O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa Franz / BAK Arquitectos

Casa Franz / BAK Arquitectos

Casa Franz / BAK Arquitectos
Casa Franz / BAK Arquitectos,  © Gustavo Sosa Pinilla
© Gustavo Sosa Pinilla

O lugar

O projeto  está situado em um terreno de pequenas dimensões que conta com um desnível de quase 3 metros de um lado ao outro e possuí 15 metros de frente e está cercado de pinheiros de grande porte. Entretanto, muito próximo ao local, a vegetação diminui sensivelmente, transformando a preservação dos exemplares existentes no  terreno em um dos condicionantes do projeto.

© Gustavo Sosa Pinilla

O cliente

O pedido dos clientes, um casal com filhos crescidos, foi uma pequena casa de cerca de 80m2, de concreto aparente (como outras casas existentes no local), para ser usada principalmente no verão. Com apenas dois dormitórios de medidas exiguas e um único banheiro, destinando assim, mais superfície a área social, a qual, desejam utilizar para receber  os amigos e os filhos.

A proposta

O desnível abrupto do terreno, a privacidade que ele gera em relação a rua no acesso principal e a necessidade de usufruir plenamente das escassas medidas solicitadas, exigiram do programa de necessidades, áreas mínimas de circulação que fazem deste um projeto singular ao apropriar-se da estética construtiva semelhante aos demais projetos desenvolvidos pelo mesmo escritório em Mar Azul.

© Gustavo Sosa Pinilla

Em resposta a estas exigências, decidiu-se que o mais conveniente era adotar uma solução compacta. O projeto de dois pavimentos, ocupa pouca superfície do terreno, propositalmente – com o intuito de preservar a maior quantidade de árvores existentes. A solução de dois níveis num terreno de grande pendente, permite o contato direto com o terreno de quase todos os ambientes da casa.

A planimetria quadrada, apoiada na pendente subtrai um quarto do volume, criando um espaço exterior semi-coberto de pé direito duplo, que é atravessado por dois pinheiros de grande porte que permitem, por sua escala e disposição em relação as diferentes áreas do projeto, protagonismo na proposta arquitetônica.

© Gustavo Sosa Pinilla

A organização funcional

O acesso à edificação está delimitado pelo espaco semi-coberto de pé direito duplo, ao qual, pode-se,  através de duas grandes aberturas, ingressar à ampla área social que integra em um único espaço a sala de estar, a cozinha, o banheiro e a escada que conduz a área dos dormitórios. A planta possui um de seus lados totalmente enterrado, de forma que foi necessária a criação de uma abertura zenital na planta superior em um dos lados e outra sobre a escada do outro lado para melhor iluminação.

O acesso ao segundo pavimento é uma oportunidade para usufruir da paisagem, que conta com uma das fachadas totalmente vidreada, estimulando a integração do interior/exterior aos  usúarios.

© Gustavo Sosa Pinilla

No segundo piso, um pequeno hall é o distribuidor funcional, com acesso ao banheiro, ao dormitório de hóspedes (que possui vista a semi-cobertura) e ao dormitório principal que se destende a parte mais alta do terreno através de um deck. O terraço, encontra-se elevado em relação a rua e proporciona vistas privilegiadas da paisagem e também resguarda a privacidade.

A casa está construída com três materiais básicos: concreto aparente, vidro e madeira nos decks exteriores. As lajes dos diferentes volumes apoiam-se em paredes e vigas invertidas de concreto e possuem pendentes mínimas para o escoamento rápido da água da chuva.Utilizou-se concreto H21 com um impermeabilizante.

© Gustavo Sosa Pinilla

Os pisos são blocos de concreto alisado separados com juntas de dilatação metálicas. As aberturas são de alumínio anodizado. O sistema de aquecimento utilizado são salamandras, aquecedores à gás engarrafado e aquecedores elétricos.

Mobiliário
Exceto as camas, os sofás e as cadeiras o restante do mobiliário é de concreto e foi realizado em obra.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:BAK Arquitectos
  • Ano: 2010
  • Área construída: 87 m²
  • Área do terreno: 337 m²
  • Tipo de projeto: Residencial
  • Status:Construído
  • Materialidade: Vidro e Metal
  • Estrutura: Concreto e Madeira
  • Localização: Mar Azul, partido de Villa Gesell, provincia de Buenos Aires, Argentina
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitetos: María Victoria Besonías e Luciano Kruk
  2. Colaborador: Leandro Pomies

 

Sobre este escritório
BAK Arquitectos
Escritório
Cita: Joanna Helm. "Casa Franz / BAK Arquitectos" 02 Nov 2011. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/846/casa-franz-bak-arquitectos> ISSN 0719-8906