro de cuidados infantis Giraffe / Hondelatte Laporte Architectes

Centro de cuidados infantis Giraffe / Hondelatte Laporte Architectes
© Philippe Ruault
© Philippe Ruault
  • Arquitetos

  • Localização

    Boulogne-Billancourt, France
  • Gerente de projeto

    Virginie Davo
  • Equipe de projeto

    Charlotte Fagart
  • Engenharia

    Studetech
  • Cliente

    SAEM Val de Seine Aménagement
  • Orçamento

    3.744.000€
  • Área

    1450.0 m2
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

© Philippe Ruault © Philippe Ruault © Philippe Ruault © Philippe Ruault + 24

© Philippe Ruault
© Philippe Ruault

Descrição enviada pela equipe de projeto. O centro de cuidados infantis Giraffe está localizado no bloco C1 no distrito de  Seguin Rives de Seine em  Boulogne-Billancourt, uma área suburbana de Paris. O programa abriga um centro de cuidados infantis com 60 leitos e 20 vagas para creches diurnas. O edifício foi premiado com o rótulo verde "zéro Energie Effinergie". Ele está localizado próximo à torre  "Horizons", de Jean Nouvel, na junção entre o bairro "Vieux pont de Sèvres", construído na década de 70, e da nova área chamada de "le Trapeze". A alta densidade desta área dá-lhe um horizonte vigoroso.

© Philippe Ruault
© Philippe Ruault

Para ser integrado à esta paisagem urbana especial, o edifício é composto por três camadas. Cada um dos playgrounds virados para sul está em continuidade com os espaços interiores e é identificado por uma escultura de concreto de um animal única. Vista das torres vizinhas, a seqüência regular de terraços oferece uma « quinta fachada » real para o bairro.

© Philippe Ruault
© Philippe Ruault
© Philippe Ruault
© Philippe Ruault

As fachadas do edifício são feitas de ferro ondulado branco que fornece um fundo mínimo para as esculturas de animais selvagens. A idéia é animar a paisagem urbana usando a imaginação de uma criança. Os animais selvagens apropriam o espaço; uma girafa parece estar tranquilamente comendo as folhas das árvores do parque vizinho, um urso polar tenta subir pelas escadas, enquanto uma família de joaninhas sobe a fachada em uma tentativa de alcançar o pátio interno .

© Philippe Ruault
© Philippe Ruault
© Philippe Ruault
© Philippe Ruault

Arquitetura se transforma em contação de histórias. O edifício muda sua identidade e torna-se uma paisagem em seu próprio direito, uma metáfora para a selva urbana. Os animais e as árvores vinculam o edifício à natureza e movimento. A girafa tornou-se um banner para a creche, uma vez que é visível nos arredores de todos os ângulos. Nós caminhamos através de suas pernas para entrar no edifício. Através de sua forma afável, as esculturas de animais nos convidam a viver nossos sonhos. Estas esculturas lúdicas e de sonho introduzem um pouco de fantasia para a vida rotineira da cidade, a fim de inspirar nossas vidas com um pouco de poesia.

© Philippe Ruault
© Philippe Ruault

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de cuidados infantis Giraffe / Hondelatte Laporte Architectes" [Giraffe Childcare Center / Hondelatte Laporte Architectes] 26 Jan 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/93504/centro-de-cuidados-infantis-giraffe-slash-hondelatte-laporte-architectes> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.