O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Austrália
  5. Austin Maynard Architects
  6. 2012
  7. Casa Colina / Andrew Maynard Architects

Casa Colina / Andrew Maynard Architects

Casa Colina / Andrew Maynard Architects
Casa Colina  / Andrew Maynard Architects, © Nic Granleese
© Nic Granleese

© Nic Granleese    © Nic Granleese    © Nic Granleese    Cortesia de Andrew Maynard Architects + 33

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto é complexo. Há pouca coisa que seja mais complexa de projetar do que uma casa, no entanto questões fundamentais oferecem para um arquiteto um ponto de partida; onde está o sol? Como podemos capturá-lo no inverno, como o diminuiremos no verão?

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Os estreitos loteamentos que dominam os subúrbios do norte de Melbourne muitas vezes fornecem restrições invencíveis ao acesso solar e, portanto, exigem a produção de ideias pouco ortodoxas para superar essas restrições e convertê-las em oportunidades.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

O local fica de frente para o norte, portanto, renegando o quintal, o espaço principal da família ao ar livre, a sombra ao longo do ano. Nos anos 90, uma extensão de dois andares foi adicionado reduzindo o acesso solar ainda mais, criando espaços profundamente escuros dentro da casa. Uma família de cinco desejava criar uma casa a longo prazo, o que pode satisfazer as exigências de três filhos pequenos e sua transformação lenta em jovens adultos ao longo dos anos.

© Nic Granleese
© Nic Granleese

Em vez de repetir os erros do passado e se estender a partir da parte traseira em uma nova configuração, a proposta era construir uma nova estrutura no limite dos fundos, o extremo sul do bloco, sobre a pegada do que tinha sido, até agora, o quintal dos fundos. A nova estrutura fica de frente para o sol empregando ganho solar passivo. Saturar-se com a luz solar. A nova estrutura fica voltada à casa original. O quintal é agora o centro da casa, ativado pela forma construída em torno dele. A velha casa é convertido em "casa das crianças". A velha casa é como era antes. A parte traseira da estrutura de alvenaria simples, embora espacialmente ligada, não é reorientada, uma face não é deliberadamente aplicada. É deixada honesta e firme. Com um pedaço restrito de "arte de rua", a ser aplicada.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Thomson rua já não prevê a entrada principal da casa. A família agora entra pelo acesso da Stanley Street. A casa original, agora espaço de dormitórios privados, já não tem uma relação típica com a "porta da frente" da Rua Thomson. A casa original, como acontece com a maioria dos blocos estreitos em toda Melbourne, exigia que os visitantes caminhassem por um longo corredor passando pelos quartos para a chegar a sala de estar. Furtivos olhares rápidos em espaços privados escuros sempre ocorrem ao longo da jornada. Na Casa Colina a entrada é reorientada. A cozinha, o centro nervoso, o centro da casa, é o novo ponto de saudação. Além é o parque. Adjacente está o espaço de estar, o pátio e a "casa dos filhos" mais além.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Após a decisão de construir na parte de trás do bloco uma caixa moderna onipresente foi imaginada. Logo surgiu a necessidade de prosseguir a oportunidade para ativar este novo, uma vez sombreada, agora ensolarada fachada. Um lugar ao longo da nova fachada do norte? Talvez uma série de etapas como a Scalinata della Trinità dei Monti? Mas como é que uma sala no sol em etapas. Talvez um declive em vez .... E a casa colina evoluiu / emergiu.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Andrew é da Tasmânia, um lugar dominado pela sua paisagem. A forma construída é secundária e subserviente a paisagem. Melbourne é predominantemente plana. Poderia ser este o porque da arquitetura de Melbourne ser aventureira? Não existe paisagem para confinar, portanto o edifício é livre para se tornar paisagem. Casa Colina é uma resposta a esta possibilidade. Melbourne é plana. Se alguém quiser explorar a possibilidade de deixar em balanço num penhasco (um desejo de muitos arquitetos) é forçado a fabricar essa paisagem. A forma monolítica é tirada da colina e colocada em cima. A celebração do sintético, do manufaturado. Um simulacro de tanto uma paisagem ondulante como da forma arquitetônica pura. Estrategicamente a celebração da arquitetura da forma em balanço puro age de forma pragmática como o beiral de energia solar passiva para o espaço ao ar livre abaixo, cortando sol de verão, ao deixar a inundação sol de inverno dentro. Isso funciona ainda melhor do que pensei que seria.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

O código de projeto Rescode é subvertido e usado como catalisador em vez do compromisso. Construção na parte traseira do terreno requer um caminho de circulação protegido que, por necessidade, gera uma parede ao longo de todo o limite. O código determina que o limite não pode ser totalmente murado, no entanto, pode ser completamente vedado. Uma cerca de 2m de altura foi criada, mas ao contrário da maioria das casas a Casa Colina tem uma cerca de um metro de largura, um corredor num nível mais baixo no local para conseguir altura da cabeça. Este por sua vez, cria uma área de jantar rebaixada. Isso surge na área de estar. A mudança no nível do chão cria um banco para a ZERO WASTE TABLE (mesa com desperdício zero) projetada por Maynard.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Uma visão geral cria muitas reações embaraçosas. Janelas devem estar acima da altura da cabeça, em vez de olhar para os vizinhos. A Casa colina usa isso para sua vantagem. O benefício da estrutura estar no quintal é que ele toma emprestado o paisagismo dos jardins de seus vizinhos. As janelas altas sobre os armários de entretenimento e área de refeições são envoltos em árvores. Internamente tem-se a sensação de que a Casa Colina está envolta por arbustos, em vez de parte do mix do subúrbio.

© Nic Granleese
© Nic Granleese

Aço não só fornece uma solução para a forma arquitetônica explorada, é também o principal material celebrado dentro da pequena paleta estratégica aplicada. O monolito negro é um contínuo de treliças de aço em toda a altura. Os balanços do monólito estão ligados a fundação da colina. A treliça central é comemorado no área de estar. Toda a carga do segundo andar corre pela da deliberadamente frágil tri-post na área de jantar. Os postes de aço escondidos ao lado do balcão da cozinha intuitivamente amarram o monólito, impedindo-o de cair para a frente, em vez de tomar a carga para baixo. A cobertura é revestida com Colourbond branco, usado estrategicamente para reduzir a carga térmica. As bancadas da cozinha são de aço, usado deliberadamente por ser robusto e por lentamente revelar uma linda pátina de envelhecimento. A capa em torno da abertura da Colina é fina, uma placa de aço forte clinicamente aplicada. A porta aqui pivoteia, aparentemente desafiando a gravidade. A escada, as portas e as janelas são todas de aço. Do grande e robusto para o fino e detalhado, o aço tem sido celebrado tanto como uma solução estrutural como estética.

© Nic Granleese
© Nic Granleese

A Casa Colina é muito mais sustentável do que a primeiramente sugere. É uma tentativa deliberada de evitar qualquer estetização das credenciais sustentáveis do projeto. Toda a estratégia era fazer com que a casa no quintal se voltasse para sol e obtivesse desempenhos solares passivos de forma otimizada. Todas as janelas são de vidro duplo e com revestimento de baixa emissão. Madeira compensada com baixo nível de compostos orgânicos voláteis e com goma manchada cultivada de primeira classe alinhando as paredes internas do edifício. O quintal tem eficiência dos recursos de água - o uso de grama sintética com focos de jardim estrategicamente colocados criam áreas densas de plantio, resultando em uma demanda muito pequena de água.

© Nic Granleese
© Nic Granleese

Longas tiras de janelas para o Leste e o Oeste foram equipadas com persianas operáveis. O revestimento da fachada norte é consiste em uma parede inteira das mesmas persianas mecanicamente operadas, oferecendo a opção de controlar a ventilação cruzada e a luz solar. A grama na Colina envolve o piso térreo, em uma camada adicional de isolamento, é um cobertor de telhado térmico, instalado para complementar o isolamento existente da estrutura do edifício por baixo ao mesmo tempo, protegendo a membrana do telhado. Um telhado branco é usado em tudo para aumentar a reflexão solar, de forma sustentável reduzindo o ganho de calor dentro da casa.

Cortesia de Andrew Maynard Architects
Cortesia de Andrew Maynard Architects

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Austin Maynard Architects
Escritório
Cita: "Casa Colina / Andrew Maynard Architects" [Hill House / Austin Maynard Architects] 02 Dez 2012. ArchDaily Brasil. (Trad. Alves, Jorge) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/84109/casa-colina-slash-andrew-maynard-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.