O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Concurso Mercado Distrital do Cruzeiro - 3º Lugar / Arquitetos Associados

Concurso Mercado Distrital do Cruzeiro - 3º Lugar / Arquitetos Associados

Concurso Mercado Distrital do Cruzeiro - 3º Lugar / Arquitetos Associados
Concurso Mercado Distrital do Cruzeiro - 3º Lugar / Arquitetos Associados, Cortesia Arquitetos Associados
Cortesia Arquitetos Associados

Valorizar o passado, problematizar o presente, construir o futuro.

Proposta conceitual para revitalização do mercado do cruzeiro.

Cortesia Arquitetos Associados

O Mercado do Cruzeiro constitui-se em um importante patrimônio para a cidade como último exemplar dos mercados distritais implantados em Belo Horizonte nos anos 70 e como lugar público de referência para a população da região centro-sul.

Cortesia Arquitetos Associados

O reconhecimento de deficiências e problemas de sua atual conformação orienta as propostas de intervenção, a saber:

a) a pequena escala do comércio, de que decorre a falta de sustentabilidade do conjunto atual,  sugere a ampliação da área bruta locável e revitalização do Mercado propriamente dito, assegurando a preservação de seus principais atributos materiais – a grande estrutura – e imateriais – o comércio diversificado característico dos mercados, em oposição à uniformidade dos shopping-centers. Essa ampliação se dá através da criação de lojas-âncora em subsolo, com a escavação parcial sob o próprio mercado preservando integralmente suas estruturas, e pela ocupação dos mezanino sobre as lojas, a serem ocupados com restaurantes e bares, ampliando a atração de público em horários diversificados aos do comércio de feira existente;

Cortesia Arquitetos Associados

b) o entorno adensado e impactado, em especial pela demanda de estacionamento, permite considerar a utilização de potenciais subsolos sob suas áreas livres para ampliar a oferta de vagas, o que tende, por um lado, a minimizar impactos existentes no entorno e, por outro lado, a ampliar a vitalidade pela atração da presença humana no conjunto. Contribuirá ainda para a viabilidade econômica da intervenção através da exploração comercial dos estacionamentos, que pode ser dada em concessão associada à contrapartida da revitalização;

Cortesia Arquitetos Associados

c) a desproporção entre o potencial construtivo da área e a sua atual utilização apresenta uma subutilização do terreno localizado em região de alto valor.  Propõe-se reverter essa situação através da inclusão no complexo de uma torre para exploração comercial, preferencialmente para empreendimento hoteleiro integrado à praça principal do Mercado, com operação independente.

Implantada no recuo do Mercado, preserva suas principais visadas, reorganiza a confusa paisagem da encosta ao fundo, e contribui para a viabilidade econômica da intervenção e do funcionamento futuro do complexo, ao ampliar a presença humana no lugar. Por outro lado, a própria existência do Mercado, revitalizado, constituirá um atrativo para o empreendimento hoteleiro durante e após os eventos de 2014, em uma desejável simbiose;

Cortesia Arquitetos Associados

d) a implantação do Mercado em um único platô na encosta, lindeira a vias de alta declividade, compromete a acessibilidade ao local, que é restrita ao automóvel, o que poderia ser equacionado pela implantação de elevadores de uso público, integrando tanto as infraestruturas do próprio complexo – estacionamentos, Mercado, Praça, Hotel – como todo o entorno – a praça e o bairro, abaixo; a Universidade FUMEC, potencial usuária do estacionamento; o Parque Amilcar Vianna Martins e a Avenida Afonso Pena, acima, como continuidades naturais do espaço público do Mercado;

e) o isolamento do Mercado e a falta de áreas públicas para uso de pedestres e da população residente no entorno, decorrente da utilização de seus afastamentos como estacionamentos, poderiam ser revertidos pela conformação de praça e parque, com equipamentos de lazer e esporte, após a transferência e ampliação dos estacionamentos para o subsolo.

Cortesia Arquitetos Associados

Por fim, esta proposta representa uma oportunidade de viabilizar plenamente o potencial de articulação do território, não plenamente realizado, através da criação de infraestruturas que reforcem o uso público de seus espaços, mitiguem impactos e qualifiquem o entorno, ampliando, requalificando e assegurando um novo e virtuoso ciclo de vida para sua principal estrutura ambiental e seu principal patrimônio: o Mercado.

Cortesia Arquitetos Associados

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Arquitetos Associados
  • Ano: 2011
  • Área construída: 24710 m²
  • Área do terreno: 17650 m²
  • Tipo de projeto: Urbanismo
  • Operação projetual:Revitalização
  • Status:Concurso
  • Materialidade: Vidro
  • Estrutura: Concreto e Metal
  • Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Equipe:

  1. Alexandre Brasil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília, Carlos Alberto Maciel, Paula Zasnicoff

Informação Complementar:

  1. Colaboradores: Pedro MatTos Lodi, Rafael Gil Santos
  1. Resumo de áreas:
  1. Área aprox. do terreno - 17.650 m2
  2. C. Aproveitamento - 1,4
  3. Potencial construtivo - 24.710 m2
  4. Área estacionamento máxima - 24.710 m2 *
  5. Número máximo de vagas - aprox. 990 vagas
  6. *sem a utilização do potencial construtivo
  7. Proposta:
  8. Âncora 1 - 2.360 m2 (nível 64,00)
  9. Âncora 2 - 2.000 m2 (nível 64,00)
  10. Mercado - 6.100 m2 (nível 70,00)
  11. Mezaninos - 2.100 m2 (nível 75,00)
  12. Hotel - 12.150 m2
  13. Total área - 24.710 m2
  14. Número de vagas proposto - 998 vagas

Sobre este autor
Gica Fernandes
Autor
Cita: Gica Fernandes. "Concurso Mercado Distrital do Cruzeiro - 3º Lugar / Arquitetos Associados" 04 Out 2011. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/537/concurso-mercado-distrital-do-cruzeiro-3o-lugar-arquitetos-associados> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.